domingo, 30 de dezembro de 2012

CODEX MÁGICA: BAPHOMET, BODES, PAN, CHIFRES, CASCOS , CAVANHAQUES SATÂNICOS E OUTROS SINAIS DO MAL - PARTE 6


Eles possuem os títulos mais exaltados do que eu já fui capaz de contar. Eu devia conhecer mais sinais secretos, senhas, toques, sinais internacionais, apertos de mão, e assim por diante, do que eu poderia  aprender em uma dúzia de vidas.
- Aleister Crowley, satanista britânico
Confissões de um Herege 

Karl Marx era um adorador de Satanás ... ele se juntou a um culto satânico cujos participantes tinham longas barbas desgrenhadas. A imagem de Karl Marx descreve isso. 
- Sociedades Secretas (Ralph Epperson audiotape 1987)


 "Eu apliquei o meu coração para saber, e inquirir, e buscar a sabedoria e a razão das coisas, e para conhecer que a impiedade é insensatez e que a estultícia é loucura. "Eclesiastes 7:25:



Baphomet é uma figura enigmática com cabeça de bode que é encontrada em várias lugares na história do ocultismo. Dos Cavaleiros Templários da Idade Média , os maçons do século 19 às correntes modernas do ocultismo, Baphomet nunca deixou de criar polêmica. Mas qual é a origem de Baphomet, e mais importante, qual é o verdadeiro significado desta figura simbólica? Qual o seu significado esotérico e sua ocorrência na cultura popular?

Neste capítulo, você vai descobrir mais sobre Baphomet; sobre o Homem Verde, acerca de Pan, o chifrudo deus bruxo , e acerca de Crowley e sua Ordo Templi Orientis (OTO), sobre a barba que satanistas usam para se identificarem. 

Os Homens acreditam que o satanismo e adoração luciferiana estão a milhas de distância dos rituais, práticas e filosofias das sociedades secretas e da Ordem dos Illuminati. Na verdade, não há distinção real entre esses grupos. Como o Dr. Michael Aquinosatanista radical e fundador do Templo de Set , afirmou que somente os satanistas tem uma " precisa" compreensão da realidade ocultista. Aleister Crowley , o satanista britânico, que  chamou a si mesmo, "o mais cruel homem no planeta Terra ", sem dúvida teria concordado com Aquino.
Crowley foi iniciado em várias e diferentes fraternidades maçônicas, ritos satânicos e grupos de ocultismo, incluindo o Rito de Memphis, o Rito Escocês até o 33°, e o 33° no Grande Oriente, e do Rito de Misraim. Em 1912, ele foi homenageado pelos seus companheiros luciferianos da Ordo Templi Orientis (OTO), sendo reconhecido pelo seu conhecimento gnóstico superior e superdotação e devido aos seguintes títulos e graus elevados:  Aleister Crowley St. Edward 33 °, 90°, 95°, X° Grande Mestre Nacional Geral da Grã-Bretanha e Irlanda e Mysterio Mystico Maximo.

"Nem um elefante suportaria carregar  ..." 
Crowley afirmou que a partir de Bucareste, na Hungria e Salt Lake City, Utah, foi condecorado com honras, títulos, graus e outras parafernálias do ocultismo. Tanto que ele observou, "um elefante iria desabar sob o peso destas insígnias que tenho direito de usar." 
 Foi Napoleão, que uma vez observou o quão fácil é  ganhar  títulos através de bajulação de homens, simplesmente legando um título a eles ou fixando uma medalha ou ficha em seu peito. As Filosofias malignas de Crowley e seus rituais de experimentação, como o ritual"Babalon" era destinado a invocar a vinda do Anticristo -isto inspirou e gerou muitos imitadores. Incluem L. Ron Hubbard , que supostamente estudou as obras de Crowley e passou a gerar então uma falsa religião chamada Cientologia , Anton LaVey , fundador da Igreja de Satã e autor de A Bíblia Satânica e Alfred Kinsey , um notório pesquisador sexual. Kinsey cujo Instituto acolhe homossexuais  e viciados em pedofilia .

Crowley muitas vezes agia de de maneira bizarra, mas ele era muito protegido pelo governo britânico, que entusiasticamente utilizou seus serviços em uma unidade de inteligência durante o conflito da II Guerra Mundial contra os nazistas. Quando Crowley adotou o hermafrodita, chifrudo,  o bode-demônio Baphomet como sendo seu próprio nome mágico, indica o quão poderoso é este ídolo para os Iluministas. Crowley certamente sabia o que Baphomet representa. Em seu livro, ''Magia,  Teoria e Prática'', ele afirma:
''Esta serpente, Satanás, não é o inimigo do homem ... Ele é "O Diabo" do Livro(egípcio) de Thoth , e seu emblema é "Baphomet", o Andrógino que é o hieróglifo da perfeição arcana... Mas além disso a sua carta é ayin, o olho, ele é Luz e sua imagem zodiacal é Capricórnio, a cabra saltitante,  cujo atributo é a liberdade.''
Então entendam, amigos do APOCALINK, entendam de uma vez por todas que a consulta ao horóscopo é a consulta ao DIABO.

BAPHOMET
Ao longo da história do ocultismo ocidental, o nome do misterioso Baphomet foi muitas vezes invocado. Embora ele tenha se tornado um nome comum no século XX, menções de Baphomet podem ser encontradas em documentos que datam desde o século 11. Hoje, o símbolo está associado com qualquer coisa relativa ao ocultismo, rituais de magia, bruxaria, satanismo e esoterismo. Aparece muitas vezes na cultura popular para identificar qualquer coisa relacionada com ocultismo.

A representação mais famosa do Baphomet é encontrada em "Dogme et Rituel de la Haute Magie" (Dogma e Ritual da Alta Magia), um livro de 1897 de Eliphas Lévi que se tornou uma referência padrão para o ocultismo moderno. O que esta criatura representa? 

Origens do nome
Há diversas teorias sobre as origens do nome de Baphomet. A explicação mais comum afirma que este nome é uma corrupção do nome de Mohammed em francês antigo do (que foi "latinizado" para "Mahomet") - o Profeta do Islã. Durante as Cruzadas, os cavaleiros templários permaneceram durante longos períodos de tempo em países do Oriente Médio, onde se familiarizaram com os ensinamentos do misticismo árabe. Este contato com as civilizações orientais lhes permitiram trazer de volta para a Europa a base do que se tornaria o ocultismo ocidental, incluindo o gnosticismo, a alquimia, a cabala e o hermetismo. A afinidade dos cavaleiros Templários com os muçulmanos levou a Igreja a acusá-los de adoração de um ídolo chamado Baphomet, por isso há algumas ligações plausíveis entre Baphomet e Maomé. No entanto, existem outras teorias sobre as origens do nome.

Eliphas Levi, o ocultista francês que desenhou o famoso retrato de Baphomet argumentou que o nome havia sido derivado de uma codificação cabalística:
O nome do Baphomet dos Templários, que deve ser soletrado cabalisticamente para trás, é composto de três abreviações:
 TeM. ohP. AB = BA. PHO. MET =Templi omnium hominum pacts abbas:
"o pai do templo da paz de todos os homens".

Arkon Daraul, um autor e professor da tradição Sufi e de magia, argumentou que o nome Baphomet veio da palavra árabe Abu fihama (t), que significa "O Pai do Entendimento".
Dr. Hugh Schonfield, cujo trabalho sobre os Manuscritos do Mar Morto é bem conhecido, desenvolveu uma das teorias mais interessantes. Schonfield, que havia estudado uma sistema de criptografia judeu chamado Atbash, que foi usado na tradução de alguns dos Manuscritos do Mar Morto, afirmou que quando se aplicou a cifra na palavra Baphomet, esta foi transposta para a palavra grega "Sophia", que significa "conhecimento" e também é sinônimo de "deusa".

A representação moderna de Baphomet tem suas raízes em várias fontes antigas, mas principalmente em deuses pagãos. Baphomet tem semelhanças com deuses de todo o globo, incluindo do Egito, do norte da Europa e da Índia. Na verdade, as mitologias de um grande número de civilizações antigas incluem algum tipo de divindade com chifres. Na teoria junguiana (de Carl Jung), Baphomet é uma continuação do arquétipo deus-com-chifres, pois o conceito de uma divindade com chifres é universalmente presente na psique individual. Será que Cernunnos, Pan, Hathor, o Diabo (como descrito pelo cristianismo) e Baphomet têm uma origem comum? Alguns de seus atributos são muito semelhantes.


 O antigo deus celta Cernunnos é tradicionalmente representado com chifre na cabeça, sentado na “posição de lótus”, semelhante à representação do Baphomet de Levi. Embora a história de Cernunnos esteja envolta em mistério, ele é geralmente considerado o deus da fertilidade e da natureza.
Uma figura semelhante a Baphomet na Catedral de Notre-Dame-de-Paris, que foi originalmente construída pelos Cavaleiros Templários.



Em 1861, o ocultista francês Eliphas Lévi incluíu em seu livro "Dogmes et Rituels de la Haute Magie" (Dogma e Ritual de Alta Magia) um desenho que se tornaria a mais famosa representação do Baphomet: um bode humanóide alado com um par de seios e uma tocha em sua cabeça entre os seus chifres. A figura apresenta semelhanças numerosas com as divindades das diversas religiões. Ele também inclui vários outros símbolos relacionados com os conceitos esotéricos encarnado por Baphomet. No prefácio de seu livro, Levi diz:

"O bode na capa carrega o sinal do pentagrama na testa, com um ponto no topo, um símbolo de luz, e suas duas mãos formam o sinal do hermetismo, uma que aponta para a lua branca de Chesed, e a outra apontando para baixo para a lua negra de Geburah. Este signo expressa a perfeita harmonia da misericórdia com a justiça. Um de seus braços é de uma fêmea, e o outro de um macho como os do andrógino de Khunrath, os atributos dos quais tivemos que unir com os do nosso bode porque ele é um e o mesmo símbolo. A chama da inteligência que brilha entre seus chifres é a luz mágica do equilíbrio universal, a imagem da alma elevada acima da matéria, como a chama, que ainda que esteja amarrada à matéria, brilha acima dela. A cabeça do animal repulsivo exprime o horror do pecador, cuja atuação material é a única parte responsável que tem de suportar exclusivamente o castigo, porque a alma é insensível de acordo com sua natureza e só pode sofrer quando se materializa. A vara de pé em vez dos genitais simboliza a vida eterna, o corpo coberto de escamas simboliza a água, o semi-círculo acima dele significa a atmosfera e as penas logo em seguida acima representam a volatilidade . A humanidade é representada pelos dois seios e os braços andróginos desta esfinge das ciências ocultas." 
"A prática da magia - branca ou negra - depende da capacidade do adepto de controlar a força da vida universal - o que Eliphas Levi chama de "o grande agente mágico", ou a luz astral. Pela manipulação desta essência fluídica os fenômenos do transcendentalismo são produzidos. O famoso bode hermafrodita de Mendes era uma criatura composta formulada para simbolizar a luz astral. Ele é idêntico ao Baphomet, o deus místico daqueles discípulos de magia cerimonial, os Templários, e estes provavelmente obtiveram este conhecimento dos árabes."

Aqui está a explicação de Crowley da etimologia do nome Baphomet, tiradas de seu livro de 1929 "As Confissões de Aleister Crowley":

"Eu tinha tomado o nome Baphomet como o meu lema na O.T.O. Por mais de seis anos eu tinha tentado descobrir a maneira correta de soletrar este nome. Eu sabia que ele deveria ter oito letras, e também que as correspondências numéricas e literais deveriam ser de modo que expressassem o significado do nome em tais maneiras que confirmassem o que os estudiosos haviam descoberto sobre ele, e também para esclarecer os problemas que os arqueólogos até agora não conseguiram resolver... Uma teoria do nome é que ele representa as palavras "Beta alpha phi eta mu eta tau epsilon omicron sigma", O batismo de sabedoria; outro, que é uma corruptela de um título que significa "Pai Mitra". Não é necessário dizer que o sufixo R apoiou a última teoria. Eu adicionei a palavra, tal como é soletrada pelo Mago. Ela totalizou 729. Este número nunca tinha aparecido no meu trabalho Cabalístico e, portanto, não significava nada para mim. Ele no entanto se justificava como sendo o cubo de nove. A palavra "chi eta phi alpha sigma", o título místico dado por Cristo a Pedro como a pedra angular da Igreja, tem esse mesmo valor. Até agora, o Mago tem-se mostrado com grandes qualidades! Ele tinha resolvido o problema etimológico e mostrou por que os Templários deveriam ter dado o nome de Baphomet para seu chamado ídolo. Baphomet foi Mithras Pai, a pedra cúbica, que foi a pedra angular do Templo. "Baphomet é uma figura importante na Thelema, o sistema místico que Crowley estabeleceu no início do século 20. Em uma de suas obras mais importantes, Magick, Líber ABA, Book 4, Crowley descreve Baphomet como um andrógino divino:
"O Diabo não existe. É um nome falso inventado pelos Irmãos Negros para implicar uma unidade na sua confusão ignorante de dispersões. Um diabo que tivesse unidade seria um Deus ... "O Diabo" é, historicamente, o Deus de qualquer povo que alguém pessoalmente não goste ... Esta serpente, Satanás, não é o inimigo do homem, mas Ele que fez Deuses da nossa raça, conhecendo o Bem e do Mal, Ele mandou "Conhece a ti mesmo!" e ensinou a Iniciação. Ele é "O Diabo" do Livro de Thoth, e Seu emblema é Baphomet, o Andrógino que é o hieróglifo de arcana perfeição... Ele é, portanto, Vida e Amor. Mas além disso a sua carta é ayin, o Olho, de modo que ele é Luz, e sua imagem Zodiacal é Capricórnio, o bode saltitante cujo atributo é a Liberdade." [12]

A Ecclesia Gnóstica Catholica, o braço eclesiástico de Ordo Templi Orientis (OTO), recita durante a sua Missa Gnóstica "E eu acredito na Serpente e no Leão, Mistério do Mistério, em Seu nome BAPHOMET" [13]. Baphomet é considerado como a união do Chaos e Babalon, energia masculina e feminina, o falo e o útero.


AS MÃOS DE BAPHOMET
Baphomet é portanto, o simbolo da Grande Trabalho da alquimia onde as forças separados e opostas são unidas em perfeito equilíbrio para gerar a luz Astral. Este processo alquímico é representada na imagem de Levi pelos termos ‘Solve’ e ‘Coagula’ nos braços do Baphomet. Enquanto eles realizam resultados opostos, Solve (transformar sólido em líquido) e Coagula (transformar líquido em sólido) são duas etapas necessárias do processo alquímico – que visa transformar pedras em ouro, ou em termos esotéricos, um homem profano em um homem iluminado . As duas etapas estão no braços apontando em direções opostas, enfatizando sua natureza oposta.
As mãos de Baphomet formam o “sinal de hermetismo” – que é uma representação visual do axioma hermético “O que está em cima é como o que está embaixo“. Este ditado resume todos os ensinamentos e os objetivos do hermetismo, onde o microcosmo (homem) é como o macrocosmo (o universo). Portanto, a compreensão de um é igual a compreensão do outro. Esta Lei de Correspondência origina as Tábuas de Esmeralda de Hermes Trismegisto, onde foi declarado:

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima, para realizar os milagres de uma só coisa”. 


A IGREJA DE SATAN



SIMBOLO DA PRIMEIRA IGREJA DE SATANÁS  
pentagrama invertido com uma imagem de Baphomet preenchendo os espaços interiores é chamado de o "Bode de Mendes"É mais uma representação de Satanás.


Embora não seja tecnicamente uma sociedade secreta, a Igreja de Anton Lavey de Satanás continua a ser uma ordem ocultista influente. Fundada em 1966, a organização adotou o "Sigil do Baphomet" como seu emblema oficial.

De acordo com Anton Lavey, os templários adoravam Baphomet como um símbolo de Satanás. Baphomet é destaque presente durante nos rituais da Igreja de Satanás, com o símbolo sendo colocado acima do altar ritualístico.
Na Bíblia Satânica, Lavey descreve o símbolo do Baphomet:

"O símbolo do Baphomet foi usado pelos Cavaleiros Templários para representar Satanás. Através dos tempos este símbolo tem sido chamado por muitos nomes diferentes. Entre elas estão: O Bode de Mendes, o Bode de Mil Jovens, O Bode Preto, O Bode de Judas, e talvez o mais adequado, O Bode Expiatório".

Baphomet representa os Poderes das Trevas combinados com a fertilidade generativa do bode. Na sua forma "pura" o pentagrama é mostrado envolvendo a figura de um homem nos cinco pontos da estrela - três pontas para cima, duas pontas para baixo - simbolizando a natureza espiritual do homem. No satanismo o pentagrama também é usado, mas já que o satanismo representa os instintos carnais do homem, ou o oposto da natureza espiritual, o pentagrama é invertido para acomodar perfeitamente a cabeça do bode - seus chifres, representando dualidade, que é voltado para cima em tom de desafio, os outros três pontos invertidos, ou a negação da trindade. As letras hebraicas em torno do círculo exterior do símbolo, que são dos ensinos mágicos da Cabala, soletram "Leviathan", a serpente do abismo, e identificada com Satanás. Estas figuras correspondem aos cinco pontos da estrela invertida." 

Sem dúvida, o círculo interno dos Illuminati têm objetivos específicos em mente que foram atendidas por homens como Crowley, LaVey, Hubbbard, e Kinsey. Estes homens e seus seguidores são usados ​​para degradar e depreciar a humanidade, banalizar a religião, e destruir a cultura sã e a moral. Na verdade, as filosofias desses homens malignos estão de acordo com a dos Illuminati. No nível central da filosofia de Weishaupt era sempre a "elevação" da humanidade para o status de deuses.

"Faça o que tu queres ..."
O tom desta filosofia era de inspirar os homens a rejeitarem Deus as suas leis e atacar a liberdade. Em outras palavras, viver livre para além de quaisquer limites da moralidade ou de decoro. Luxúria, sexo livre, conduta imoral, estupro, saques, pilhagem, tudo é permitido ao Novo Homem da Razão. Como o grande mandamento Crowley  colocou, "Faça o que tu queres deverá ser o todo da lei." Agora Baphomet , o bode andrógino chifrudo, metade homem-mulher, metade bode, o deus dos medievais Cavaleiros Templários , inculca este "Faça o que der na telha ", a filosofia do Iluminismo. Ele é a própria imagem do livre-pensador, o maçom e iluminista que levanta a "Tocha da Liberdade", o fogo do inferno e da luz de Lúcifer. Os Cavaleiros Templários, os antecessores dos maçons de hoje, reverenciavam Baphomet como a divindade da sabedoria. Olhe atentamente para o verso da nota de dólar dos EUA e você vai encontrar os chifres de Baphomet meticulosamente desenhadas e encaixadas. 

Michelangelo e alguns outros artistas, estranhamente, criaram esculturas blasfêmas mostrando Moisés, o profeta bíblico, com chifres. Todas essas divindades com chifres e imagens representam a luxúria, porque o chifre é em si um símbolo fálico no mundo oculto.

 Estrelas e cavanhaques
Nos últimos tempos, os revolucionários comunistas adotaram a estrela, que também é o símbolo de Baphomet (veja a estrela na testa do bode de Baphomet neste capítulo), e alguns como Karl Marx, Che Guevera e outros adotaram a barba, cavanhaque ou barbicha desgrenhada em honra ao cavanhaque de Baphomet, a deidade que eles secretamente adoram.
Revelador, o falecido Anton LaVey, jorrando sua filosofia infernal em seu último livro, ''Satanás fala'' , diz sobre a barba de Baphomet:
"A essência do Satanismo é ... a barba da sabedoria no bode,  dentro da estrela invertida."

Muitas celebridades de Hollywood estão envolvidas nas profundezas do satanismo. Belas atrizes como Jayne Mansfield e Marilyn Monroe foram usados ​​como ferramentas sexuais pela elite, e os homens, como cantor Sammy Davis, Jr., bem como dezenas de artistas do rock 'n roll, foram usados ​​como brinquedos iluministas, proporcionando diversão, jogos e entretenimento para a elite. Davis foi feito   11° honorário no Templo do satanista Dr. Michael Aquino.
A Loira bombástica e atriz Jayne Mansfield estava tão apaixonada pelo culto satânico que tinha uma rosa negra e o  ídolo Baphomet feito sob medida apenas para ela. Ela usou o ídolo em seu pescoço em um Festival de San Francisco em 1966. Hollywood continua envolvida em trevas satânicas até hoje, dos fantoches, só mudaram os nomes.

Este selo postal acima foi emitido pela Rússia em 1938 em honra ao teórico Comunista, Karl Marx. Marx, um sionista judeu e Maçom, também era um adorador de Satanás. Sua barba, cuidadosamente despenteada honrou a barba da deidade Illuminati, Baphomet, e representou "Inteligência Cósmica ."

Anton Szandor LaVey, fundador da Igreja de Satanás, morreu em 29 de outubro de 1997. Estranhamente, Edmund de Rothschild , chefe sênior do banco da dinastia Rothschild, morreu no mesmo dia. LaVey disse que a barba de Baphomet ou  era um sinal de sabedoria.
De acordo com uma fonte respeitada, presidente dos EUA, George Herbert Walker Bush (Bush pai), uma vez surpreendeu os líderes do Congresso, quando ele fez uma entrada no Salão Oval vestindo uma máscara de cabeça de cabra!

O bode da Profecia 
Significativa, de fato, é a passagem bíblica em Daniel 8:8-22, que simbolicamente retrata um grande líder mundial nos últimos dias como um "bode". Este bode, dizem as escrituras, se torna muito forte e seu poder é simbolizado por um chifre que surge de sua testa.
Esta criatura estranha e maligna faz guerra contra o exército do Deus e e que tem selos sobre eles. Não seria esta uma imagem da Besta, o Baphomet, adorado em segredo pelo llluminati? Não esqueça do ídolo adorado pelos judeus na rebelião do monte Sinai. Dizem alguns que era um ídolo em forma de bode.

O Batismo satânico de uma bruxa
Nas cerimônias de religiões pagãs, falsificações do batismo Cristão foram feitos como ritos de iniciação. Abaixo está a conta de moderno-dia de um tal batismo obscuro, exatamente como está registrado no livro, A Bruxa Satânica , por Anton LaVey , o cabeça da Igreja de Satanás. LaVey declarou que o objetivo de sua igreja profana é o início de uma "Nova Era". (A pessoa que está sendo batizada é filha de LaVey, Zeena, e as palavras são dela.):
''Meu batismo era de fato a reversão do batismo cristão. Em vez de ser mergulhado em um banho frio por um homem estranho, sem sexo para ser purificado do "pecado original", que comemora o homem e a natureza como elas realmente são. Enquanto eu estava sentada vestindo o manto vermelho, que minha mãe fez naquela manhã, eu brinquei com a amuleto de Baphomet pendurado no meu pescoço. Imperiosamente, eu examinei o mar de celebrantes encapuzados de preto. Levei alguns anos para perceber que alguns deles podiam estar mais fascinados com a mulher nua, deitada sobre o altar do que comigo. As cepas góticas,  e um órgão Hammond ecoou contra as paredes pretas e vermelhas ... eu estava encantada em ser o ponto focal de toda essa atividade. Meu pai, o Sumo Sacerdote, levantou a espada cerimonial em bênção. Senti um grande senso de calor e respeito. Quantas pessoas podem dizer honestamente que eles têm este sentimento, em qualquer momento da sua vida? "Eu faço o que quero", pensei com orgulho, de acordo com a filosofia indulgente do satanismo. Desde aquela noite eu entendi o que é ser uma bruxa satânica, uma mulher que faz pleno uso de seus truques femininos. Ao longo da minha vida eu iria repetir as palavras entoadas durante o meu batismo: ''Aos caminhantes muitos pés dará a força, o poder do vermelho, presas e garras, de todos os demônios dançando loucamente encherão com o conhecimento perdido dos antigos. Pequena Feiticeira, o mago mais natural e verdadeiro, suas pequenas mãos têm o poder de puxar os céus abaixo e de seus cacos construir um monumento à sua própria e doce indulgência ... E com estes outros no templo do diabo, você vai fazer com que as cabeças dos homens girem, você vai enchê-los com o desejo. E, assim, dedicar sua vida ao amor, a paixão, a indulgência, a Satanás e para o caminho da escuridão.''
Ave Zeena! Salve Satanás!

Na Cultura Popular
Principalmente devido à influência de Aleister Crowley e Anton Lavey na cultura popular, as referências a Baphomet podem ser encontrado em toda a cultura popular. Em alguns casos, como com bandas de heavy metal, as referências são bastante claras e inequívocas - estas bandas, de modo algum escondem a influência dessas escolas de ocultismo em suas imagens.
Recentemente, inúmeros jovens foram trazidos para o reino de Satanás através de filmes, desenhos animados da TV, videogames, quadrinhos, e outros meios. Os livros de bruxaria de Harry Potter e de Paulo Coelho tem iniciado muitos nos mais e elementos obcuros  infernais. Ocultismo em  filmes fantasia (Star Wars, Jedi, etc) tem apagado qualquer concepção de absolutos e têm cada vez mais levado a juventude em direção as filosofias satânicas.
Captura de tela do popular jogo online Ragnarok.

O resultado final é uma geração inteira de hipnotizados, idiotizados, fantoches, todos marchando em formação através da névoa do transe , com suas vidas  governadas por dignitários Illuminati no século 21 e daí para pior, não se enganem, não melhorará. É MUITO FÁCIL PARA ELES, DONOS DA MÍDIA , CRIAREM ÍDOLOS POP DO NADA E FOMENTAREM A CRIAÇÃO DE NOVOS CONSUMIDORES...Nunca houve antes na história em que tantos foram treinados e doutrinados com os princípios do Iluminismo satânico. A entidade oculta que está por trás do ídolo Baphomet, que deve estar muito orgulhoso de seus escravos recém-descobertos.


                                
As pessoas que fizeram um filme como O Labirinto do Fauno , que coloca uma inocente menina se apaixonando por Pan(o deus pagão orgia e estupro), estão doentes de corpo, alma e espírito, são demoniacamente inspiradas, sexualmente pervertidas, indivíduos malignos. A evidência fala por si. Não há como subestimar os fatos sobre o Pan. O ocultismo sempre foi sinônimo de exploração sexual infantil e sacrifícios rituais de crianças.



Lady Gaga.


Réplica de "Homem de Florentino," de Michelangelo, um ídolo homem verde,  esculpido pelo famoso artista renascentista italiano , (de Toscano, Projeto catálogo, Holiday, 1999)


Uma campainha Aldrava do homem verde, " Vecchio", réplica de um modelo autêntico Toscana (de Toscano, Projeto catálogo, Holiday, 1999)

Marilyn Manson – Capa do álbum Anti-Christo Superstar



Robin Good-Fellow (ou Puck) é um elfo mitológico que seria a personificação do espírito da terra. Tendo vários atributos de Baphomet e outras divindades, ele é mostrado aqui na capa de um livro de 1629 rodeado por bruxas.

Em suas Canções de Inocência,  o artista Inglês e autor William Blake gravou, imprimiu e coloriu esta ilustração para seu poema, "O Pastor". Para os Cristãos, o pastor é Jesus Cristo . Mas, para Blake, como vemos aqui, o Pastor de barbicha, é Lúcifer (1802; Harry Ransom Center, Universidade do Texas em Austin)


Rammstein’s Pussy se refere a androginia de Baphomet. O segundo homem da direita também faz o sinal da mão “O que está em cima é como o que está embaixo”.
Na cultura pop de massa (corporativa), as referências são muito mais vagas e escondidas. Destinadas a um público mais jovem, as referências existem, mas provavelmente não são reconhecidas e compreendidas conscientemente pela maioria das pessoas


Satanistas e bruxas adoram e louvam o deus pagão, Pan , o predador sexual mais famoso da história ...
  Se a imagem acima o ofende, caro amigo do APOCALINK, então pare e considere o quanto Pan é elogiado, adorado, reverenciado e caracterizado na música e filmes de nossa sociedade decadente. Por favor, acompanhe todo este exaustivo estudo  sobre a paixão que Aleister Crowley, e sociedades secretas em geral tem com o deus pagão Pan , e a natureza sexualmente imoral de Pã, e por conseguinte , leia toda nossa MEGA SÉRIE CODEX MÁGICA
No filme as CRÔNICAS DE NARNIA,  Pan e uma menina estão sozinhos em sua casa, assim como em o ''Labirinto do Fauno'', ambos são uma mensagem codificada de sacrifício de crianças e pedofilia, pois PAN tem um cunho inteiramente sexual. É uma coisa realmente assustadora e bizarra. Crowley, o ocultista é reverenciado na indústria da música, famoso por orgias sexuais, atos sexuais bizarros e sodomia.
Pan era uma divindade de destaque na Grécia. O deus da natureza era muitas vezes representado com chifres na cabeça e a parte inferior do corpo de um bode. Não diferentemente de Cerenunnos, Pan é uma divindade fálica. Suas características animalescas são a personificação dos impulsos carnais e de procriação dos homens.
 
Pan, o chifrudo Deus das montanhas, florestas, rios e vales, é quase universalmente adorado pelas bruxas, como esta honra conferida a ele pelo título e arte da capa deste livro recente indicam. A hera e o azevinho são suas plantas favoritas (assim como os edifícios cobertos de hera no campus de Harvard, Yale e outras universidades da elite e Hollywood).
Pan, cujo pai é Hermes, deus do sigilo, é frequentemente retratado como o Homem Verde, uma divindade da floresta. O conto do Gigante Verde é um mito iniciado por seus admiradores. Quem, realmente, é Pan? Bem, é claro, o Pan é simplesmente o diabo em um novo disfarce.


O rebelde revolucionário e barbudo é um símbolo de Baphomet, que também tem uma barba. Esta versão feita por um famoso artista cubano do líder guerrilheiro Che Guevera faz notar uma notável semelhança com famoso desenho do baphomet de Eliphas Levi , com as estrelas de seus respectivos chefes.

Uma placa de parede e escultura de parede de baphomet vendido por uma loja ocultista por correspondência, junto com um "Selo de Babalon" e a Irmandade A:. A:. A placa de parede(a Irmandade Atlante), Também oferece: um amuleto da "Cabra Sabática" , descrito por satanistas como  Eliphas Levi como "Baphomet , o deus das Bruxas ".

O presidente George Herbert Walker Bush. Nós não sabemos o que faz a estrela e os chifres longos  em seu boné, nem o significado da faixa em torno de seu pescoço. Talvez isso tenha algo a ver com um grupo do estado do Texas ou de uma associação de Texas (Lone Star State) de pecuaristas, etc.
No entanto, da Austrália vêm dois relatórios que o George Bush pai deixou boquiabertos os líderes do Congresso à sua espera o Presidente entrou em seu escritório vestindo uma máscara com cabeça de cabra! (Notícias Peter Sawyer Inside, Novembro de 1991 e Testemunho Cristão , janeiro de 1992, p. 5 e julho / agosto de 1989, p. 9)

O Grão Mestre de uma sociedade secreta satânica da Grécia usa uma cabeça de cabra.


O Diabo fazendo uma aparição em um ritual sabático negro de seus seguidores. (A partir de uma xilogravura antiga por Pierre de Lancre, França, 1913)

Baal e alguns outros deuses foram retratados como touros com chifres. Este é Baal, deus do fogo recebendo uma criança como sacrifício.

De acordo com esta notícias da Associated Press (1 de abril de 1995), o túmulo de Alexandre, o Grande, foi encontrado em Siwa, no Egito.

Adoradores do conquistador grego, Alexandre, o Grande, colocaram chifres em varios de suas figuras. Isso era emblemático do poder divino de uma pessoa e sua perspicácia espiritual. Moedas com rosto de Alexandre foram retratadas com líder militar grego como um touro com chifres e uma tocha acesa em sua cabeça.


Estranhamente, muitos artistas medievais, especialmente aqueles clandestinamente envolvidos nas artes ocultas, muitas vezes retrataram a figura de Moisés barbudo e com chifres. (O Dicionário de Símbolos - Herder, Chiron Publications, Illinois)

O diabo tem sido concebida no imaginário popular das massas como uma criatura com chifres, pés animalescos e garras, e cauda.


Celular e ...... o touro?


Este anúncio para telefones Nokia , bem antigo ,parece inofensivo. Mas olhe atentamente para a imagem sutil, chifres na fivela do homem no cinto de prata. Além disso, ele está vestindo o que parece ser uma corda em seu pulso esquerdo, característica dos seguidores da cabala oculta (ou Cabala).

Presidente Bill Clinton foi eleito o "Homem do Ano" pela revista Time. Os editores editaram a letra "M" para fazer parecer como se Clinton tivesse chifres.


A Gannet News Service, uma das maiores redes de jornais da América , comentou a história sobre a capa da Time ,  que fez o presidente Clinton parecer com o diabo. Tudo não intencional, disse a Gannett. Claro que foi!


"O que precisamos dizer para as pessoas é que adoramos um Deus , mas é o Deus que é adorado sem superstição por você. Grande Soberano dos Inspetores Gerais, nós dizemos isto, que vocês podem repetir para os irmãos de 32, 31 e 30 graus - A religião maçônica deve ser, por todos nós os iniciados nos graus mais elevados, mantidos na pureza da doutrina de Lúcifer . Deus , iria Adonay ( Jesus ) ... caluniar (espalhar declarações falsas e prejudiciais sobre ) ele? .. SIM, Lúcifer é Deus ... "
** AC De La Rive, La Femme et l'Enfant dans la Franc-Maconnene Universelle (página 588)

O símbolo do andrógino deus-besta , Baphomet, acaba por ser muito semelhante ao símbolo usado pelos Comandantes grandes Soberanos do Rito Escocês, o maior grupo do mundo Maçonico. Isso é mostrado nestas duas páginas da popular Chick Publications.

Eles mostram Albert Pike , grau 33, do século 19, Grande Comandante Soberano, após a Guerra Civil Americana, citado como adorando Lúcifer. Também usando o símbolo, Henry C. Clausen, grau 33, Grande Comandante Soberano na década de 1970 e 1980. Clausen usava o símbolo como faz o atual Soberano Grande Comendador, C. Fred Kleinknecht.

 



Aclamado artista Marc Chagall, um judeu nascido na Rússia, nos deu esta pintura, intitulado Sonho das noites de Verão , em 1939. Desenho sobre o tema de "A Bela e a Fera", a pintura tem um bode com chifres como um noivo, e um casal de noivos sendo influenciados por um anjo de cor vermelha.

Arquiteto holandês Rem Koolhaas . Nos últimos anos, ele fez as plantas do Museu Guggenheim, bibliotecas públicas,  lojas Prada, um complemento para o Whitney Museum, em Nova York, e publicou vários livros ,muito vendidos. Destaque na revista Newsweek (28 de janeiro de 2002, p. 56), Koolhaas aparentemente está comunicando uma mensagem esotérica. As linhas paralelas verticais são, inegavelmente, uma reminiscência de chifres. As imagens nuas de ambos os lados do  arquiteto são luxúria e sexo, enquanto a face, braços e postura corporal também são significativas.

Um  conhecido jornal de bruxaria fez esta ilustração (superior) da Deusa e de seu consorte e mestre, o deus chifrudo (Lúcifer)no dominio do mundo.


O anjo cupido é o seu Filho. Abaixo está um anúncio oferecendo "magia" de produtos para o "Novo Aeon" (Nova Era). Os magnéticos (mágico, por exemplo) os poderes de Lúcifer e de seu companheiro de Deusa se mostrado orgulhosamente para defender o planeta Terra.


O demônio, Mefistófeles, mostrado ser conjurado por um mago na estudioso maçônico e 33 graus Illuminatus Manly P. Hall 1928 livro ocultista clássico, Ensinamentos Secretos de Todas as Idades, tem uma notável semelhança com Yoda, o sábio mestre ascenso da saga de Star Wars , O Retorno de Jedi. Olhe atentamente e você verá uma pintura de Baphomet, o bode hermafrodita Deus , na parede à esquerda e também a cabeça de um esqueleto no canto superior direito.


Este é um membro do grupo ambientalista radical, terra primeiramente. Ele está enfeitada como Pan, uma antiga divindade mística grega que tinha uma amante disse ser a "Deusa da Terra."

 
O cantor de de Heavy Metal e satanista conhecido, Ozzy Osbourne , caracterizou Pan em várias capas de seus álbuns:

2000
                                        
 2001
 

2002

 2003
 
                                              
2004

 2005
 


Na capa deste álbum de Ozzy Osborne, os fãs estão tocando a (acariciando)besta. É claro, o bode e a cabra representam Satanás. Tal afeto é simbólico de uma adoração e de fidelidade a Satanás. Assim como não é nenhuma surpresa que os Rolling Stones tambem produziram uma canção blasfema intitulada " Sympathy for the Devil ". Satanás, com sucesso, desliza seu caminho para os corações dos jovens do mundo através de músicas malignas e filmes.


CONCLUSÃO
Desde que ganhou amplo reconhecimento na cultura popular, a imagem de Baphomet,  suas características físicas como a figura de Pan, os chifres, cascos, barbicha, sinal de mão, o bode no pentagrama invertido, são agora utilizados como símbolos de qualquer coisa sobre ocultismo, ritualismo e como sinal do mal. Nos meios de comunicação de massas, que têm laços com sociedades secretas, a figura de Baphomet aparece nos lugares mais estranhos, muitas vezes para um público jovem demais para entender a referência oculta, aqui no APOCALINK documentamos as ocorrências de Baphomet e outros símbolos ocultos em vídeos de música, filmes e moda.  Baphomet vem sendo utilizado na cultura pop como um símbolo do poder da elite oculta sobre as massas ignorantes.
Eu tenho dedicado um precioso tempo, desta vida passageira na terra, para mostrar tudo isso,  para acordá-lo sobre o  satanismo e o que realmente está acontecendo no mundo de hoje. Satanás está preparando os corações e mentes das pessoas para recebê-lo, como o Anti-Cristo.


Se liga, fique esperto meu irmão, o laço do inimigo Deus desata na unção...saia da estrada que esta te levando para o inferno...
 "Vós, que amais ao SENHOR, odiai o mal''

Salmo 97:10

ATENCIOSAMENTE, SEU AMIGO
APOCALINK 
 




Citações

2- Arkon Daraul, A History of Secret Societies
5- English translation of the Emerald Tablet
6- Manly P. Hall, The Secret Teachings of All Ages
7- Malcom Barber and Keith Bate, Letters from the East: Crusaders, Pilgrims and Settlers in the 12th-13th Centuries
8- Op. Cit. Levi
9- The Confessions of Léo Taxil, April 25 1897
13- Helena and Tau Apiron, “The Invisible Basilica: The Creed of the Gnostic Catholic Church: An Examination”
14- Anton Lavey, The Satanic Bible


3 comentários:

  1. Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    (Viva! Viva!)
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    (Viva O Novo Aeon!)
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    (Viva! Viva! Viva!)
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa...

    Se eu quero e você quer
    Tomar banho de chapéu
    Ou esperar Papai Noel
    Ou discutir Carlos Gardel
    Então vá!
    Faz o que tu queres
    Pois é tudo
    Da Lei! Da Lei!
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa...

    "-Faz o que tu queres
    Há de ser tudo da Lei"
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    "-Todo homem, toda mulher
    É uma estrêla"
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    (Viva! Viva!)
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    Han!...

    Mas se eu quero e você quer
    Tomar banho de chapéu
    Ou discutir Carlos Gardel
    Ou esperar Papai Noel
    Então vá!
    Faz o que tu queres
    Pois é tudo
    Da Lei! Da Lei!
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa...

    "-O número 666
    Chama-se Aleister Crowley"
    Viva! Viva!
    Viva! A Sociedade Alternativa
    "-Faz o que tu queres
    Há de ser tudo da lei"
    Viva! Viva!
    Viva! A Sociedade Alternativa
    "-A Lei de Thelema"
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    "-A Lei do forte
    Essa é a nossa lei
    E a alegria do mundo"
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa
    (Viva! Viva! Viva!)...
    Esta é a letra da música "Sociedade Alternativa" de Raul Seixas. E ele declara que o Diabo é o pai do rock em outra música. Sirleide da Rocha.

    ResponderExcluir
  2. Se o Baphomet é o Diabo ou Satanás, e é também chamado ou conhecido como o bode expiatório, porque criticam a IASD e sua interpretação do "dia da expiação" de Levíticos 16, atribuindo o bode para Azazel, como o bode para o diabo, uma vez que os judeus criam que Azazel era um demônio que habitava os desertos ou terra solitária; negando que isso representa a atribuição final ao Diabo de todos os pecados cometidos por cada ser humano. E isso de forma alguma implica em atribuir a Satanás qualquer mérito na expiação dos pecados. Quer dizer simplesmente que ele vai assumir a conta total por ser o originador de todo o mal.

    ResponderExcluir
  3. I wanted to thank you for this excellent read!!

    I definitely loved every little bit of it. I have got you book-marked to look at new
    things you post…

    Take a look at my blog - replica hermes
    Also see my web page: replica hermes handbags

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.