quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Recapitulando o Super Bowl 2013 : A Agenda Illuminati Continua...

 O Super Bowl 2013 contou com o coral Sandy Hook, Jennifer Hudson, Alicia Keys, Beyoncé, um monte de propagandas e, oh, sim, um jogo de futebol. Embora as coisas não tenham sido tão óbvias e jogadas na sua cara como no ano passado no show ou celebração da Grande Sacerdotisa Madonna, havia, no entanto, muito coisa da Agenda Illuminati acontecendo. Aqui está um resumo dos elementos notáveis ​​que ocorreram no Super Bowl 2013, o evento de TV do ano. 

O Coral Sandy Hook

 Jennifer Hudson canta com o Coral Sandy Hook... um grupo
 que não foi criado pelos jovens garotos que fazem parte dele. 

Algumas semanas atrás, os sobreviventes do tiroteio Sandy Hook tiveram que cantar "Over the Rainbow", para comemorar o tiroteio. As crianças que sobreviveram ao tiroteio estão atualmente sendo usadas em todos os tipos de eventos de mídia; elas gravaram "Over the Rainbow" (uma canção de gatilho MK-Ultra) e tiveram que se apresentar ao vivo na televisão. Para o Super Bowl, o Coral Sandy Hook foi enviado a Nova Orleans para cantar perante 70.000 espectadores e milhões de telespectadores. Por quê? Por que continuamos trazendo esse tiroteio horrível para o centro do palco? Para lembrar as pessoas de que "o controle de armas é bom"? Não é muito triste e irônico que essas crianças tiveram que cantar "America the Beautiful" depois de testemunhar um massacre horrível, que poderia ter sido causado por um bode expiatório de mente controlada? Por que essas crianças estão se apresentando em todos os tipos de eventos da mídia de massa? Isso ainda é parte de seu "processo de cura"? Por que elas estão sendo misturadas com a indústria do entretenimento Illuminati? Elas não deveriam estar em casa com seus amigos e familiares, em vez de estar sob os holofotes? A exploração de suas imagens é bastante inquietante.

A apresentação foi conduzida por uma favorita da indústria, Jennifer Hudson - também conhecida como a "nova Whitney Houston" - que é sempre escolhida para atuar em ocasiões importantes. Hudson também sobreviveu a uma tragédia estranha e terrível, com o assassinato triplo de sua mãe, irmão e sobrinho em 2008. 

O Show do Intervalo 

A melhor expressão que posso usar para descrever o show do intervalo é "bem Beyoncé"- o show foi "bem Beyoncé". Depois de "cantar" (mais ou menos) na posse de Obama, Beyoncé foi novamente a estrela de um grande evento. Não é preciso dizer que ela é uma das favoritas da indústria, uma figura de proa da indústria da música Illuminati. Conforme descrito em vários artigos neste site, o simbolismo de seu trabalho indica claramente a quem ela está trabalhando. Embora seu show de intervalo não tenha sido grande, oculto e faraônico como o show de Madonna de 2012, nós pudemos testemunhar o simbolismo de controle mental, que é normalmente parte do trabalho de Beyoncé. 

 O show inteiro focou na dualidade e na multiplicação de personalidades, dois conceitos que são extremamente importantes em Controle Mental Monarca (leia o artigo Origens e Técnicas de Controle Mental Monarca, se você não souber do que estou falando). 

 A primeira e mais visível sugestão para o conceito de dualidade e alter-personas é o palco em si, que consiste em dois rostos que pouco se parecem com Beyoncé.

 O palco é composto de duas faces, uma espelhando a outra, 
uma imagem que evoca dualidade e múltiplas personalidades.

 A primeira parte do show continha uma combinação de símbolos e efeitos visuais que remetem aos conceitos de dualidade e múltiplas personalidades. 

 No início de "Baby Boy", Beyoncé dança na frente de um fundo preto e branco (uma representação da dualidade). Através de efeitos de vídeo, ela então "multiplica-se".

Aqui vemos uma silhueta negra (que é Beyoncé, a personalidade
 "núcleo") e duas silhuetas brancas (alter personas?). 

 As duas silhuetas brancas se transformam em verdadeiras sósias de Beyoncés que
 dançam com ela por um tempo. Vemos então um monte de luzes piscando e efeitos confusos, fazendo-nos perguntar quem é a Beyoncé real. A indefinição entre realidade e ilusão é 
um ponto importante no controle mental e é apropriadamente exibida aqui.

 Até a menina do saxofone, com seu vestido quadriculado
 maçônico, transmite o conceito de dualidade. 

Em um ponto, a tela atrás de Beyoncé exibe o símbolo clássico que representa a fratura de personalidades, um que é quase SEMPRE parte de narrativas MK. 

 A tela que exibia alter personas e padrões dualistas se estilhaça (enfatizado com um 
efeito de som alto), um símbolo indicando a fratura de personalidade no simbolismo MK.

A primeira parte do show foi, portanto, sobre dualidade e múltiplas Beyoncés. Então, o grupo "Destiny's Child" foi aleatoriamente trazido de volta do fim dos anos 90 para cantar junto com um dos hits solo de Beyoncé. Durante "Single Ladies (Put a Ring on It)", Beyoncé brevemente faz um sinal com a mão - que os leitores deste site provavelmente já conhecem muito bem. Esse gesto gerou muita atenção da mídia.

 Beyonce fazendo o sinal da mão "ROC". 

Alguns sites importantes como Yahoo! e Huffington Post publicaram artigos sobre este sinal da mão, perguntando se Beyoncé estava "fazendo um símbolo dos Illuminati". Esses artigos, no entanto,  chegaram todos à mesma conclusão: Beyoncé estava exibindo o sinal ROC e fazendo propaganda do selo de seu marido (dãããã) e todos que pensaram outra coisa são idiotas. Muitos dos artigos, então, forneceram um resumo rápido e meia-boca de quem são os Illuminati, certificando-se de distorcer muitos fatos para fazer a coisa toda parecer completamente idiota. Essa tendência está se tornando cada vez mais comum na mídia de massa.

Admito que as fontes mainstream estão corretas: Esse sinal da mão é de fato o "sinal ROC". Mas aqui está a minha pergunta para esses "jornalistas": De onde é que o sinal ROC vem? O que isso representa? Por que um selo chamado Roc-A-Fella (um "olá" para os Rockefellers, uma das famílias elitistas e Illuminati mais poderosas) usa um sinal da mão triangular para se representar? Que tal irmos um pouco mais longe do que a resposta óbvia e superficial dos meios de comunicação? 

 O sinal da mão "ROC" refere-se ao Olho Que Tudo Vê 
dentro de um triângulo, o principal símbolo dos Illuminati. 

 No judaísmo, o gesto é conhecido como mãos Kohanim Bênção 
Sacerdotal . É descrito aqui na sepultura do século 18.

 O sinal da mão não é aleatório. Significa alguma coisa e mostrá-lo durante o Super Bowl diz muito sobre quem está comandando o show. 

 Além disso, para responder às reivindicações ridículas desses artigos mainstream: Não, Beyoncé e Willow Smith não estão nos Illuminati. Elas são usadas ​​pela indústria da música Illuminati para empurrar uma agenda da elite. Artistas pop são peões que assinaram um contrato vinculando-os à elite e obrigando-os a fazer o que ela quer. A maioria dos leitores deste site já sabem disso, mas há uma crescente pressão na mídia para desacreditar "teorias da conspiração", escrevendo coisas como "Olhe para esses idiotas que pensam que Beyonce é parte de uma sociedade secreta do século 18".

 De qualquer forma, vamos analisar o restante do Super Bowl. 
 
Queda de Energia

Durante o terceiro quarto do jogo de futebol, metade das luzes se apagaram. A queda foi causada por uma "anomalia" misteriosa que fez o sistema se desligar. 

Durante a queda de energia, o logo da Mercedes ficou bem visível.

Considerando o sub-texto Illuminati do evento, não posso deixar de pensar sobre o pseudo-significado oculto de ter a metade do estádio na luz e a outra metade na escuridão. Eu não estou dizendo que isso aconteceu de propósito, mas ainda é uma sincronicidade interessante. Uma coisa é certa, a "falha" ajudou os 49ers, que marcaram alguns pontos e voltaram para o jogo. De repente, essa causa perdida tornou-se interessante e último quarto do jogo foi bem mais... emocionante. Aparentemente, a Mercedes-Benz sabia que isso iria acontecer. 

 Este anúncio de revista da Mercedes-Benz estava assustadoramente correto.

Embora o anúncio aparentemente refere-se ao quarto trimestre do ano fiscal, o significado literal do anúncio ainda é desconcertante, considerando o que aconteceu no jogo.

 Se combinarmos esse anúncio com o que eu descrevi em O Comercial da Mercedes exibido no Super Bowl e sua Mensagem Oculta, posso pelo menos dizer que a Mercedes-Benz trouxe muita coisa estranha para o SuperBowl. 

Conclusão 

Embora as coisas tenham sido um pouco mais suaves e abstratas no Super Bowl deste ano (em relação à edição de 2012), ainda havia muitos elementos que deram certo ao longo das Agendas descritas neste site. Quando combinamos todos os elementos juntos, damos conta de que há um tema comum e recorrente acontecendo, um que aponta diretamente para a "mão invisível" dos Illuminati e suas muitas agendas. 

 A cobertura da mídia de massa do sinal de mão Illuminati de Beyoncé também reflete uma nova tendência: os meios de comunicação estão agora abordando diretamente, desacreditando e ridicularizando "teorias da conspiração" (odeio esse termo), a fim de se certificar de que as pessoas não comecem a pensar muito sobre as coisas estranhas que estão sendo testemunhadas na TV. A cobertura da mídia em Sandy Hook também seguiu essa tendência, visto que várias personalidades de TV entraram no ar para "desmascarar" as teorias. Felizmente para os poderes constituídos, a maioria das pessoas ainda encheram de lágrimas quando viram o coral Sandy Hook em pé no meio do Superdome, cantando sobre como a América é bonita. Sim, a América é bonita, mas a elite que a governa e que explora a vida e emoções das pessoas para empurrar a sua própria Agenda, definitivamente não é. 

 Ah sim, e os Ravens ganharam o jogo.

Fonte: VC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.