quinta-feira, 12 de julho de 2012

“Honra teu pai e tua mãe, a fim de que venhas a ter vida longa na terra que Yahweh, o teu Deus, te dá”. (Êxodo 20:12 KJA)


Em 1987, o Dr. Arthur Vincent, pastor luterano e professor de teologia, visitou o Brasil para um encontro de pastores. Mesmo com sua idade avançada, ele viajava o mundo inteiro, desde a Nigéria até as Filipinas, para encorajar e edificar o povo de Deus na importante missão de levar o Evangelho a um mundo perdido. Ele chegou até a participar do Congresso Lausanne para a Evangelização Mundial. Sua paixão é o evangelismo.

Sua visita ao Brasil não foi diferente: Ele queria encorajar os pastores. E eu, que não era pastor, estava lá entre os pastores porque, conforme me disse o Dr. Arthur, Deus me queria lá.
O Dr. Arthur tinha longa experiência de vida, tendo sido, durante a 2ª Guerra Mundial, capelão da Força Aérea dos EUA. Mais dessa experiência foi revelada quando, num grupo muito pequeno de pastores que estava orando, o Espírito Santo falou profeticamente mediante outro pastor americano, dizendo ao Dr. Arthur, bem na minha frente, que “porque você honrou seu pai, aumentarei os seus anos de vida nesta terra”.
Era uma promessa interessante, em vista da avançada idade do capelão americano: 69 anos. Derramando lágrimas de gratidão a Deus, ele contou como em 1930, na maior crise financeira dos EUA, ele trabalhava para sustentar a família, enquanto seu pai se entregava à bebida. Ele tinha apenas 12 anos, e já levava, como se diz, a família nas costas.
Contudo, ele não xingava o pai. Ele não menosprezava o pai. Ele sempre o respeitava.
E há promessa na Palavra de Deus para quem honra os pais: “Honra teu pai e tua mãe, a fim de que venhas a ter vida longa na terra que Yahweh, o teu Deus, te dá”. (Êxodo 20:12 KJA)
Com o tempo, perdi todo contato com o Dr. Arthur. Foram quase 20 anos sem correspondência. Mas na semana passada, senti um desejo de me comunicar com ele. Pesquisei o Google, pelo nome Arthur Vincent, e apareceram alguns nomes em obituário. Pensei: “Nessa altura, ele já partiu…”
Entretanto, persistindo na pesquisa, encontrei um Arthur que não estava em obituários. Telefonei e ouvi uma voz clara, e eu disse que queria falar com o Dr. Arthur Vincent. Ele me respondeu, com uma voz que não parecia um homem idoso, que era ele mesmo. Eu pensei: Deve ser o filho dele!
Mas fazendo algumas perguntas, especialmente sobre a visita dele ao Brasil 25 anos atrás, ele começou a recordar. E eu lhe disse: “Naquela data, Deus falou que você teria mais anos de vida, e hoje, aqui falando com você, vejo como Deus é fiel e está cumprindo a promessa dEle na sua vida”. Nesse ponto, ele se alegrou.
O Dr. Arthur Vincent está hoje com 94 anos, e servindo a Deus!
A visita dele ao Brasil foi uma bênção de Deus para ele. Eu sou testemunha viva do que Deus falou e cumpriu na vida dele. E essa visita foi uma bênção para mim também. Na época, ele havia trazido uma grande Bíblia de estudo de capa de couro. Era uma Bíblia muito especial, e a intenção do Dr. Arthur era dar a um pastor na conferência de pastores. Mas eis que ele chega até mim, diante dos pastores, e diz: “Deus me disse que entregasse esta Bíblia a você”.
Tenho até hoje minha Bíblia autografada por um idoso capelão da Força Aérea dos EUA, um homem que desde criança honrava Aquele que honra — e ele foi honrado.
Com o estímulo desse grande testemunho, proclamo: “Deus honra aqueles que O honram!”

3 comentários:

  1. Olá amigo, tenho interesse em trocar banner com o seu blog, caso positivo estarei a disposição...
    http://jeovanaoeopai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acredito muito neste verso e creio que a longevidade não tem nada haver com o elixir da juventudo ou descobertas científicas, ma sim , com a obdiencia a pae e mãe. Por isso vemos tantos jovens morrendo cedo...
    Atenciosamente,
    Apocalink

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amigo Fernando,e também creio que a longevidade que O Senhor promete é com qualidade de vida.

      Excluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.