segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Die Antwoord - Eles estão contra a Indústria da Música?


Faz meses que tenho recebido e-mails sobre o grupo de rap sul-africano Die Antwoord  dizendo algo como "OMG, eles são illuminatis!" Desde o lançamento de seu novo vídeo "Boom Boom Fatty", os e-mails agora dizem "OMG, eles são anti-illuminati!". Então eles são a favor? Contra? Não se preocupam com isso? Qual seria a resposta? (Entenderam? Die Antwoord significa "a resposta" em africâner - tão esperto). 

À primeira vista, é difícil não ficar assustado com a estética visual do grupo, que parece ser feita sob medida para irritar os pais de filhos rebeldes. Seus vídeos sempre trazem bastante choque de valor juntamente com uma atitude de "eu não dou a mínima", o que agrada o público ao redor do mundo.

Eles levam crédito por terem popularizado Zef, um movimento contracultura sul-africano que eu só posso descrever como um "fabuloso trash do guetto sul-africano". Yolandi Visser do Die Antwoord disse: "Está associado com pessoas que deixam seus carros mais velozes e balançam peças de ouro. Zef é um você é pobre, mas você é chique. Você é pobre, mas você é sexy, você tem estilo." Em suma, trata-se de glorificar e fazer as coisas que são baratas e que estão associados com a classe mais baixa elegantes.

Fingindo?

Embora muitos amem e se identifiquem com o estilo do grupo, outros alegam que os membros do Die Antwoord são "fake", isto é, eles não fazem parte do gueto perigoso que eles afirmam fazer parte. Embora o site oficial do grupo descreva o rapper Ninja como um cara totalmente excêntrico, outros lembram dele como um membro do grupo conceitual "corporado" MaxNormal.TV. 

 Enquanto em MaxNormal.TV, a dupla tinha um estilo artístico-
moderno-corporativo, o que contrasta bastante com tudo associado ao
 Die Antwoord. Na verdade, é exatamente o oposto do Zef. 

 Há uma enorme mudança  ali, mas é o oposto do que você veria em programas de reality show. 

Os fãs de Die Antwoord , obviamente, não sabem ou não se preocupam com esses críticos, visto que o grupo obteve sucesso viral quando lançaram de forma independente seu primeiro álbum "$ O $".

Dentro e Fora da Interscope 

O estilo chocante e original de Die Antwoord gerou um enorme alarde em todo o mundo, que os levou à obtenção de sua assinatura com a Interscope Records, em 2011. Começaram sendo um grupo sul-africano desconhecido e se tornarem colegas de gravadora com Lady Gaga, Black Eyed Peas e Eminem. A parceria de Die Antwoord com o selo proeminente, no entanto, rapidamente dissolveu-se, quando o grupo alegou que os executivos da gravadora estavam tentando mudá-los e forçá-los em um molde particular. Em uma entrevista, Ninja afirmou:


 "Então, ... a Interscope nos ofereceu um monte de dinheiro novamente para lançar o nosso novo álbum TEN$ION. Mas, desta vez, eles também tentaram se envolver com a nossa música, para tentar fazer-nos parecer com todos os outros que estão por aí no momento. Então nós dissemos: 'Quer saber o que, melhor vocês ficarem com o seu dinheiro, comprarem algo de bom para vocês ... nós vamos fazer nossas próprias músicas. Bye bye". 


Sabendo do jeito que as grandes gravadoras procedem, não seria surpreendente ver o grupo sendo forçado a produzir mais músicas como essas que temos nas rádio ou a incorporar mensagens e simbolismo da elite em seu trabalho. Na verdade, alguns dos materiais promocionais do grupo daquela era mostravam imagens que os leitores podem achar familiares. 

 Enquanto com a Interscope, o grupo estava indo em uma direção cheia de 
imagens MK incluindo pisos xadrez, bonecas, borboletas e todo aquele lixo.

 Em entrevista à MTV Canadá, Ninja afirmou:


"Acho que eles pensaram que nós éramos apenas uns caras estranhos, e pensaram assim: 'Vamos deixar que eles tenham a sua diversão por um tempo, e depois, quando se tratar de seu segundo álbum, vamos fazê-los jogar jogos". "Eles estavam procurando por Lady Gaga e pelos Black Eyed Peas e toda essa droga de tipo de música pop, e estavam pensando que poderíamos nos transformar nisso." 

Livre da Interscope, Die Antwoord lançou seu segundo álbum, intitulado Ten$ion, sob seu próprio selo chamado Zef Recordz. Sua raiva contra a indústria é mais do que visível no vídeo "Fatty Boom Boom", e ele visualmente ataca a indústria da música de hoje, especialmente a ex-gravadora do grupo, Interscope (que passa a ser uma dos maiores distribuidores de imagens Illuminati hoje em dia). Se o grupo estava prestes a encaixar-se nos moldes de outros artistas pop, "Fatty Boom Boom" pode ser interpretado como um grande dedo do meio para a indústria.

Fatty Boom Boom 

"Fatty Boom Boom" fala sobre o orgulho sul-africano, com ritmos tribais e imagens e uma referência (controversa) a diversidade racial do país com os rappers usando pintura de corpo preta e branca. Além disso, e principalmente, o vídeo fala mal da ex-colega de gravadora Lady Gaga. Veja o vídeo (não assista se você não gosta de coisas super esquisitas).




O vídeo começa com Lady Gaga fazendo alguns passeios na África do Sul. Nós rapidamente obtemos uma sensação de que ela não pertence à selvagem "selva urbana".

 O papel de Gaga é feito por um homem (é claro) e está usando seu vestido de carne 
 lendário agora (incluindo um bife como um chapéu). Ela vai logo perceber que o 
uso desse equipamento em particular foi um erro. 

Quando o guia mostra a Gaga alguns músicos de rua locais (Die Antwoord), ela diz: "Oh meu deus, olhe para a moda louca deles! Eu deveria levá-los para abrir [a turnê] para mim." Essa é uma referência a Gaga ter pedido ao grupo para abrir a turnê para ela no passado, e eles responderam: não. Em entrevista à MTV, Ninja afirmou:

 "Uma coisa estranha está acontecendo, a droga da Lady Gaga pediu-nos para fazer uma turnê com ela e nós dissemos, 'Não, não se preocupe com isso."
 

Nessa entrevista, eles continnuaram insinuando que ela estava fazendo uma música "fraca e superficial". Então, obviamente, eles realmente não gostam dela.

Então, o ônibus da turnê é sequestrado por homens armados e Lady Gaga foge na selva de concreto. Isso também vai ser um erro.

 A letra da canção expressa raiva contra a indústria da música e a música rap de hoje e sua falta de originalidade. No primeiro verso, Ninja diz:

"O que aconteceu com todos os rappers criativos daquela época? 
Agora todos esses rappers soam exatamente o mesmo
 É como um grande festa de f*** inata 
Não, eu não quero parar, colaborar ou ouvir"
 

O elemento mais marcante do vídeo é o mural que aparece durante a metade do vídeo. Definitivamente, não é sutil nem agradável para algumas figuras importantes da indústria da música.
 O mural intitulado "coisa má" apresenta o Arcebispo Desmond Tutu segurando uma Bíblia
 que está atirando fogo em um monstro composto por cabeças com chifres, de Lady Gaga, 
Kanye West, Pitbull, Nicki Minaj e Akon. O monstro está defecando nos colegas
 do grupo, do selo anterior, os Black Eyed Peas.

Será essa "coisa do mal" satânica com várias cabeças a indústria da música? A mensagem está bastante clara.

O resto do vídeo mostra Lady Gaga tendo um camarão extraído de suas partes íntimas (uma referência a ela no vídeo "Born This Way") e ela sendo comida por um leão (que provavelmente foi atraído pelo seu vestido de carne).
 O rei da "selva de concreto", símbolo da justiça e do orgulho africano, come 
Lady Gaga viva. Ahum, Die Antwoord realmente não gostam de Lady Gaga. 

 Assim, com este vídeo, será que Die Antwoord estão genuinamente indo contra a indústria da música ou estão simplesmente buscando atenção da mídia (porque está funcionando)? Rejeitando a oferta de Lady Gaga de abrir sua turnê "Monster Ball" e deixando a Interscope foram jogadas corajosas, mas também foram uma ótima maneira de ganhar notoriedade e fãs leais. Será que essas ações vão dar certo e o grupo vai continuar mostrando o dedo do meio para a indústria da música? Vamos ver que tipo de material eles vão lançar no futuro. Uma coisa é certa, eles vão continuar irritando um monte de gente e causando polêmica ... porque essa é a única coisa que eles fazem.

Fonte:VC

Um comentário:

  1. Já conhecia die antwoord antes do bafafa eles com a Lady gaga, seus clipes normalmente não tem muito sentidos, com desenhos de genitais, bichos e outros tipos de coisa. Quem conhece eles, sabe que eles sao bizarros por que querem e assim pra se parecerem ''diferentes'' dos outros. Eu vejo puro egocentrismo pra tentar aparecer, nao tem musica, nao tem letra, apenas coisas.

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.