terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Tudo o que você precisa saber sobre o asteroide 2012 DA14

Tudo o que você precisa saber sobre o asteroide 2012 DA14


Embora a NASA já tenha deixado claro que não há a mínima possibilidade de que o2012 DA14 acabe por se chocar com a Terra, nunca é demais sanar algumas dúvidas. Pensando nisso, a agência espacial estadunidense organizou uma lista deperguntas frequentes — incluindo tanto questões relativas ao próprio corpo celeste quanto à periodicidade com que eventos semelhantes se repetem ao longo dos séculos.
Basicamente, o 2012 DA14 se aproximará a uma distância recorde do nosso planeta. O enorme pedregulho com 130 mil toneladas e 45 metros de diâmetro chegará a 27,7 mil quilômetros — distância respeitável, mas ainda assim suficiente para cruzar o cinturão de satélites em órbita geoestacionária (posicionados a 35,8 mil quilômetros da superfície terrestre).
Confira a lista completa de perguntas e respostas publicada pela NASA:

O que é o asteroide DA14?

O asteroide 2012 DA14 é um pequeno corpo rochoso catalogado como um "objeto próximo à Terra" (ou NEO, Near-Earth Object). Os últimos cálculos indicam que ele tem cerca de 45 metros de diâmetro, com uma massa de aproximadamente 130.000 toneladas. No dia 15 de fevereiro de 2013, o asteroide vai passar muitíssimo perto do nosso planeta.
Fonte da imagem: NASA
Mas o caminho do asteroide — que está vindo em direção ao polo Sul e passará pela Terra cruzando o sentido Sul-Norte — é muito bem compreendido e não há chance de uma colisão com a Terra.

Em que data e hora o asteroide estará mais próximo da Terra?

O asteroide 2012 DA14 estará mais próximo da Terra no dia 15 de fevereiro, aproximadamente às 17h24 (horário de Brasília), com uma margem de tolerância de um minuto ou dois para mais ou para menos. Conforme ele se aproxima, o horário será calculado com maior precisão. Sua passagem pelo sistema Terra-Lua deverá durar cerca de 33 horas.
No momento de maior aproximação, o asteroide estará sobre o leste do Oceano Índico, ao largo de Sumatra, não podendo, portanto, ser visto do Brasil. Existem muito poucos satélites na órbita da Terra na altitude prevista para a passagem do asteroide.

A que distância o asteroide estará no momento de maior aproximação?

Algo em torno de 27.700 quilômetros acima da superfície da Terra. Essa distância está bem fora da atmosfera da Terra, mas dentro do cinturão de satélites em órbita geoestacionária, que circundam a Terra a 35.800 quilômetros acima da superfície.
Fonte da imagem: Reprodução/NASA
Também é possível expressar a distância entre o asteroide e a Terra, no momento de aproximação máxima, em 4,4 raios terrestres acima da superfície da Terra — aproximadamente duas vezes o diâmetro da Terra.

Há risco de que o asteroide se choque com a Terra?

Não. A órbita do asteroide 2012 DA14 é bem conhecida, e ele não se aproximará a mais do que 27.650 quilômetros acima da superfície da Terra em 15 de fevereiro de 2013. A órbita do asteroide em torno do Sol é mais ou menos semelhante à da Terra, e ele chega relativamente perto do nosso planeta duas vezes por órbita.
O sobrevoo de 2013 é o mais próximo que o asteroide vai chegar do nosso planeta em muitas décadas. A aproximação seguinte será em 16 de fevereiro 2046, quando o asteroide passará a uma distância de 1.000 milhões de km a partir do ponto central da Terra.

Qual será a velocidade do asteroide no momento de maior aproximação?

O 2012 DA 14 viajará a 28,1 mil km por hora — ou 7,82 km por segundo — em relação à Terra.

Quantos asteroides há lá fora, semelhantes em tamanho ao asteroide DA14?

Os cientistas acreditam que existam cerca de 500 mil asteroides próximos da Terra do tamanho do 2012 DA14. Mas se trata de uma estimativa — menos de 1% deles foram descobertos até o hoje.

Esse tipo de evento de aproximação é comum?

Os cientistas da NASA estimam que um asteroide do tamanho do 2012 DA14 passe tão perto da Terra a cada 40 anos em média — e que um deles cai sobre a Terra aproximadamente uma vez a cada 1.200 anos.

Há chances de que o asteroide DA14 colida com um ou mais satélites artificiais?

Fonte da imagem: NASA
Há uma chance mínima de que o asteroide 2012 DA14 colida com um satélite ou sonda espacial. Como o asteroide se aproxima da Terra na direção Sul-Norte, ele vai passar entre a constelação exterior de satélites, localizada em órbita geoestacionária (35.800 quilômetros).
E e grande concentração de satélites em órbita mais próxima da Terra fica bem abaixo do ponto de sua passagem — a Estação Espacial Internacional, por exemplo, orbita a uma altitude de cerca de 386 km. Quase não há satélites em órbita à distância em que o asteroide vai passar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.