terça-feira, 17 de abril de 2012

Na cidade sagrada do Islã, a família de Bin Laden está construindo o segundo maior prédio do planeta

Abraj Al Bait Towers, em Meca, Arábia Saudita
Em frente à Kaaba, local mais sagrado do Islamismo

Cada religião tem suas cidades e relíquias sagradas: Seja Varanasi para os Hindus, a Figueira Sagrada de Bodhgaya, sob a qual Buda encontrou a iluminação para os Budistas, ou Jerusalém para várias religiões, todas elas atraem milhões de peregrinos em busca de conforto espiritual ou gratidão.

Varanasi, cidade sagrada do Hinduísmo.
Cada religião tem seus locais de peregrinação

Porém , de todas as cidades sagradas, Meca, na Arábia Saudita talvez seja a única que ainda guarde uma aura de mistério para o ocidente. Meca é a cidade sagrada do islamismo, e um de seus principais preceitos é de que todo muçulmano deve visitá-la pelo menos uma vez em sua vida, desde que para isto não contraia dívidas, deixe sua família desprotegida ou prejudique alguma outra pessoa durante o processo.

Meca recebe dois milhões de peregrinos anualmente

Se esta peregrinação for realizada em uma época específica do ano, entre o oitavo e o décimo mês do calendário islâmico, é chamada de Hajj, no preceito que é considerado o 5o Pilar do Islamismo. 




Cerca de 2 milhões de pessoas realizam a Hajj anualmente. Vindos de todos os lugares, estes peregrinos de todas as classes sociais precisam seguir um roteiro pré-estabelecido, visitando obrigatoriamente o ponto considerado o mais sagrado de toda a religião muçulmana, a Kaaba.

Kaaba, a construção sagrada do Islã, onde está a "Pedra Negra"

É em direção à Kaaba, uma construção em forma de cubo com cerca de 15 metros de diâmetro, que todo muçulmano deve voltar-se durante suas orações diárias. Localizado no centro de um grande pátio, está permanentemente coberta por um manto negro com detalhes dourados.






 Encravada em sua estrutura, dentro de uma moldura de prata, está a Al-Hajar-el-Aswad, ou "Pedra Negra", uma das relíquias mais importantes da religião muçulmana. Provavelmente o resto de um meteorito, de acordo com a tradição árabe teria sido entregue à Abraão diretamente pelo Anjo Gabriel. Originalmente branca, teria ficado negra ao absorver os pecados humanos. A "Pedra Negra" já era cultuada pelos árabes antes da criação do Islã. 

Al-Hajar-el-Aswad, a "Pedra Negra"

Parece óbvio que um local como Meca, que recebe milhões de peregrinos anualmente, atraia também a atenção e investimentos de grandes grupos hoteleiros. Mas existe um detalhe que muda totalmente as regras do jogo em Meca: a cidade sagrada permite apenas a entrada de muçulmanos, portanto apenas as grandes corporações islâmicas disputam este gigantesco  mercado, deixando o ocidente fora deste filão.

Abraj Al Bait Towers, orgulho da engenharia árabe

E é em frente à Kaaba que a maior construtora do mundo árabe está finalizando a construção do maior e mais alto Hotel do mundo, o Abraj Al Bait Towers, que com 601 metros de altura e 120 andares em sua torre principal, já se tornou o segundo maior edifício do planeta, perdendo apenas para os inigualáveis 829 metros do Burj Khalifa de Dubai.


As impressionantes Torres do Abraj Al Bait erguendo-se sobre a noite de Meca

Mas os recordes do Abraj Al Bait Towers não param por aí. Além de tornar-se o maior complexo hoteleiro do planeta, no alto de sua torre principal foi instalado um gigantesco relógio de 4 faces. Seus mostradores analógicos com 43 metros de altura podem ser vistos a 25 km de distância, erguendo-se magistralmente sobre a paisagem árida de Meca.

Cada um dos relógios do Abraj Al Bait tem 43 metros de diâmetro.
São de longe os maiores do mundo

Porém, o mais curioso de tudo é que a empresa que está construindo este complexo de 15 bilhões de dólares é o Saudi Binladin Group, ou se preferir, pode chamá-la pelo nome mais conhecido no ocidente:  Saudi BinLaden Group.

Uma das maiores construtoras do mundo foi fundada pelo pai de Osama BinLaden

Esta empresa foi fundada em 1931 pelo Sheik Mohammed bin Awad bin Laden, cujo 17o filho com sua 10a esposa, entre os 53 que teve durante a vida, tornou-se temido, odiado e idolatrado na mesma proporção em todo o mundo: Osama Bin Laden.


Osama BinLaden (1957-2011), o homem que aterrorizou toda uma geração

Não é crime nenhum ser pai de um bandido, desde que não compactue com sua conduta, e para comprovar esta tese de que a família BinLaden não tem relações com o terrorismo internacional, vale lembrar que o governo americano, que tem intensas relações diplomáticas com a Arábia Saudita, usou durante anos serviços do BinLaden Group para construção de quarteis para as tropas americanas instaladas em território saudita. Mas até onde vai a lisura de todo este processo? Muitas questões nunca foram respondidas definitivamente, principalmente as ligadas com a relação entre a família Bush e o grupo saudita...

George Bush "pai" encontrou-se várias vezes com membros do Grupo BinLaden

Mas pelo menos frente às cortes internacionais, o BinLaden Group está tranquilo, pois muito antes dos ataques de 11 de setembro de 2001, em 1994, o grupo BinLaden tinha retirado o acesso de Osama às ações da companhia, já que sua participação como herdeiro seria de aproximadamente 50 milhões de dólares, que usados em prol do terror poderiam ter causado muitos estragos.
A Kaaba e a Torre do Relógio agora são "inseparáveis"

Apesar disto, o nome BinLaden continuará causando calafrios onde aparecer, e dificilmente você verá um programa de TV norte americano falando sobre a construção do "Abraj Al-Bait Towers", e nem será fácil encontrar pacotes turísticos para o melhor e mais impressionante hotel do mundo.

Vista do alto da Torre do Relógio do Abraj Al Bait
601 metros de altura

"Na politica, a verdade deve esperar o momento em que todos precisem dela"
 
Bjornstjerne Bjornson, escritor norueguês, ganhador do Nobel de 1903


Mais sobre o Islamismo em...
Veja a lista atualizada das mais altas estruturas fabricadas pelo homem...
Fonte: RIOBLOG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.