segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Ex-missionário lança livro contando bastidores do ministério do Pastor Mike Murdock e o acusa de vícios e prostituição

Ex-missionário lança livro contando bastidores do ministério do Pastor Mike Murdock e o acusa de vícios e prostituição O Pastor e apresentador de TV, Mike Murdock, parceiro do Pastor Silas Malafaia, ficou conhecido por escrever diversos livros e pregar mensagens enfatizando a sabedoria.
Agora, um ex-missionário e amigo da família de Murdock escreveu um livro sobre o Pastor, e faz diversas acusações. O livro intitulado “Thieves: A dirty TV pastor and the man who robbed him” (em tradução livre para o português: “Ladrões: um pastor da TV desonesto e o homem que o roubou”) traz diversas e detalhadas acusações contra Mike Murdock e ainda relata a obsessão do Pastor por riqueza e mulheres.
O autor do livro, Brian “Trey” Smith foi amigo pessoal de Jason Murdock, filho do Pastor. Trey estudava no Seminário Cristo para as Nações, e tornou-se íntimo da família, frequentando a casa e divertindo-se com Jason. Ele afirma que conheceu uma sala secreta na mansão da família, que mais parecia um grande cofre, onde o Pastor mantinha bebidas, relógios e moedas de coleção e revistas pornográficas.
A motivação para que o autor publicasse o livro, segundo o “D Magazine”, foi a revolta em ver os bastidores da casa de Murdock e sua pregação na TV, totalmente contrária. Em um trecho do livro, Trey expõe seu repúdio: “Odiava as mentiras, o engano, a ganância, os acordos de bastidores, os segredos, o sexo e toda a dor que ele causava aos cristãos falando sobre a necessidade de eles terem fé no “deus dólar”. Para mim, dentre os televangelistas, Mike Murdock era o pior. Enquanto o mundo estava assistindo-o pregar de terno, gravata e Bíblia aberta em suas telas de televisão, eu conhecia os lugares que ele nunca mostraria perante as câmeras”.
Brian “Trey” Smith afirma que não foi fácil viver amordaçado sem poder revelar o que conhecia sobre o Pastor Murdock. “É um fardo viver em uma bolha cristã, sem nunca poder falar sobre o paraíso escondido do pregador, com prostitutas siliconadas, brinquedos sexuais, pornografia pesada, e tudo que o dinheiro podia comprar”, conta o escritor, ressaltando que o ódio que nutria pelo Pastor o fez roubá-lo: “Naquela época, eu entrava no closet do pai do meu melhor amigo como o cara que descobriu a tumba do faraó. Havia caixas e caixas de anéis, braceletes e colares de ouro, moedas raras e uma desorganizada coleção de selos muito valiosos… Mas nada se comparava ao que imaginávamos haver dentro do grande cofre, que ficava no meio do quarto. Nunca conseguimos abri-lo, mas passei a deseja-lo. Sonhava com isso, fantasiava como seria… Não queria apenas roubar o seu dinheiro… Mais do que isso, eu tinha realmente aprendido a odiar aquele homem e tudo que ele representa”.
Para Trey, o desvio das doações dos fiéis era algo inaceitável. Em 1999 ele planejou um assalto à casa de Mike Murdock, entrou no cofre, roubou o que pode e fugiu para o México. Após o fim da investigação, voltou para os Estados Unidos, mas foi encontrado por investigadores particulares que o Pastor contratou, e entregue à Polícia.
Trey cumpriu dez anos de condenação, e aproveitou o tempo na cadeia para escrever seu livro. “Eu sentia que todos seus mantenedores tinham sido injustiçados. Iria apenas consertar as coisas. Eu sabia que praticamente nada daquele dinheiro era destinado para o que Murdock chamava de ‘instituições de caridade’. Por todas estas razões, eu não me sentia nem um pouco mal por tomar até o último centavo que ele tinha. Eu não era herói. Eu tinha me tornado um canalha sujo e podre como todos eles”.
Agora, o escritor afirma que se reconciliou com Deus e está livre das drogas, e pretende divulgar de todas as maneiras possíveis tudo o que sabe sobre o Pastor Mike Murdock. O livro foi lançado sem ajuda de uma editora e está disponível também no formato e-book.
O Gospel+ entrou em contato com a assessoria de imprensa do Pastor Silas Malafaia para saber se iriam se pronunciar sobre a publicação desse livro, porém até o fechamento da matéria, não houve resposta aos nossos contatos.
Fonte: Gospel+

3 comentários:

  1. Gente! São muitos e muitos pastores ,lideres religiosos que são uma vergonha ao cristianismo.Esses líderes só estão preocupados com seus bolsos e não com CRISTO [Evangelho].São verdadeiros pilantras sanguesugas...etc.Infelizmente por pessoas como esta ,o cristianismo está comprometido.Eles perderam a noção do perigo!!! O dia do ajuste de contas tá chegando.veremos.....pois é.

    ResponderExcluir
  2. Sabe o que eu acho interessante? Todos nós sabemos através das próprias palavras do Senhor Jesus que,nem todos o que o chamam de Senhor entraria no seu Reino por causa da iniquidade (Que é Saber que é errado fazer ou praticar tal coisa,e que também não agrada a Deus,mas continua a fazer ou praticar,sem temor e tremor a Deus e sua Palavra ).
    O homem esquece,mas Deus não!

    ResponderExcluir
  3. BEM ESTAS CRIATURAS BESTIAIS, ESTES LIDERES CÃES GULOSOS QUE NÃO SE FARTAM, NÃO VÃO PARA O PODER SOZINHOS NÉ, SÃO OS SERVINHOS DELES QUE COLOCAM ELES LÁ "PORQUE VIRÁ O TEMPO EM QUE NÃO SUPORTARÃO AS SÃS DOUTRINAS DE CRISTO, E TENDO COMICHÕES NOS OUVIDOS, AMONTOARÃO PARA SÍ, DOUTORES CONFORME SUAS PRÓPIAS CONCUPSENCIAS" ROMANOS. VIRAM MUITOS PAGAM ESTES LIDERES DE SATÃ PARA OUVIREM O QUE QUEREM OUVIREM, AQUI NÃO TEM NINGUÉM MAIS BOBINHO NÃO!!!!!!

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.