quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O Guia moderno sobre anjos caídos e demônios: Demônios e suas habilidades como descritos na Bíblia(Capítulo 6)



Como demonstramos, a Bíblia ensina que os cristãos de hoje estão em uma batalha contra os demônios, a segunda onda de anjos caídos, e contra seu líder, o anjo caído Satanás. Vamos dar uma olhada sobre o que a Bíblia fala acerca dos demônios  e as habilidades demonstradas pelos mesmos, para entender melhor em que atividades os demônios  estão envolvidos de hoje e ficarmos precavidos e não cairmos em suas armadilhas. Nesta série teorizamos que os demônios poderiam ser provávelmente os espíritos desencarnados dos gigantes mortos (Nephilins), que viveram antes do dilúvio, e seus descendentes paternos. Os demônios bíblicos são referidos como os espíritos dos mortos. No Antigo Testamento, Deus proíbe as pessoas de se comunicarem com espíritos dos mortos, ou estarem familiarizadas com esses demônios, e de estarem associados com práticas mágicas,feitiçaria ou magia negra. Os demônios também são creditados como sendo intimamente envolvidos com a prática da idolatria, o que também é proibido.


Normalmente quando as pessoas pensam de demônios que eles pensam do conceito de "possessão demoníaca". A "posse" termo vem da tradução KJV da palavra " daimonizomai ". Esta palavra é um verbo que significa "estar sob o poder de um demônio" (Léxico de Thayer). Esta palavra não significa necessariamente "ter um demônio dentro de seu corpo". Mais literalmente este verbo significa "ser demonizado" ou " ser oprimido". Provavelmente, a melhor tradução Inglês seria " a ser demonizado". O conceito da pessoa a ser "possuído" não vem da palavra grega " daimonizomai ", que seria melhor ser traduzido como" demonizado ". Pelo contrário, o conceito de "posse" vem do contexto das histórias registradas sobre os demônios.

Jesus ordenou repetidamente aos demônios para "sairem" de pessoas, e a Bíblia diz que Jesus "expulsou" demônios, e estes termos são precisos.

''Ao cair da tarde, trouxeram-lhe muitos que estavam endemoninhados. E Ele expulsou os espíritos com uma palavra, e curou todos os que estavam doentes.'' Matt 8:16

''E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, e sai dele. E quando o espírito imundo, agitou-o e gritou em alta voz, saiu dele.'' Matt 1:25-26

''Quando Jesus viu que o povo se aproximou, Ele repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: "espírito surdo e mudo, eu te ordeno, sai dele e entra-lhe que não mais" Marcos 9:25

Existem várias histórias sobre as pessoas demonizadas que pareciam estar totalmente controladas por demônios, e que é a visão tradicional da "possessão". Mas por outro lado, existem relatos em que a pessoa demonizado parecia estar até certo ponto normal, pelo menos durante algum  tempo. Como tal, parece que existem diferentes níveis de demonização que são possíveis. Há também histórias em que muitas pessoas foram curadas após os demônios terem sido expulsos de seus corpos, mas não é especificado o quanto cada uma dessas pessoas eram controladas pelos demônios. Globalmente, a Bíblia descreve alguns dos piores casos de demonização mais detalhadamente. 
''E chegaram ao outro lado do mar, à província dos gadarenos.E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo;O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender;Porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes.(Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.)E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos.E rogava-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província.E andava ali pastando no monte uma grande manada de porcos.E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles.E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.E os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e nos campos; e saíram muitos a ver o que era aquilo que tinha acontecido.E foram ter com Jesus, e viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido e em perfeito juízo, e temeram.''Marcos 5:1-15

''E, quando desceu para terra, saiu-lhe ao encontro, vindo da cidade, um homem que desde muito tempo estava possesso de demônios, e não andava vestido, nem habitava em qualquer casa, mas nos sepulcros.E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando, e dizendo com grande voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Peço-te que não me atormentes.Porque tinha ordenado ao espírito imundo que saísse daquele homem; pois já havia muito tempo que o arrebatava. E guardavam-no preso, com grilhões e cadeias; mas, quebrando as prisões, era impelido pelo demônio para os desertos.E perguntou-lhe Jesus, dizendo: Qual é o teu nome? E ele disse: Legião; porque tinham entrado nele muitos demônios.E rogavam-lhe que os não mandasse para o abismo.E andava ali pastando no monte uma vara de muitos porcos; e rogaram-lhe que lhes concedesse entrar neles; e concedeu-lho.E, tendo saído os demônios do homem, entraram nos porcos, e a manada precipitou-se de um despenhadeiro no lago, e afogou-se.E aqueles que os guardavam, vendo o que acontecera, fugiram, e foram anunciá-lo na cidade e nos campos.E saíram a ver o que tinha acontecido, e vieram ter com Jesus. Acharam então o homem, de quem haviam saído os demônios, vestido, e em seu juízo, assentado aos pés de Jesus; e temeram.E os que tinham visto contaram-lhes também como fora salvo aquele endemoninhado.E toda a multidão da terra dos gadarenos ao redor lhe rogou que se retirasse deles; porque estavam possuídos de grande temor. E entrando ele no barco, voltou.E aquele homem, de quem haviam saído os demônios, rogou-lhe que o deixasse estar com ele; mas Jesus o despediu, dizendo:Torna para tua casa, e conta quão grandes coisas te fez Deus. E ele foi apregoando por toda a cidade quão grandes coisas Jesus lhe tinha feito.''Lucas 8:27-39



Nesta história, o homem demonizado parece estar sob controle total dos muitos demônios dentro de si. Os demônios são descritos como causadores de sintomas de insanidade incomum ou força sobrenatural, auto-mutilação ou auto-agressão, auto-isolamento, impossibilidade de ser alcançado por outras pessoas que tentaram ajudá-lo, e uma aparente perda total de ser capaz de estar "em seu juízo perfeito" . Os demônios fizeram com que ele não usasse qualquer roupa, também tornando-o fazer algumas coisas que seriam consideradas vergonhosas ou degradantes, e anormais. Os demônios o levaram a viver entre os túmulos, algo que era considerado tanto anormal, mas também impuro. Os demônios sabiam quem era Jesus, que Ele era o Filho de Deus, e que pareciam ter medo dele. O número de demônios que estavam em um só homem são especificados por terem sido capazes de preencher um rebanho de cerca de 2.000 porcos. Quando os demônios entraram nos porcos,  fizeram com que todos os porcos  morressem afogados . Teoricamente, se demônios são os espíritos desencarnados dos Nephilim mortos(Que não são homens, mas filhos de demônios), então é possível ou provável que eles morreram tambem por afogamento no Dilúvio,  ou no mínimo, eles foram testemunhas do dilúvio. Levando isso em consideração, parece que pode ter havido mais do que um significado superfícial que levou  todos esses porcos ao afogamento...ou talvez eles estivessem fazendo uma declaração, ou alguma referência amarga a seu passado quando morreram afogados no dilúvio . Em outra história, um demônio tinha repetidamente tentado afogar um menino, e jogá-lo no fogo, a fim de matá-lo. Demônios muitas vezes parecem ter uma tendência suicida. 
''E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo;E este, onde quer que o apanha, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam.E ele, respondendo-lhes, disse: O geração incrédula! até quando estarei convosco? até quando vos sofrerei ainda? Trazei-mo.E trouxeram-lho; e quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência, e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, escumando.E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância.E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos.E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade.E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele.E ele, clamando, e agitando-o com violência, saiu; e ficou o menino como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto.Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou.E, quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram à parte: Por que o não pudemos nós expulsar?E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum. ''Marcos 9:17-29 .

Neste caso, um único demônio estava causando convulsões,  espumando pela boca, ranger de dentes, rigidez, e jogando o menino na água, ou no fogo, para tentar matá-lo. O espírito também tornou o menino surdo e mudo. Neste caso, o demônio é de um tipo que só sai pela oração e pelo jejum. Ambos os casos de demonização pesada, Jesus ordenou aos demônios para sairem e eles obedeceram. Em outro caso de demonização, no Antigo Testamento, fica claro que os demônios podem entrar e sair pessoas repetidamente. Isto causa o efeito da pessoa agir temorariamente demonizada, e em outras vezes  normalmente.



''E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.Então os criados de Saul lhe disseram: Eis que agora o espírito mau da parte de Deus te atormenta;Diga, pois, nosso senhor a seus servos, que estão na tua presença, que busquem um homem que saiba tocar harpa, e será que, quando o espírito mau da parte de Deus vier sobre ti, então ele tocará com a sua mão, e te acharás melhor.Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-mo.Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele.E Saul enviou mensageiros a Jessé, dizendo: Envia-me Davi, teu filho, o que está com as ovelhas.Então tomou Jessé um jumento carregado de pão, e um odre de vinho, e um cabrito, e enviou-os a Saul pela mão de Davi, seu filho.Assim Davi veio a Saul, e esteve perante ele, e o amou muito, e foi seu pajem de armas.Então Saul mandou dizer a Jessé: Deixa estar a Davi perante mim, pois achou graça em meus olhos.E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele.''1 Samuel 16:14-23

No caso de Saul, Deus permitiu que um espírito maligno fosse incomodar Saul. Às vezes o demônio incomodava Saul, e outras vezes se retirava dele. Isso mostra que os demônios podem entrar e sair várias vezes, em algumas situações. Saul ainda era capaz de falar, e agir mesmo depois de ser demonizado. Embora demonizado, Saul era capaz de falar com os seus servos, enviar mensageiros a David, e não era mudo, surdo, ou superou completamente a ponto em que o demônio falou através dele, como em alguns casos de demonização do Novo Testamento. E assim isto mostra que uma pessoa pode ter um problema com demonização em vários  níveis, no qual o demônio não tem controla a pessoa por completo, ou o demônio só está presente e ativo por algum do tempo. Quando o demônio não é está na pessoa demonizado-a, então ela pode agir normalmente, ou mesmo ter controle parcial, enquanto o demônio está presente e ativo. Esse tipo de caso é o que é mais comumente é referido hoje como o conceito de "opressão demoníaca". Embora seja tão sério espiritualmente , este é um nível inicial de controle demoníaco do que no conceito de "possessão demoníaca".



Há muitos casos mencionados na Bíblia em que os detalhes não são fornecidos para podermos entender qual nível de demonização a pessoa estava passando.

''E a sua fama correu por toda a Síria, e traziam-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos, e ele os curava.''
Mateus 4:24

''E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e ele com a sua palavra expulsou deles os espíritos, e curou todos os que estavam enfermos;''Mateus 8:16


''E à tarde, quando o sol se ajustou, trouxeram-lhe todos os enfermos, e os que foram demonizados. E toda a cidade se ajuntou à porta. E curou muitos que estavam doentes de diversas enfermidades, e expulsou muitos demônios, e não pertmitia que os demônios falassem, porque o conheciam.''
 Marcos 1:32-34
É possível entender a partir destes versos que muitas pessoas estavam demonizadas, e era isso era comum. Também a partir Marcos 1, que em muitos casos, os demônios estavam no controle o suficiente para serem capazes de falarem através da pessoa demonizada. É também evidente que as pessoas daquela aldeia tinham uma idéia de que a vila estava demonizada, como eles trouxeram essas pessoas especiais a Jesus para a cura. Mesmo como no caso da Legião de demônios, parece que muitos dos demônios também identificaram publicamente Jesus como o Filho de Deus , razão pela qual Jesus não permitiu que os demônios falassem. Isto  provavelmente aconteceu porque era mais prejudicial do que útil essa informação sobre a divindade de Jesus, e até mesmo confuso para a mensagem do Evangelho, para uma pessoa  demonizada declarar conhecer que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Poderia ter jogado alguma dúvida na mente das pessoas a respeito de Jesus, e a respeito de que lado ele estava ligado, já que os demônios o conheciam. Além disso, os demônios também parecia ser capazes de identificarem os cristãos que eram servos de Deus, e aquelas pessoas que não eram. "

''E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu. E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas, e os levaram à praça, à presença dos magistrados.''
Atos 16:16-19 

Neste caso, o demônio não causou surdez, ou mudez, ou auto-mutilação na moça que foi demonizada, mas antes trabalhou em práticas mágicas e através dela fazer fortunas(Note que aqui nada afirma se esse demônio poderia prever o futuro, ou que a leitura da sorte dessa garota era diferente na indefinição e precisão dos cartomantes de hoje). Como em outros casos em que os demônios sabiam quem era Jesus,  o demônio sabia a verdade de que os cristãos estavam trabalhando para Deus para levarem as pessoas para a salvação. Mas neste caso, a moça é a única que é especificada falando e não o demônio! O demônio parece ter comunicado essa informação para a menina, e estava influenciando-a a anunciar a informação. Nada indica que a menina estivesse nos mesmos casos daqueles que foram fortemente demonizados. Ela não parece ter estado sob o controle total do demônio, mas foi influenciada pelo demônio, de modo que este parece mais um caso de "opressão demoníaca". Neste tipo de "opressão demoníaca", ela parecia ter uma relação simbiótica com o demônio pela escolha, a fim de receber informações do demônio. Este é um caso claro de que o Antigo Testamento refere-se acerca de práticas mágicas:


''O homem ou mulher que consultar os mortos ou for feiticeiro, certamente será morto. Serão apedrejados, e o seu sangue será sobre eles.''Levítico 20:27

 "Quando tu tiveres entrado na terra que Jeová teu Deus te está dando, não aprenderás a fazer segundo as abominações desses povos. Não se achará contigo quem faça passar seu filho ou sua filha pelo fogo, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro,nem encantador, nem o que consulte a espíritos ou a um espírito familiar, nem aquele que consulte aos mortos. Porque abominável é a Jeová todo aquele que faz estas coisas, e por causa destas abominações Jeová teu Deus os está desapossando diante de ti.'' Deuteronômio 18:9-12

De acordo com a Concordância de Strong, a palavra " espírito familiar "significa" fantasma, o espírito de um morto, necromancia, aquele que evoca um morto, um com um espírito familiar ". Se considerarmos que os demônios são realmente os espíritos dos gigantes mortos (Nephilim), então não faz muito sentido que são os demônios que estão sendo referenciados aqui como o "fantasma, o espírito de um morto". E é proibido o povo de Deus  "evocar o espírito de um morto", ou ter alguma coisa a ver com um demônio, muito menos ter familiaridade, ou algum tipo de ganho ou lucro familiar com um. O termo aqui para "consulta" é "aquele que tem um espírito familiar" e "necromante". O termo "necromante" também é usado, e todos estes são termos sinônimos, e que todos eles se referem a ter algum tipo de relacionamento  ou pacto com um demônio. Isto foi o que a menina que adivinhava em Atos estava fazendo, ela tinha um relacionamento com um espírito demoníaco familiar, e que o demônio deu-lhe informações que a fazia parecer ter conhecimento mágico. É importante notar como os cristãos lidavam com a situação. No Antigo Testamento, Deus disse que qualquer israelita que tivesse um espírito familiar, uma relação com um demônio, e magia, deveriam ser  apedrejados. Mas no Novo Testamento, Paulo simplesmente expulsa o demônio da menina, que o irritou por estar seguindo-o. Isso teria libertado-a,  a considerar o que isso significava que ela disse de forma consciente "Estes homens são servos do Deus Altíssimo, que estão falando o caminho para salvação", sem qualquer influência demoníaca em sua mente. E ela também teve que considerar que Paulo, que acreditava que o Evangelho que ele pregava, tinha poder com ele, o poder que era mais forte que o poder demoníaco que a menina estava familiarizada , e foi o suficiente para forçar o demônio a deixá-la. Esta escrava parecia ter chegado a este relacionamento com um demônio, a fim de ganhar o poder sobrenatural e a informação que ele revelou a ela, para que ela pudesse fazer fortunas para seus donos. Mas ela ficou cara a cara com um grande poder sobrenatural, o poder de Deus encontrado naqueles que aceitaram o Evangelho, que  é mais poderoso que o demônio que ela havia conhecido. Esperemos que isto tenha a ajudado a repensar o que ela estava fazendo, ela Evangelho tinha ouvido a pregação de Paulo, mas viu em Deus a maior potência cósmica, embora a Bíblia não seja especifica sobre isto. Mas expulsar o demônio de sua vida definitivamente lhe devolveu a capacidade de repensar sobre as coisas,  sem um demônio influenciar suas decisões. Enquanto ela estava dizendo: "Estes homens são servos do Deus Altíssimo, que estão lhes dizendo qual a maneira de serem salvo", ela mesma não pareceu realmente acreditar, mas disse isso sob a influência do demônio. O demônio sabia que era verdade, e influenciou-a a dizer isto, mas ela estava em uma posição muito melhor para escolher a acreditar por si mesma,  uma vez que o demônio já não estava presente a influenciá-la. Há outro caso em que um homem demonizado, que parecia estar no nível  "possessão", tinha um demônio que sabia quem era Jesus Cristo, e quem Paulo era. O demônio parecia saber quem era cristão, e que realmente tinha autoridade para expulsá-lo do homem, e quem não era cristão e não tinha a autoridade que Jesus Cristo dá a todos os que crêem nEle. 

''Também alguns judeus exorcistas, ambulantes, tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que estavam possessos de espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega.Os que faziam isto, eram sete filhos de um judeu chamado Ceva, um dos principais sacerdotes.Mas o espírito maligno respondeu-lhes: Conheço a Jesus, e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois?O homem, no qual estava o espírito maligno, saltando sobre eles, apoderou-se de dois e prevaleceu contra eles, de tal modo que, nus e feridos, fugiram daquela casa.''Atos 19:13-16


Neste caso, o demônio estava ciente de quem era um cristão com autoridade para expulsá-lo, e quem não era. Neste caso, o demônio parecia gerar no homem demonizado uma força tão grande que ele superou 7 homens e eles fugiram da casa nus e feridos. Tal como no caso da Legião, em que o homem demonizado quebrou as algemas com que estava preso, neste caso também o homem demonizado teve grande força. Mas neste caso, o homem demonizado parecia ter apenas um demônio, e não milhares. Isso indica que o que os demônios podem afetar uma pessoa demonizada independente de seus números, mas sim,  que o que os demônios, inerentemente lhes permite as pessoas terem determinadas habilidades e formas que podem afetar uma pessoa.

Outra coisa que demônios parecem causar são os sintomas de paranóia. Jesus disse: 

"Não vos deu Moisés a lei, e [ainda] nenhum de vós observa a lei? ? Por que procurais matar-me "" O povo respondeu e disse: Tens demônio: quem quer  matar-te " João 7:20-21


Neste caso, Jesus disse abertamente que as pessoas estavam tentando matá-lo, e as pessoas ao seu redor responderam dizendo que ele "tinha um demônio". Se um homem andasse falando nos dias de hoje  que as pessoas estavam tentando matá-lo, uma resposta normal seria que as pessoas dissessem que ele era "paranóico" ou "louco". O que pouca gente pensaria em falar-lhe é "você tem um demônio". No entanto, nos dias de Jesus, parece que a paranóia era sinônimo de ter um demônio. Além de parecer paranóico para algumas pessoas, Jesus também parecia obviamente normal de outras maneiras. Isso mostra que as pessoas em sua volta entendiam que uma pessoa que foi demonizada não têm necessariamente de estar sob o controle total de um demônio, mas só poderia estar parcialmente sob a influência de um. É assim que, apesar de Jesus ser educado, um comentário  aparente único levou a dizer que ele tinha um demônio. As pessoas naquela época estavam cientes de que a demonização não era sempre um caso de um demônio com  controle total sobre uma pessoa. Assim, a Bíblia ensina que há vários níveis possíveis de demonização , e também que a paranóia pode ser causada por demônios. Ao longo das mesmas linhas é dito que os demônios causam a loucura , e Jesus também foi acusado de ser louco e ter um demônio. "Muitos deles diziam:
 "Ele tem um demônio e é insano... " (João 10:20) 

Como algumas pessoas pensavam que Jesus era louco, eles pensaram que ele tinha um demônio. Isto é como aquele homem demonizado pela "Legião", cujo comportamento enquanto demonizado , era insano. Mas, novamente, há um grau variável de níveis aqui. Jesus era, obviamente, agia como uma pessoa normal sadia, mas por causa de algumas coisas que ele disse ou é que ele foi considerado para  insano e, portanto,tendo um demônio. Mas no caso da Legião, que o homem tinha, obviamente, ele era totale completamente insano a um grau máximo. Assim, a Bíblia ensina que um demônio pode causar uma loucura em pequeno nível ou muita loucura em grau máximo,  podendo variar de acordo com o nível de demonização.


Em ambos os casos, a maneira de resolver o problema é expulsando o demônio, como aconteceu com homem com a "Legião" de demônios que mudou muito depois de Jesus expulsou a tropa de demônios para fora dele. "Então eles saíram para ver o que foi feito, e veio a Jesus, e encontrou o homem, de quem os demônios saíram, e sentado aos pés de Jesus, vestido e em perfeito juízo , e temeram. Então, aqueles que tinham visto o que aconteceu disseram aos outros como o homem demonizado havia sido curado. " Depois que os demônios haviam saído do homem, ele foi curado e novamente voltou em seu "juízo perfeito". E a mesma solução é encontrada nos casos de efeitos físicos causados por um demônio;
''Estava Jesus expelindo um demônio, e era este mudo. Tendo saído o demônio, falou o mudo, e maravilhou-se a multidão.''Lucas 11:14-15

A Bíblia descreve muitas variações de Demonização:
1. Uma pessoa pode estar sob controle total de um demônio ("posse"), ou apenas influenciada por um demônio ("opressão")
2. Um demônio pode entrar ou sair de uma pessoa demonizado-a à vontade (como Saul).
3. Aqueles influenciados por um demônio ("oprimidos") podem achar que isto é mais involuntário e atormenta (como Saul, ou o caso da Legião) ou isto pode ser uma relação mais simbiótica voluntária (como a escrava em Atos, ou em outro casos de espíritos familiares, necromancia, magia, qualquer relação com esses espíritos de "mortos".)
4. Um demônio pode levar uma pessoa demonizada a experimentar fisicamente: mudez, surdez, convulsões, doenças diversas, ou a possuirem grande força.
5. Um demônio pode levar uma pessoa mentalmente demonizada a experimentar: a loucura, estar fora de seu juízo perfeito, paranóia, comportamento auto-prejudicial, comportamento suicida, comportamento auto-degradante e auto-isolamento.
6. Um demônio pode de alguma forma dizer se o Espírito Santo está presente, sabendo quem são aqueles que são cristãos, com a autoridade para expulsá-los, e saber quem é Jesus Cristo. Um demônio pode compartilhar esta informação com a pessoa demonizada.
7. Um demônio também pode compartilhar outras informações com uma pessoa demonizado, alguém que está escolhendo ter uma relação mágica ou pacto com o demônio, para trazer-lhe fortunas e similares.


Como funciona a Demonização?

Um ser humano é composto de várias partes: um corpo, um espírito que dá vida ao seu corpo e sua alma que é  a vontade e a mente. Jesus falou de algumas destas partes em Marcos 12:30.

''E amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração , e com toda tua alma e com toda tua mente , e com toda a tua força : este [é] o primeiro mandamento.''

Estas são as partes através das quais uma pessoa que poder ativamente amar a Deus, com o qual uma pessoa tem uma escolha de amar a Deus com, ou não. A alma é geralmente pensado  ser composta de "mente, vontade e emoções", que correspondem neste versículo a "mente, coração e força", respectivamente. Quando as pessoas pensam que na  "possessão demoníaca" e muitas vezes assumem que é no corpo da pessoa que o demônio entra, e é expulso. No entanto, isso realmente não faz muito sentido. Um demônio é um espírito imortal sem corpo físico. Se um demônio pode entrar diretamente em um corpo, então por que não entram em corpos mortos  trazendo-os de volta à vida, e possuí-los? Mesmo com todo o mal que eles fazem, parece que o motivo que os demônios não possuem corpos mortos é porque eles não o podem. E aqui uma teoria polêmica pois ,  nisto, fica óbvio que não é o corpo de uma pessoa que está sendo possuído pelo demônio em primeiro lugar, pois o demônio não pode entrar a menos que a pessoa esteja viva. Como nós analisamos no capítulo anterior, Deus fez o corpo de Adão , em seguida, soprou o espírito (fôlego de vida) em Adão, e  uma vez que Adão teve um corpo e um espírito , ele se tornou uma "alma vivente". (Gn 2:7) . A pessoa já tem um espírito, e um demônio é um espírito. No reino espiritual parece que um espírito demoníaco não poderia mais entrar no espírito de um ser humano assim como um objeto sólido não poderia entrar em outro objeto sólido. Como duas bolas em uma mesa de sinuca, ao que me parece que 2 espíritos colidem e saltam fora uns dos outros, cada um com sua solidez definida e separação no corpo espiritual. E assim se os espíritos permanecem separadamente definidos no reino espiritual, então um demônio não pode entrar no espírito da pessoa. E um espírito demoníaco não entra no corpo diretamente, assim como os demônios não podem entrar em cadáveres. Portanto, uma possibilidade nos resta, é que o demônio deve realmente entrar e sair é da "alma vivente" de uma pessoa. Muito mais do que apenas um corpo, Deus considera as pessoas em primeiro lugar sendo almas viventes, como "o homem foi feito alma vivente". E assim é a alma viva de uma pessoa que o demônio entra ou sai porque que é a mente da pessoa, a vontade (ou força) e emoções (ou coração). Assim sendo, se ele conseguir tomar sua alma, sua mente, sua vontade e suas emoções, o resto é consequência. 
''Não temais os que matam o corpo, mas não  podem matar a alma:. temei antes Aquele que é capaz de destruir a alma e o corpo no inferno.'' Mat 10:28


Segundo a Bíblia, uma pessoa não é primariamente um corpo que por acaso tem uma alma viva, mas sim uma pessoa é essencialmente uma alma vivente, que acontece de ter um corpo. Entendendo que Deus considera um homem principalmente como sendo uma alma vivente, isso faz sentido, e não há contradição quando a Bíblia fala de demônios, estando ou saindo de um homem. Isto porque biblicamente um homem (macho ou fêmea) é essencialmente uma "alma vivente", e esta "alma vivente" é a pessoa que o demônio está entrando ou saindo de. Um demônio entra na mente, coração, ou a vontade do uma pessoa (uma alma vivente) e através da mente, pensamentos, coração, emoções e vontade de uma pessoa, o demônio é capaz de externar os sintomas da demonização. Quando se trata de comunicação com um espírito familiar, o demônio interage diretamente com a mente da pessoa e seus pensamentos, a partir do interior da mente. Quando se trata de insanidade, o demônio faz com que a insanidade aconteça na mente da pessoa. Isto é mais fácil de entender do que quando o demônio faz ao causar doenças físicas. Quando se trata de mais sintomas corporais, de alguma forma o demônio usa a vontade de uma pessoa, a partir do interior da vontade, ele afeta o corpo. De alguma forma, assumindo a vontade de uma pessoa, um demônio pode causar doenças sobrenaturais como surdez, mudez, convulsões ou gerar grande força. Mudismo, surdez e convulsões não parecem ser tão sobrenaturais como grande força fíca. É mais fácil entender como um demônio poderia ser capaz de fazer com que alguém não fale, ou tenha uma convulsão simplesmente manipulando da força de vontade da pessoa.  É mais difícil entender como um demônio pode gerar grande força através da manipulação da força de vontade de uma pessoa. No entanto, o corpo humano é capaz de atos de grande força, se uma pessoa tiver uma descarga de adrenalina. Um demônio causando grande força pode provir do demônio manipular força de vontade de uma pessoa, pensamentos e emoções, para afetar o corpo da pessoa para que ela tenha uma grande descarga de adrenalina , permitindo uma grande força por um tempo, isso é possivel, ou que os demônios tenham um oder sobranatural para manifestá-lo de certa forma.


Aqui está um trecho de "Como a Adrenaline pode ajudá-lo levantar um carro de 3500 libras?" Por Josh Clark , no site  HowStuffWorks.com
Em 1982, em Lawrenceville, Geórgia, Angela Cavallo levantaram um Chevrolet Impala 1964 de seu filho, Tony, depois que ele ficou preso enquanto trabalhava embaixo do carro. Sr. Cavallo levantou o carro alto o suficiente e tempo suficiente para que dois vizinhos  puxassem Tony debaixo do carro.

O que explica feitos de força sobre-humana como este? Eles são vislumbres de vida dos super-heróis e seus 'alter egos? Ou somos todos nós imbuídos de uma força incrível?
Embora bem documentado quando eles ocorrem, feitos de força histérica - força sobrenatural e surpreendente aproveitados durante as situações de alto estresse - não são reconhecidos pela ciência médica. Isto é,  principalmente devido ao problema da coleta de provas: Casos como estes acontecem sem aviso, e reproduzir essas situações em um ambiente clínico seria antiético e perigoso. Mas estamos conscientes dos efeitos da adrenalina, um hormônio que aumenta a força em graus surpreendentes por curtos períodos de tempo. "

Através da manipulação da mente, emoções e vontade de uma pessoa para que eles tenham uma grande quantidade de adrenalina , um demônio poderia ser capaz de fazer com que a pessoa demonizada pudesse quebrar cadeias, ou ser capaz de lutar contra 7 homens e prevalecer. Também pode ser difícil entender como um demônio pode causar surdez, usando a mente, vontade, ou as emoções de uma pessoa. Mas algo que se encaixa nessa descrição ainda existe, e pode ser o que é conhecido hoje como :
"surdez psicogênica". "A perda auditiva ou deficiência causada por um distúrbio mental ou emocional ou trauma e não ter nenhuma evidência de uma causa orgânica." 
- American Heritage , Dicionário Médico 
No total, é concebível que os demônios trabalhem com a mente, vontade e emoções de uma pessoa demonizada sendo capaz de produzir doenças corporais, bem como as doenças mentais ou psicológicos, como a loucura, paranóia e comportamento insano associado.


Depois, há uma pessoa que tenha sido demonizada com o tipo de relação que pode se encaixar na descrição de ter um espírito familiar, magia, adivinhação, necromancia e outras práticas mágicas. Como é que um demônio pode fazer com que uma pessoa demonizada  pareça ter poderes mágicos, ou psíquicos.


"Quando um espírito mau sai de um homem, anda por lugares áridos, buscando repouso e não encontrando. Em seguida, ele diz: 'Voltarei para a casa de onde sai. " Quando ele chega, encontra a casa varrida e em ordem. Então ele vai e toma outros sete espíritos piores do que ele, e eles vão e vivem lá. E a condição final do homem é pior que o primeiro. " Lucas 11:24-26


Também Jesus diz :
"Quando um espírito mau sai de um homem, anda por lugares áridos, buscando repouso e não encontrándo. Em seguida, ele diz: 'Voltarei para a casa de onde saí. " Quando ele chega, encontra a casa desocupada, varrida e em ordem. Então vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que si mesmo, e eles vão e vivem lá. E a condição final do homem é pior que o primeiro. Isso é como vai ser com esta geração perversa. " Mat. 12:43-45 

Uma coisa que podemos aprender com estes versículos é que os demônios podem se comunicar uns com os outros, enquanto fora de uma pessoa. Isto é visto na parte em que um demônio pode se comunicar com 7 outros  demônios pelo tempo em que ficou fora de qualquer pessoa, e convencê-los a irem com ele para a pessoa que deixou. Temos também sabido que um demônio pode optar por sair e voltar para uma pessoa demonizada quando bem quiser. Se uma pessoa pareça estar revelando um conhecimento psíquico de outra pessoa, na adivinhação, isso pode ser parte de como funciona esta mecânica espiritual. O demônio pode deixar a pessoa demonizada e conversar com outros demônios, ou até mesmo ir para a pessoa que solicita uma leitura psíquica(invocação), a fim de recolher informações, ele quer ter legalidade na demonização. Então o demônio volta para o psíquico demonizado, e transmite a informação. Presto, é "mágica"! Mas, na verdade, são apenas demônios, e esse tipo de mágica é simplesmente demônios que fazem coisas que demônios podem fazer.


Ao longo destas linhas, seguindo nossa teoria sobre demônios nefilins é importante notar que os demônios são espíritos imortais, que estiveram no mundo desde o dilúvio.  Por isso, é fácil para um demônio potencialmente falar com outros demônios e que poderiam ter conhecido ou demonizado  uma pessoa. É também possível que o mesmo demônio que  demoniza uma pessoa pode ter também demonizar seu avô, etc . Desta forma os demônios podem saber e colher informações confidenciais ou pessoais sobre as pessoa que já morreram e falar estes detalhes aos seus entes queridos que assim acreditam na ''adivinhação''. E um demônio pode transmitir essa informação a uma pessoa demonizada que "fala com os mortos", que por sua vez pode surpreender o público por veicular a informação que somente um parente morto saberia. Mas, na verdade, não só em relação a mortos, mas também um demônio que sabia que o parente morto, poderia saber esta informação. Na verdade, um psíquico demonizado desse tipo não está falando com o fantasma de um parente morto para obter informações, mas está falando com um demônio que reuniu informações sobre o parente morto e das particularidades da pessoa quando em vida.

Além de representar parentes mortos, os demônios também afirmarão ser pessoas famosas da história,deuses, tio, avô, vizinhos que já morreram,  alienígenas, Iemanjá, preto velho, saci perêre, etc. Esta pode ser  a forma como a adoração de ídolos surgiu: demônios alegaram serem deuses, e influenciaram as pessoas a descreverem-nos como eles eram em forma de ídolos.

"O que estou dizendo, então? Que o ídolo é alguma coisa, ou o que é oferecida aos ídolos é alguma coisa? Em vez disso, que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios e não a Deus, e eu não quero que você tenha comunhão com os demônios. Você não pode beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios, você não pode participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios ". 1 Coríntios 10:19-21

Em qualquer caso, a Bíblia especifica que as pessoas realmente adoravam demônios quando eles pensavam prestavam culto ou adoravam ídolos. Mas pode ser que os demônios que se comunicaram com pessoas demonizadas com espíritos familiares, alegaram serem deuses, e influenciaram as pessoas a começar a fazer ídolos e adorá-los. Faria algum sentido que os demônios, na falta de um corpo, poderia ter visto isso como uma maneira de ter uma representação do corpo, pelo corpo artificial de um ídolo. Podem demônios operarem todas as coisas que os anjos caídos pode fazer?


Anjos caídos têm algo ao longo das linhas de um corpo espiritual, mas os demônios são espíritos sem corpo. Demônios costumavam ter corpos mortais, corpos físicos, e os corpos mortais morreram no Dilúvio.
Esta parece ser uma diferença fundamental entre o que os anjos caídos podem fazer e o que os demônios podem fazer. Com corpos espirituais e presença física potencial de anjos caídos parece permitir-lhes fazer muitas coisas que são descritas na Bíblia, como causar falsos sonhos e visões, e mesmo aparecendo fisicamente aos homens. Mas a Bíblia nunca descreve demônios sendo capazes de fazer essas coisas, mas apenas descreve os demônios  trabalhando através de pessoas ou animais. A Bíblia não descreve os demônios causando sonhos ou visões. Embora pareça que os sonhos são uma questão da mente, que os demônios podem ser capazes de causar sonhos. Mas os demônios não podem se manifestar fisicamente, e só funcionam através de uma alma vivente(Um demônio não pode mover uma cadeira, dobrar uma colher, fazer com que haja um avistamento em massa de um OVNI, ou que várias pessoas vejam um fantasma, sentir alguém colocar pressão em seu peito, deixar marcas no chão, etc). Um demônio só pode ter uma presença física entrando em uma alma viva e então ganhar controle sobre um animal ou pessoa. Em seguida, um demônio poderia mover uma cadeira, dobrar uma colher, etc, fazendo com que uma pessoa demonizado ou corpo do animal opere manualmente e  fisicamente essas coisas. Um demônio pode afetar o corpo de uma pessoa apenas de dentro para fora, trabalhando através de sua mente, vontade e emoções (alma vivente). Portanto, a resposta é não, um demônio não pode fazer todas as coisas que um anjo caído pode fazer. Eles não podem se manifestar fisicamente em forma corpórea, e eles não podem causar Visões, embora eles possam ser capazes de causar sonhos em uma pessoa demonizada através do dominio de sua alma.

Como uma pessoa se torna demonizada?

É difícil dizer com certeza, como alguns casos são mais voluntários do que outros. Mas nos casos em que a demonização pareça ser mais involuntária, a Bíblia parece descrever o que acontece:

'Mas se pelo dedo de Deus eu expulso os demônios, logo é chegado a vós o reino de Deus.Quando o homem valente, bem armado, guardar a sua casa, os seus bens estão seguros;Mas quando sobrevier outro mais valente do que ele e o vencer, tira-lhe toda a armadura em que confiava, e reparte os seus despojos.Quem não é por mim, é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.Quando o espírito imundo tiver saído do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso; e não o achando, diz: Voltarei para minha casa donde saí;e ao chegar, acha-a varrida e adornada.Depois vai, e leva consigo mais sete espíritos piores do que ele, e ali entram e habitam; o último estado daquele homem fica sendo pior do que o primeiro.''Lucas 11:20-26

Uma coisa interessante que notamos nesta passagem é que o demônio considera a casa como sendo sua, ao afirmar "minha casa". Existem algumas maneiras diferentes de interpretar esta passagem, mas vamos definir o homem forte como uma pessoa que está protegido contra a demonização. E digamos que o demônio é o atacante, e uma vez um demônio tem prevalecido, ele considera a casa com sua. A pessoa tem armadura que eles dependem para mantê-los seguros, e tem que manter-se em guarda. Mas se um demônio é mais forte que sua armadura, o demônio pode entrar e dominar a pessoa, e eles se tornam demonizados. Então o demônio vai tentar tirar a armadura do homem demonizado, e dividir as posses do homem demonizado, são os espólios de guerra. Além disso, o demônio pode dividir a tarefa de demonizar o homem, indo e trazendo mais 7 demônios para se juntarem a ele no que no homem em que habita.

Então como é que o demônio domina o homem que esta guardado com uma armadura, e entra em sua casa? A Bíblia nos dá alguma indicação de como a demonização começa.
 "Irai-vos e não pequeis: não deixe o sol sobre a vossa ira: . Nem deis lugar ao diabo " Ef 4:26-27


A palavra aqui para "dar" significa "dar ou conceder"(dar legalidade, direitos ao capeta) como um presente voluntário. A palavra "lugar" aqui significa um quarto (como em uma casa) ou um espaço habitado. A palavra aqui para "nem" tem a implicação distinta de "aqueles que são do mesmo tipo ou que fazem parte de um todo".
O que isto significa é que se você está irritado e pecando por causa disso, ou deixar um novo dia começar enquanto voçê ainda está com raiva, então, neste caso você também está escolhendo dar espaço, uma sala, ao diabo ou seus demônios. As pessoas podem não perceber quando fazem isso, mas essas ações são partes de um todo. E nisto as pessoas dão um espaço para o diabo, em um quarto poderia estar na casa de uma pessoa, e que poderia ser um demônio que trabalha para Satanás, que vai para o quarto, e lá permanece. Esta é uma descrição de como a demonização pode começar. E isso descreve que ao estar zangado e pecar, ficando com raiva, ódio, amargura, uma pessoa realmente  é a escolha para abrir a porta de sua casa, deixando a sua guarda e armadura, e dando um quarto para o demônio entrar em sua vida. E uma o demônio lá dentro, ele domina a pessoa que deixou sua proteção, então o demônio vai tentar tirar toda a sua armadura , pegará seus pertences, e virá a considerar como uma casa como sua própria, dada de maneira voluntária, como Jesus descreveu. É apenas um exemplo utilizado aqui de como isso acontece, mas é a única coisa que pode permitir uma entrada de demônios? Cólera (ou ira) é mencionada como uma "obra da carne", e parece provável que qualquer obra da carne, em que o pecado acontece, ou é mantido por muito tempo na vida da pessoa, pode também dar lugar a um demônio.

''Ora as obras da carne são manifestas, as quais são: a fornicação, a impureza, a lascívia,a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,as invejas, as bebedices, as orgias, e outras coisas semelhantes, contra as quais vos previno, como já vos preveni, que os que tais coisas praticam, não herdarão o reino de Deus.''Gálatas 5:19-21

Mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra, a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, concupiscência,  ea avareza, que é idolatria: Col 3:05 e Ef 4  continua, Ef 4:28-32: 

''Aquele que furta, não furte mais; mas antes trabalhe, obrando com as suas próprias mãos o que é bom, para que tenha com que repartir com o que tem necessidade.Nem uma palavra torpe saia da vossa boca, senão a que seja boa para a edificação conforme a necessidade, para que ministre graça aos que a ouvem.Não entristeçais ao Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.Toda a amargura e cólera e ira e gritaria e calúnia sejam tiradas do meio de vós com toda a malícia.Tornai-vos, porém, bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus em Cristo vos perdoou.''Efésios 4:28-32


Então parece que há muitas coisas pecaminosas, as obras da carne, que são listados juntamente com a raiva, e estas também podem dar aos demônios um quarto, uma guarida na vida destas pessoas. Este pode ser um outro significado do versículo:
"Porque o que semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito ceifará a vida eterna." Gal 6:08
Se uma pessoa está pecando, seja por cometer um pecado de ira, adultério ou idolatria, ou guardar coisas pecaminosas dentro de si, como raiva, ódio, amargura, etc , isso é o que abre uma porta até os demônios para que ganhem entrada, um quarto para oprimir alguém. Isto parece ser bem mais verdade se a pessoa não é um cristão, ou é um cristão nominal.

É importante notar que em  Ef 4, a frase "nem deis lugar ao diabo" não foi direcionado para os incrédulos, mas dirigidos a cristãos! Mas se é assim que demônios ganha a entrada, o processo parece ser o mesmo para todos, sejam cristãos ou não. Quando Jesus falou de um homem forte que guarda a sua casa com uma armadura, isto também parece ser dirigido a todos, inclusive os cristãos. A armadura aqui pode se referir a escolha de não pecar, mas todo mundo faz, por vezes, até certo ponto.
No entanto, Jesus também disse: "Aquele que não é comigo é contra mim, e quem não ajunta comigo, dispersa" . A melhor proteção e blindagem contra os demônios que entram em sua casa, é estar com Jesus Cristo e aceitá-Lo como seu Senhor e Salvador. Em seguida, ter toda a armadura de Deus (Ef. 6), e estar guardando sua casa contra a invasão, e estar andando no Espírito e semear para o Espírito, não na carne.

''Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio; contra tais coisas não há lei.'' Gl 5:22-23

''Coloque toda a armadura de Deus, para que sejais capazes de permanecer firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não lutamos contra a carne e o sangue, mas contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste mundo, contra hostes espirituais da maldade nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer inabaláveis. Estai, pois, com seus lombos cingidos com a verdade, e com a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz; tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus: Orar sempre com toda oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda perseverança e súplica por todos os santos, e para mim, para que me seja  dada a palavra, que eu possa abrir a minha boca com ousadia, para tornar conhecido o mistério do evangelho.''
Ef 6:11-19

Um cristão possa ser oprimido por demônios, parece improvável no cristão que tem a armadura de Deus . E o cristão também tem autoridade para expulsar um demônio, se algum romper deles a sua guarda. Outra proteção contra a demonização de um cristão é orar diariamente, confessando os seus pecados e pedir perdão dos pecados e limpeza de toda injustiça. 

''Esta é a mensagem que temos ouvido dele, e vos anunciamos: que Deus é luz, e nele não há treva alguma. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade: Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos uma comunhão com os outros, evo sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar [nossos] pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dizer que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.'' 1 Jo 1:5-10


Além disso, o Espírito Santo está dentro do coração de um cristão nascido de novo (Gl 4:6), e há uma circuncisão do coração da pessoa no Espírito Santo (Rm 2:29). Deus escreve suas leis sobre o coração do cristão, e de sua mente.(Hebreus 10:16-17). Neste, o coração e mente, em certa medida,  um cristão nascido de novo é diferente daquele de uma pessoa não salva. E a paz de Deus, um fruto do Espírito Santo, guarda o coração e a mente de um cristão.

'' E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. '' Filipenses 4:7

Após tudo isso , parece-nos ainda mais difícil que um cristão  possa chegar a uma "possessão" até o nível da demonização, embora Ef 4, indique que a "opressão" seja possível.


Um cristão sob a opressão demoníaca tem toda a autoridade que eles precisam, no poder de Jesus Cristo, eo poder de Deus através do Espírito Santo de Jesus, para comandar um demônio sair e ficar de fora, e se recusam a deixar o demônio influenciá-los por mais tempo. Mas a pessoa cristã deve escolher esta por sua própria vontade. Deus não viola nosso livre arbítrio, eo cristão deve escolher de sua vontade livre para chutar o demônio de seu self, e se arrepender de qualquer trabalho pecaminosa da carne abriu a porta para deixar o demônio entrar em sua casa no primeiro lugar.

Pode-se argumentar que a maioria dos demônios em uma pessoa não fuja automaticamente de uma pessoa ou depois de se tornar um cristão, sem ser expulso, como parte do processo de arrependimento e cura. 
"Sujeitai-vos então a Deus. Mas resisti ao diabo e ele fugirá de vós. " 
Tiago 4:7 
Mas acho que os retardatários são possíveis. Pode haver maldições de gerações, o resultado dos pecados dos antepassados ​​que remontam às gerações imediatas 3 ª ou 4 ª (Ex 20:5). Estas maldições podem ser quebradas por Jesus Cristo, e os demônios a elas associados podem fugir ou serem expulsos. Também pode haver demônios que se especializam no assédio ou tentação de uma pessoa , em áreas de pecado em que essas pessoas tenha seus ''pontos fracos'',  que ela tenha fortes problemas em vencer sua tentação , como certos vícios. Neste caso, um demônio pode ter levado mais de um quarto na casa(Mais áreas na vida da pessoa), fortificando-a, e a batalha para recuperar o espaço pode ser mais difícil. Este conceito de uma área fortificada é descrita pela expressão bíblica de "fortaleza".  Mas há esperança:

''Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne: Porque as armas da nossa milícia [são] não carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas ; Destruindo os conselhos, e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.'' 2 Coríntios 10:3-5 

As armas da nossa guerra são poderosas para destruir fortalezas, e nossa arma mais importante é a Palavra de Deus, que é a espada do Espírito, as Escrituras, a Bíblia. Isto é muito adequado com o segundo o significado de uma "fortaleza" , que significa argumento e os raciocínios pelos quais um contendor se esforça para fortalecer a sua opinião e defendê-la contra o seu adversário. Muitas vezes, a maior batalha contra a opressão demoníaca está na mente, e a melhor arma para usar contra desculpas e raciocínio falsos que se detêm sobre o pecado, é a Palavra de Deus. E também temos a autoridade que Jesus Cristo deu aos crentes nEle para expulsar os demônios. Louvado seja Jesus!


Portanto, a limpeza da casa pode ser um processo gradual para o novo de Deus, mas também quando os cristãos se arrependem de mais pecados, e pedem perdão, e se aproximam de Deus, os demônios fojem, sem ter que serem expulsos. Isso significa que qualquer pensamento pecaminoso, sentimento ou ação que uma pessoa tem é causada por um demônio? Não, a natureza pecaminosa é da carne, e no coração da própria pessoa e na mente, são todas as fontes potenciais de pensamentos pecaminosos, sentimentos, desejos e ações. Estes são bastante suficientes para colocar uma pessoa em conflito interno, sem qualquer estar envolvido em qualquer demonização. ''Digo, porém: Andai em Espírito, e não haveis de cumprir a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, eo Espírito contra a carne; e estes opõem-se um para o outro:. Para que não façais o que quereis '' Gal 5:16-17

''Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado.Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa.De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhoar. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.''Romanos 7:14-25 
''Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne.Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.''Romanos 8:1-14  Demonização é mais provável de estar presente onde parece haver sintomas de demonização, por exemplo: a pessoa não estar com sua "mente sã", os sintomas de loucura (em um grau maior ou menor), o pecado habitual ou repetitivo, como vícios pecaminosos, ou auto-percepção de uma perda de auto-controle, ou tentações que também podem vir da natureza pecaminosa da carne , mesmo nos cristãos, sem ser causado por demônios . 

''E vós sabeis que primeiro vos anunciei o evangelho estando em fraqueza da carne;E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era uma tentação na minha carne, antes me recebestes como um anjo de Deus, como Jesus Cristo mesmo.''Gálatas 4:13-14

''De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis.Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes?Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações.Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza.Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.''Tiago 4:1-10



''Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;E vos renoveis no espírito da vossa mente;E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.''Efésios 4:21-24

Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.1 Coríntios 9:24-27


''Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.''1 Coríntios 10:13

Jesus Cristo dá aos cristãos a capacidade de aprender a andar em e segundo o Espírito, em um processo de santificação, e através de Seu poder para vencer a nossa carne, a natureza pecaminosa, e tentações, nos tendo sido dada uma nova natureza nele. Em última instância, nós, cristãos, e os nossos corpos pertencem a Deus.Um demônio não pode "possuir" ou nos "possuir" , como verdadeiramente somos propriedade ou possuído por Deus, comprado pelo sangue de Jesus Cristo. A Bíblia diz em 1 Coríntios 6:19-20 " O quê? Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo [que é] em vós, que tendes da parte de Deus, e vós não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus ".cristãos são propriedade de Deus, e os demônios serão despejados pelo proprietário verdadeiro, Jesus Cristo.


As pessoas que ficarão verdadeiramente preocupadas quando se trata de demonização serão aqueles que não são cristãos, que não tem a armadura de Deus, nem o Espírito Santo, e não tem a autoridade para expulsar demônios em nome de Jesus Cristo. As pessoas hoje podem não ser melhores do que as pessoas demonizadas no Novo Testamento, que Jesus ajudou e curou expurgando demônios deles. Se o pecado leva à opressão, uma vez que eles chegaram a um nível de "oprimidos" pela demonização, estão em maior  risco para alcançar o nível de  "possuído" na demonização. Jesus e Seus discípulos expulsaram demônios muitas vezes no Novo Testamento. Jesus e Seus discípulos foram os ministros da libertação e exorcistas naquele tempo, ajudaram as pessoas que foram demonizados pela expulsão dos demônios em suas vidas. Jesus disse que aqueles que creram nele também expulsariam os demônios. "Ele disse-lhes:
" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes com as mãos, e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; eles imporão as mãos sobre os enfermos e eles ficarão curados. " Marcos 16:16-18 
Não há dúvida de que expulsar demônios é tão válido em um ministério cristão de hoje como sempre foi antigamente. É um ministério necessário, necessário às pessoas feridas que são demonizadas hoje. Jesus quer que a igreja hoje, o corpo de Cristo, seja atuante na prática do ministério de libertação, como Ele o fez, e ajudar essas pessoas.

5 comentários:

  1. Não entendi bem , qual a diferencça entre anjo caido e demonio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor amigo anônimo, leia toda a série desde de o prefácio introdução, etc.
      Atenciosamente,

      Apocalink

      Excluir
  2. boa tarde. amigo Fernando Ramos. Só pra lhe alertar que onde você fala lá no topo do versículo de:

    ''E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, e sai dele. E quando o espírito imundo, agitou-o e gritou em alta voz, saiu dele.'' Matt 1:25-26

    Está errado! esse versículo se encontra em Lc. 4.35 que diz: E Jesus o repreendeu, dizendo:

    Cala-te, e sai dele. E o demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu dele sem lhe fazer mal. Lc. 4.35

    Boa tarde. e que DEUS te de cada vez mais entendimento e conhecimento da palavra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, obrigado pela ajuda.
      Atenciosamente,
      Apocalink

      Excluir
  3. Sinto muito, mais você tem que tomar cuidado com a versão da palavra. pois na verdade é assim:

    E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele. Marcos 9:25

    A localização está correta, só as palavras estão estranhas. paz.

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.