segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

EXO-Vaticana (Partet 3) :'' ELES VIVEM'' EM NOSSO MEIO?




PARTE 3: "ELES" VIVEM EM NOSSO MEIO?


A REALIDADE 



Como mencionado em entradas anteriores, a cadeia de montanhas no Arizona, onde estão o  Observatório Internacional MT. Graham e o dispositivo L.U.C.I.F.E.R , é considerada uma das montanhas mais sagrados na América para os índios Apache.

A história sugere que parte da razão pela qual os povos nativos consideram um lugar "santo" ( e em parte, foi por isso que a montanha foi selecionada pelo consórcio MGIO)envolve a atividade celestial incomum  nos tempos antigos, quando UFOs chamados de "luzes espirituais" atravessavam o céu, algo que parece ter contribuído para a sua atribuição de "poderes" do sistema solar, a localização de "portais" metafísicos, e outros fenômenos sobrenaturais. O mito da criação Apache está dizendo a este respeito, como uma versão especial que envolve "Um que vive acima" e que desceu em um disco voador no início da criação."No início existia o nada, nem terra, nem céu, nem sol, nem lua, só a escuridão estava em toda parte", a lenda começa antes de notar: "De repente, da escuridão surgiu um disco, um lado amarelo e outro lado branco, aparecendo suspenso no ar. Dentro do disco estava sentado um homem barbudo, Criador, Aquele que vive acima. "
Porém nenhum "Mito da Criação Apache" domina todas as crenças tribais, ou a maioria dos grupos,  de partes preceitos fundamentais, bem como simbolismo dentro de suas histórias orais. Além do criador, que anda em um disco celeste, um dragão com o poder da palavra transforma-se, e  contata com os homens, bem como portais sobrenaturais associadoas montanhas (ch'íná'itíh) através do qual os seres espirituais podem passar. Às vezes, esses espíritos são representados pela Coruja (se um índio Apache, sonha com uma coruja, pra eles significava a morte se aproximando, enquanto os Hopis vêem a coruja [Ko'ko, "VIGILANTE DA NOITE"] como o deus dos mortos), que é fascinante, dada a conexão com "abdução alienígena" EM contos onde a coruja é um disfarce em que o abduzido é levado a crer que o extraterrestre de olhos esbugalhados em sua memória era realmente uma coruja que tinha visto em algum lugar e tinha aparecido em sua memória. Corujas têm sido associadas ao longo da história cristã com a feitiçaria e as bruxas voadoras e a fonte destas lendas parecem espelhar muitos contos de rapto, que consideraremos mais tarde. Basta dizer que essas antigas idéias nativas envolvendo discos voadores, criadores voadores, luzes espirituais, corujas, um dragão falante ou grande serpente, e mesmo portais sobrenaturais ligados a cadeias de montanhas existiam muito antes do Vaticano lançar seus olhos em MT.Graham.

QUEM FORAM / SÃO REALMENTE ''ELES''?

ASSISTA ''Eles Vivem'' completo - They Live full movie:

       

Em 1988, um  filme americano,  ficção-científica de horror intitulado "Eles Vivem" (dirigido por John Carpenter) descreveu um andarilho sem nome interpretado por lutador profissional "Rowdy" Roddy Piper, que descobre os ets têm hipnotizado a raça humana, a elite governante e ETS estão a gerir os assuntos sociais humanos através de mensagens subliminares escondidas em memes e meios de comunicação de massa. Em uma cena importante no início,  Piper é chamado, entra em um beco e encontra uma caixa contendo óculos escuros. Ele coloca um par e logo descobre que possui um filtro especial. Olhando através deles ele pode ver "a realidade do mundo sombrio", que as mídias globais e publicidade realmente contêm comandos totalitários de obediência e conformidade no consumismo, para controlar uma população humana inconsciente por extraterrestres humanóides com grotescas crânios como suas caras. [i] Apesar de ter sido um fracasso comercial na época, o filme finalmente fez o seu caminho entre os 25 melhores clássicos do gênero, onde permanece atualmente, de acordo com a revista Entertainment Weekly. [ii] O filme e cartazes teatrais podem ser encontrados hoje em editoriais zombeteiros representando o objetivos totalitários e elitistas, mas outra sugestão do trabalho que normalmente vai sem discussão é a forma como o mundo realmente pode ser infestado de agentes não-humanos de uma realidade desconhecida, sobre a qual a maior parte da humanidade não tem conhecimento.

            Primeiro, apartir de uma realidade puramente incorpórea, sabemos que lúcifer, anjos caídos e demônios em geral e seu interesses em pessoas militaristas e geografia são fatos ontológicos, de acordo com a Bíblia. No Antigo Testamento, os demônios são vistos como as entidades dinâmicas que estão por trás de idolatria (isto é, Deuteronômio 32:17), e no Novo Testamento, cada escritor se refere à sua influência. Textos extra-bíblicos, incluindo antigas obras pseudepigráficas como o primeiro Livro de Enoque e pós-escritos do Novo Testamento, como a Didaqué, Epístola de Inácio aos Efésios, e o Pastor de Hermas concordam com essa preocupação. Os Pais da igreja também reforçaram a crença de que os espíritos malignos procuram frustrar a vontade de Deus na terra por meio de ataques sobre o corpo de Cristo em particular, e contra a sociedade em geral, como invisível dos intermediários, contrabandeiam o bem e o mal entre as personalidades espirituais e humanas  em casa, na igreja, no governo e na sociedade. Compreender como e por que isso é verdade está definido em estudos de demonologia como o conselho divino (um termo usado pelos estudiosos hebreus e semitas para descrever o panteão de seres divinos ou anjos que administram os assuntos do céu e da terra), onde especialistas geralmente concordam que , começando na Torre de Babel, o mundo e seus habitantes foram deserdados pelo Deus de Israel e colocado sob a autoridade de menores seres divinos que se tornaram corruptos e desleais a Deus em sua administração dessas nações (Salmo 82). Após Babel, esses seres rapidamente se tornaram idolatrado na terra como deuses, dando origem ao culto a os "demônios" (veja Atos 7:41-42; Salmos 96:5 e 1 Coríntios 10:20) e a busca por anjos decaídos levaram a humanidade para longe de Deus. Embora o domínio dessas entidades e seus objetivos sejam freqüentemente negligenciados, uma estreita colaboração entre os anjjos maus e os seus consortes humanos não-regenerados arquitetos sociais operam em uma base regular fora do alcance das multidões incontáveis ​​que são cegas para a realidade deles. Em outras palavras, como sugerido no filme "Eles Vivem" por trás de governadores, legisladores, presidentes, ditadores e líderes religiosos(papas, pastores, gurus, etc) onde mesmo, estes perversos poderes espirituais movimentam toda a máquina dos governos civis e eclesiásticos e a mídia tão livremente quanto seja permitido. Sempre que tais principados reconhecem um corpo religioso ou político que se tornou uma força para o bem moral, eles trataram de tomar conta através de um labirinto sofisticado de agentes infiltrados invisíveis e invisíveis(conscientes disso ou não), seus representantes, para levarem essa organização para baixo, corrompê-la, uma alma justa de cada vez.
É dentro deste cenário oculto do sobrenaturalismo maligno que os homens não regenerados são organizados.  Sob a influência demoníacaeles são orquestrados dentro de um grande sistema do mal (ou império) descrito em várias passagens bíblicas como uma ordem satânica. Em mais de 30 importantes textos bíblicos, o Novo Testamento grego emprega o termo kosmos, descrevendo este "governo por trás dos governos." É aqui que o ego humano, separado de Deus, torna-se hostil ao serviço da humanidade durante este vislumbre de verem as pessoas como mercadorias a serem manipuladas no ministério de ambição demoníaca. Alguns expositores acreditam que a origem deste fenômeno começou em um passado distante, quando um incêndio na mente de Lúcifer levou o Querubim poderoso a exaltar-se acima do bem da criação de Deus. O espírito outrora glorificado, enlouquecido por uma sede inequívoca para governar, conquistar e dominar, gerou luxúria semelhante entre os seus seguidores, que continua até hoje entre os agentes do poder ocultista que guardam uma privilegiada simetria de "causa e efeito"  entre o visível e personalidades invisíveis.
No desejo de Satanás, o comandante arconte domina esta esfera sobrenatural e geopolítica, kosmokrators dominantes (governantes das trevas que trabalham em e através de contrapartes humanas), e  espíritos  em comandos de menor grau até que cada nível de governo terreno, secular e religioso, possa ser tocado por estas influencias. Se pudéssemos ver através do véu neste domínio espiritual,  encontraremos um mundo vivo com o bem contra o mal, um lugar onde o prêmio final é a alma dos homens e onde legiões estão em guerra pelo controle de suas cidades e pessoas. Com este testemunho vivo, Satanás ofereceu a Jesus todo o poder e glória dos governos deste mundo. Satanás disse: 
"Todo esse poder [controle] te darei, e a glória deles [cidades do mundo]: para que foi entregue a mim: e para quem quero dar. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu "(Lucas 4:6-7).
De acordo com a epístola de Efésios, é este domínio, e não o de carne e osso, o mundo físico ou material onde é iniciada a oposição à vontade de Deus na terra. Considerando que as pessoas e instituições costumam virar a "cara" sobre nossos problemas, o conflito se origina além deles, neste lugar onde se origina o esquema de forças invisíveis. Estas forças podem de fato ser mais influentes do que qualquer um jamais imaginou. De fato, há uma forte probabilidade de que o primeiro assassinato registrado em Gênesis foi inspiração demoníaca (de uma forma que se assemelha as chamada interessante fenômeno das "abduções alienígenas" .) Você já se perguntou por que "pecado" é personificado quando Deus adverte Caim "Se bem fizeres, tu não serás aceito?, e se não fizeres bem, o pecado jaz à porta. e sobre ti será o seu desejo, e a ti cumpre dominar sobre ele" (Gênesis 4:07, sublinhado meu) .   Não lhe parece estranho que o "pecado" é chamado de "ele" e se Caim não faz o bem, ele vai ter o desejo do pecado? Como pode o "pecado" ter desejo? Aparentemente, há algo a mais acontecendo aqui e estudiosos descobriram respostas surpreendentes.
A coisa maravilhosa sobre a arqueologia é que agora temos uma maior compreensão do contexto da Bíblia do que em qualquer outro momento da história. Estudiosos têm traduzido uma riqueza de achados da Mesopotâmia, que não só adicionam pistas contextuais para referências bíblicas, mas fornecem uma visão sobre o vocabulário semita. Neste caso, um exame cuidadoso do texto hebraico leva muitos evangélicos estudiosos que defendem a inerrância- para ver no particípio (Hb- vestes) , "jaz" na KJV (ou "jaz" em outras versões) como uma palavra de empréstimo acadiano, Rabisupor um demônio (hebraico antigo não tem vogais para 'RBS', oferece esta flexibilidade). [iii] Claro, há outros estudiosos como Balk, preferindo uma exegese menos sobrenatural, mas o contexto da passagem corrobora com a interpretação demoníaca. O pecado não está em espera, mas demônios  estão. Biblista John Walton concorda, "O fato de que o texto menciona o desejo de dominar Caim favorece a palavra Rabisu como sendo um demônio." [iv] Assim, pouco antes do primeiro assassinato da história, o "pecado" é descrito como um demônio(na porta, ou portal) a espera para um momento oportuno, um convite que vem cedo demais,, o pecado abre o portal para manifestações demoníacas no reino material.
A literatura antiga acadiana revela dados mais surpreendentes. Nos textos médicos, os indivíduos infligidos são descritos como tendo "andado no caminho de um Rabisu" e "um Rabisu o pegou." O significado raiz de um presente termo significa "que está na espreita '. [v] paralelos Uncanni para abduções modernas são vistas nas descrições dos demônios que emboscavam suas vítimas em vários locais: Rabis Uri ", o Rabisu do telhado"; Rabis Nari ", o Rabisu do rio"; Rabis ḫarbati, "Rabisu do deserto." Parece que houve um Rabisu para praticamente qualquer lugar, até mesmo um musâti Rabis ", o Rabisu do banheiro." Agora , que é mais perturbador! Maus modos à parte, considere o urḫi Rabis ", o Rabisu da estrada." [vi] Como  Barney e Betty Hill, ao dirigir à noite, naquela estrada solitária, encontrar algo  manifestado fisicamente em trajes tipo de extraterrestres?

Há algo a mais  encarnado?
E se a realidade imaterial ou encarnada descrita acima for apenas uma parte da história? E se, pelo menos em alguns casos, há algo mais físico do que os demônios,  que influências  pode ter sobre a mente humana? E se há tangíveis híbridos humanos que caminhavam entre nós, extensões ajustadas para encarnação ou incorporação de poderosos alienígenas demoníacos, entidades tais como as criaturas do filme "Eles Vivem" ou o Nephilim dos dias de Noé(CLIK AQUI PARA ACESSAR A SÉRIE)? É um conceito muito incrível para ser substantivo? Você ficaria surpreso ao saber que algumas pessoas, incluindo muitos inteligentes acadêmicos e estudiosos auto-didatas, como o Apocalink( usando a frase que Carol Anne expressa de forma ameaçadora no filme Poltergeist 1982) acreditam que "Eles estão aqui." E é por isso que esse conhecimento secreto  do Astrônomo do Vaticano Guy Consolmagno ( vejam o capitulo 2 )mencionou a história dos Nephilim da Bíblia como um exemplo do tipo de "salvadores espaço", homem em breve olhará para a salvação vinda das estrelas, o que ele sugere que o próprio Jesus era o produto de hibridismo humano-alienígena?

HÍBRIDO HUMANO E RATO
Quimera: Rato com orelha nas costas,  a mistura entre homem e animal

Biologia sintética

Híbrido animal e planta: Planta de tabaco fluorescente, contendo genes extraídos de vagalumes. Estranha semelhança com as plantas brilhantes do filme AVATAR.

A expressão biologia sintética tem sido utilizada para descrever uma abordagem da biologia que tenta integrar diferentes áreas similares de pesquisa. Mais recentemente, o termo tem sido utilizado de uma forma diferente, assinalando uma nova área de pesquisa que combina biologia e engenharia para projetar e construir novas funções e sistemas biológicos. Aquele primeiro objetivo está cada vez mais sendo associado com a área de biologia sistêmica.
 Fonte: Wikipédia

 Entre os pesquisadores seculares e religiosos, hoje há um debate contencioso por trás das cenas  em curso a este respeito, que vem crescendo em intensidade ao longo dos últimos anos, entre aqueles que reconhecem em primeiro lugar, que as plantas geneticamente modificadas, os animais, e, sim, os seres humanos agora são realidade (o que documentaremos em futuros capítulos desta série ). Formas artificiais de vida surgiram primeiro nos dias antigos e de acordo com a Bíblia é um fenômeno que é repetitivo, hibridização humana não só aconteceu nas primeiras vezes, mas foi seguido por pelo menos por uma segunda onda  durante os dias de Abraão, Moisés e do reino de Davi, e, mais importante, foi profetizado acontecer mais uma vez nos últimos dias. 
Não há limite para o número de combinações homem-animal  atualmente em desenvolvimento nos laboratórios em todo o mundo. Uma equipe de Newcastle e Durham (universidades no Reino Unido) anunciou recentemente planos para criarem "coelho híbridos e embriões humanos, bem como outras quimeras"  e  embriões com mistura de genes humanos e de vaca. "O mais alarmante de tudo isto é que estes mesmos pesquisadores  já conseguiram reanimar  células humanas em tecidos mortos , um avanço que foi anunciado como uma forma de superar os dilemas éticos sobre o uso de embriões vivos para a pesquisa médica.
 
 Imagem de microscopia eletrônica que mostra a bactéria com genoma sintético se replicando,
a célula sintética da bactéria é "a primeira espécie que se autorreplica do planeta cujo pai é um computador". O genoma criado em laboratório é quase igual ao DNA original da própria bactéria.

Vamos mostrar de forma inequívoca que a questão não é se os seres humanos eram, podem ser ou estão sendo hibridizados, mas se alienígenas/demônios e suas agências humanas estão envolvidas no processo. Se assim for, isso implica algo muito desconfortável, o que a maioria de nós não quer pensar, que uma diferente forma "humana" exista e que muito possivelmente não possa ser resgatada?
Em breve: Híbridos Humanos entre nós?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.