sábado, 16 de fevereiro de 2013

PETRUS Romanus:Irmã Lúcia presa em um "Código de silêncio'' da máfia illuminati (Parte 3)


Nós terminamos a última entrada ao admitirmos que algo inquietante, de fato parece que que aconteceu ao redor e com a Irmã Lúcia nos preparativos para o lançamento do chamado último segredo . Afinal, as duas primeiras partes da Mensagem de Fátima tinham sido emitidas publicamente pelo seu Bispo, em 1941, e o Terceiro Segredo enviado à Santa Sé com as instruções que se tornar público em 1960. Esse ano foi escolhido de acordo com Lucia, porque a "Santa Mãe" tinha revelado a ela que seria, então, quando "a mensagem fosse parecer mais clara." E eis que foi imediatamente após 1960 que o Vaticano II pôs em marcha o que muitos conservadores Católicos acreditam que hoje é uma crise de fé em forma de heresias romanas. Mas o ''Segredo'' não foi expôsto ao público em 1960, uma vez que era suposto ser de qualquer coisa (de forma que nós nunca poderíamos saber), quando o Papa João XXIII leu o conteúdo do segredo, ele se recusou a publicá-lo, e manteve-o trancado a sete chaves, até que foi supostamente divulgado no ano  2000. Se os dois primeiros segredos foram qualquer indicação do alcance e precisão de um terceiro, que tinha sido incrivelmente perspicaz , incluindo o "milagre do sol" que foi testemunhado "por mais de 70.000 pessoas (incluindo os não-crentes na esperança de dissipar as aparições) , em que o próprio sol [parecia] desalojado de sua órbita e realizou manobras milagrosas emitindo mostras de luz surpreendentes, o fim da Primeira Guerra Mundial, o nome do Papa, que seria reinante no início da II Guerra Mundial, o extraordinário fenômeno celeste que seria testemunhado como prenúncio mundial do início da Segunda Guerra Mundial; a ascensão da Rússia (um país fraco e insignificante em 1917) a um poder monolítico maligno que afligiu o mundo, com o sofrimento e morte "[i] Mas algo sobre o Terceiro e último segredo foi diferente, um fenômeno, evidentemente, foi evitado e ofuscado a todo custo pela hierarquia de Roma. No mínimo, ele falava sobre a apostasia do clero e dogmas que seguiram o Vaticano II. E, no entanto, talvez estes eram simples dispositivos que levavam a algo mais sinistro, elementos tão obscuros que estava deixando Lucia acordada à noite. Quando ela finalmente escreveu o Segredo em 1944 sob  obediência a Roma, teve um tempo difícil para fazê-lo por causa de seu conteúdo aterrorizante. Ela teve uma ''aparição'' da "Santa Mãe" para convencer Lucia de que estava tudo bem. Depois, nos anos seguintes, ela foi ordenada pelo Vaticano a permanecer em silêncio sobre a  divulgação do segredo. Visitas por horas a fio foram feitas pelo Cardeal Bertone , sob ordens do papa, durante o qual os dois iriam falar sobre os aspectos detalhes particulares da visão. Isso aconteceu em 2000, novamente em 2001, e novamente em 2003. Quando na idade de 97 anos, a freira carmelita finalmente faleceu (2005), onde quaisquer segredos permaneceram com ela até a sepultura, seu comportamento no último momento parecia estranho aos católicos romanos que entenderam as inplicações doutrinárias da "salvação". Antonio Socci teceu comentários sobre isto, apontando como as longas conversas com a vidente não foram filmadas ou gravadas para a posteridade, porque os telespectadores teriam visto por si mesmos a pressão psicológica que estava sendo exercida sobre a irmã em clausura. "Esses pensamentos voltaram à minha mente enquanto eu estava lendo uma passagem do livro de Bertone, na qual o Cardeal lembra que em um certo ponto,no qual a vidente ficou 'irritada', e ela lhe disse: ''Eu não vou confessar!'' Sobre o isso, Socci pergunta: "Que tipo de pergunta foi feita a Irmã Lúcia para que ela desse  uma resposta tão dura? Talvez alguém estava lembrando a velha irmã do poder eclesiástico, e insinuando que ela 'não conseguiria a absolvição? Nós não sabemos, porque o prelado[Bertone], é quem sabe e se lembra da resposta da irmã (muito difícil) , ele , muito bem-disse ele, literalmente, "esqueceu" qual foi a pergunta feita". [Ii] Parece, na verdade, que a pobre Lucia estava presa dentro de um círculo  sinistro de Romanita Omerta Siciliani ou "Código de  silêncio" imposta por Roma. No entanto, acredita Socci a plena verdade de Fátima pode ter sido dito de qualquer maneira, e com base na sua investigação, ele oferece uma teoria corajosa em seu livro ''O Quarto Segredo de Fátima'' sobre o que realmente aconteceu em 2000, por trás das paredes do Vaticano. John Vennari resume hipótese chocante de Socci desta forma:

Socci acredita que, quando João Paulo II decidiu liberar o Segredo, uma luta pelo poder irrompeu no Vaticano. Ele postula que João Paulo II e o Cardeal Ratzinger quieram liberar o Segredo em sua totalidade, mas o Cardeal Sodano, então Secretário de Estado Vaticano, foi contrário a idéia. E uma oposição de um Secretário de Estado do Vaticano é formidável. 

Foi alcançado um compromisso que, infelizmente, não revela virtudes heróicas de nenhum dos jogadores principais. 

o "bispo vestido de branco" da visão que está nas quatro páginas escritas pela Irmã Lúcia, seria inicialmente revelado pelo Cardeal Sodano, juntamente com sua interpretação absurda de que o segredo não é nada mais do que a tentativa de assassinato do Papa João Paulo II. 

Ao mesmo tempo, na cerimônia de beatificação de Jacinta e Francisco, em 13 maio de 2000 , o Papa João Paulo II iria "revelar "a outra parte mais" terrível "do Segredo. Foi aqui que João Paulo II falou sobre o Apocalipse:
"outro sinal apareceu no céu, eis um grande dragão vermelho" (Apoc. 12 : 3). Com  Estas palavras da primeira leitura da Missa fazem-nos pensar na grande luta entre o bem e o mal, mostrando como o homem, pondo Deus de lado, não pode alcançar a felicidade, mas acaba destruindo a si mesmo ... A Mensagem de Fátima é um apelo à conversão , alertando a humanidade não ter nada a ver com o "dragão" cuja "cauda arrastou um terço das estrelas do céu, e as lançaram para a terra" (Ap 12:4). 

Os Padres da Igreja[Católica]têm sempre interpretado as estrelas como o clero, e as estrelas sendo arrastadas pela cauda do dragão indica um grande número de clérigos que estariam sob a influência do diabo. Esta foi a maneira que o Papa João Paulo II, explicou o Terceiro Segredo, que também prevê um grande apostasia. [iii]

Se Socci está correto nesta análise, o bispo Richard Nelson Williamson, um católico tradicionalista Inglês e membro da Sociedade de São Pio X, que se opõe a mudanças na Igreja Católica causada pelo Vaticano II, pôde ter sua hipótese verificada em 2005, quando ele relatou como um conhecido sacerdote  da Áustria compartilhou em particular, que o Cardeal Ratzinger confessou: "Eu tenho dois problemas em minha consciência:  o Arcebispo Lefebvre e Fátima. Quanto a esta última, a minha mão foi forçada. "Quem poderia ter" forçado "a mão de Ratzinger fazer uma declaração falsa ou parcial sobre o Segredo de Fátima final? Foi pressão do escritório papal, ou "algum poder oculto por trás tanto do Papa quanto do Cardeal?"[Iv] Se sermão do Papa João Paulo II em Fátima de fato fala de "parte terrível" do Segredo Final - como a cauda do Dragão descendo em um terço do clero, ficamos com a impressão perturbadora de que pelo menos 33 por cento (número maçônico) da hierarquia do Vaticano estão comprometidos com um plano satânico.



A advertência de La Salette


A maioria das pessoas provavelmente não sabem que além dos segredos de Fátima, a segunda mais conhecida aparição mariana de La Salette, França, que foi aprovada pelos Papas Pio IX e Leão XIII, revelou informações análogas sobre uma crise da fé que se sucederia dentro Catolicismo Romano nos últimos dias, durante o qual Roma se tornaria a sede do Anticristo. Entregue a Mélanie Calvat e Maximin Giraud em 19 de setembro de 1846, o segredo de La Salette diz, em parte:

''A Terra será atingida por calamidades de todos os tipos (além de peste e a fome que será generalizada). Haverá uma série de guerras até a última guerra, que será travada pelos dez reis do Anticristo, os quais terão um e mesmo plano e serão os governantes do mundo. Antes disso vier a acontecer, haverá uma espécie de falsa paz no mundo. As pessoas vão pensar em nada além de diversão. Os ímpios se entregarão a todos os tipos de pecado ... esta será a hora das trevas. A Igreja sofrerá uma crise terrível ... Roma perderá a fé e tornar-se a sede do Anticristo ... A Igreja estará em eclipse, o mundo estará em consternação. [V]''


Em ''A conspiração contra o Papa no Conclave de 1958'' , Gary Giuffre discute como influências maçônicas francesas que tinham se infiltrado do clero católico em 1800 estavam a trabalhar horas extras para suprimir e desacreditar o segredo de La Salette, mesmo que a mensagem tenha sido oficialmente apoiada por dois papas. Isso aconteceu porque na época, referências proféticas a Roma falavam que ela se "tornaria a sede do Anticristo" estava se formando uma escatologia comum entre os estudiosos católicos como o Cardeal Henry Manning , Bispo Salvator Grafen Zola, e Frederick William Helle, que viu nestas previsões o trabalho da maçonaria no clero infestado, que tramou a derrubada do papado e o uso da Igreja como veículo político para uma Ordem Mundial ocultista. "Esses tipos de detalhes, encontrados nos originais modernos das profecias Marianas, que sempre geram a maior oposição dos inimigos da Igreja, que tinham se infiltrado em suas estruturas", escreveu Giuffre."Por que ameaçou expor o enredo satânico e os objetivo de longo prazo dos agentes da Loja Maçônica no Vaticano, para usurpar e controlar a cadeira papal." [Vi]



E tem que ser lembrado que o espectro da infiltração da hierarquia católica romana por membros luciferianos da Maçonaria "portadores da luz" foi uma AGENDA razoavelmente bem estabelecida historicamente, que o Papa Pio IX chamou de "Sinagoga de Satanás". Papa Leão XIII chegou a emitir uma encíclica condenatória (Humanum Genus) em 20 de abril de 1884 contra os esforços maçônicos para invadir e corromper o catolicismo romano, e ainda o próprio Secretário de Estado, Cardeal Mariano Rampolla del Tindaro mais tarde foi identificado como um maçom secreto da Ordo Templi Orientis seita diabólica (OTO), dos quais o satanista Aleister Crowley pertencia e mais tarde tornou-se líder. Quando o Papa Leão faleceu em 1903, era amplamente esperado que Rampolla fosse substituí-lo como papa, e Rampolla recebeu os votos adiantados durante conclave. Então, algo de extraordinário aconteceu, e a votação foi interrompida quando o príncipe  Maurycy Paweł Puzyna de Kosielsko, um cardeal católico polonês da Cracóvia, subiu em nome de seu soberano, o Imperador Francisco José da Áustria, e chocou a todos, declarando em latim, " oficialmente ... e em nome e pela autoridade de Franz-Josef, imperador da Áustria e rei da Hungria, que Sua Majestade, em virtude de um direito antigo e privilégio, pronuncia o veto de exclusão contra o meu Senhor Eminentíssimo Cardeal Mariano Rampolla del Tindaro. "[vii] Este Exclusivæ Jus (" direito de exclusão "ou veto papal) foi uma antiga regra de ordem reivindicada pelos monarcas católicos de vetar um candidato ao papado. "Algumas vezes, o direito foi reivindicado pelo monarca francês, o monarca espanhol, o Santo Imperador Romano, e do Imperador da Áustria. Esses poderes se tornaram conhecidos para um conclave papal, através de uma coroa-cardeal, que um determinado candidato para a eleição fosse considerado censurável como um Papa em potencial. "[Viii] Desde então tem sido sugerido por alguns historiadores que o alerta do imperador Franz Joseph que sabia que algo de uma conexão maçônica  com Rampolla e salvou Roma da usurpação. É bom salientar que o funcionário Liber LII ,  da OTO ° XI BAPHOMET, de fato, listou o cardeal Rampolla entre os seus membros. [Ix] Mas foi Rampolla apenas um dos muitos maçons secretos? A resposta a essa questão é sim! De acordo com especialistas, como o comandante  naval, autor e palestrante popular, William James Guy Carr. Além de seus contos de suas atividades em tempo de guerra como oficial Submarino Navegando durante a Primeira Guerra Mundial, Carr-se um era um teórico da conpiração(o apocalink odeia este têrmo), era uma autoridade notável sobre a história dos Illuminati e sua conexão com a Maçonaria. Ele narrou o movimento desde a sua fundação em 1776, feito por Adam Weishaupt e a sua  penetraçãodo Vaticano. Em 1959, Carr publicou ''A névoa vermelha sobre a América'', em que ele disse:


Weishaupt se gabava de que os Illuminati se infiltraram no Vaticano e agiam a partir de dentro, até que eles deixaram nada mais do que uma casca vazia ... Desde que eu expus certos eventos que indicam que agentes dos Illuminati se infiltraram no Vaticano, recebi uma série de cartas de padres que estudaram no Vaticano ... aqueles que escreveram me garantiram que seus medos que expressam são mais do que bem fundamentados. Um padre me informou que o Papa estava cercado por escolhidos "especialistas", "experts" e "conselheiros", a tal ponto que ele era uma espécie de prisioneiro em seu próprio palácio. Outro padre informou-me da eterna vigilância exercida sobre o Papa ... aqueles que mantêm a vigilância ... não dão-lhe nenhuma liberdade de ação, mesmo na privacidade de seus próprios aposentos. O padre disse: 'Aqueles que exercem essa vigilância são todos membros escolhidos a dedo de uma certa ordem e todos eles vêm da mesma instituição ... onde Weishaupt ... conspirou' ". [X]


Descrição Carr corresponde ao que Malachi Martin e sacerdotes semelhantes alegaram em diferentes ocasiões sobre um grupo Illuminati-maçônico formidável dentro do Vaticano que é tentador acreditar que o próprio Malachi  pode ter sido um dos informantes de Carr. Mas foi este conselho Illuminati,  a mão invisível em Roma , que "forçou" o Cardeal Ratzinger e Bertone  emitirem o que achavam,  como o conhecido  astuzia inganno (engano astuto) em Fátima? E será que isto indica que tanto o atual Papa e quanto seu Secretário de Estado foram e são pressionados clandestinamente, ou estão sendo forçados a ir junto com o esquema global de uma ordem secreta dentro da Santa Sé para fazer surgir o Romanus Petrus? Na próxima entrada a nossa investigação começa focalizando  sobre a relação chocante entre - o que foi aconteceu com o papa Bento XVI e o cardeal "Pedro" Bertone ...que dará base para a nossa afirmação neste blogue , quando AFIRMAMOS que:
 BENTO XVI FOI DEMITIDO PELOS ILLUMINATi!!!!!

6 comentários:

  1. Tem um longa de 4 episódios, "Os Pilares de Terra".É um filme muito bem feito, da para entender as alianças que a era feito. Veja o trailer
    http://www.youtube.com/watch?v=y0XBTKQ-WmQ

    ResponderExcluir
  2. Como dizia robertus injustus....vc esta demitido!

    ResponderExcluir
  3. Este terceiro segredo de Fátima creio eu na verdade não existe tão enrolando demais com esse conto do vigário, se o tal segredo refere-se a apostasia não é novidade pois as escrituras sagradas já advertiam sobre isso, além de guerras e rumores de guerras, anticristos, falsos profetas e tudo que de mal pode-se esperar para os ultimos tempos de um mundo que agoniza. Quanto ao fato do bento XVI ter sido demitido pelos iluminattis também não creio, se eles tem o total controle do vaticano porque então o elegeriam para depois expulsa-lo do cargo ? Não concordam voces que se tivessem tanto poder não teriam já elegido logo seu próprio candidato ao invés do raztsinger ? E depois JESUS CRISTO nunca disse que sua mãe poderia intervir entre Deus e os homens, não acham voces suspeito estas aparições marianas ? lembrem-se que quem instituiu o culto mariano foi a igreja catolica, as escrituras jamais fazem referencia a isso, estas aparições são manifestações demoniacas.

    ResponderExcluir
  4. Existem 2 forças:

    Iluminati e Roma (vaticano) e elas são conflitantes há séculos, não são “homônimas” como muitos pensam e que estão juntas para destruir o mundo, cada um tem seu plano.

    ResponderExcluir
  5. Os Iluminati não são imediatista, seus planos é desde a antiga Babilônia.agora para mim quem tem mais "poder"
    entre Iluminati e Roma é os Jesuítas.Pois Adam Weishaupt o sacerdote Jesuíta quem criou os mestres Iluminati.
    Atualmente Peter Hans Kolvenbach o superior general dos Jesuítas que nada mais é o homem o qual controla o planeta.

    ResponderExcluir
  6. Para mim são iguais ,farinha do mesmo saco .Eles brigam ,fazem as pazes ,um manda o outro desmanda ..Só sei que de lá o anticristo virá ,xiii deu até rima .fuiiii

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.