sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O APOCALIPSE SEGUNDO O APOCALINK: Os Sete Selos, as Sete Trombetas, as Sete Taças - Parte 6


O Quinto, o Sexto e o Sétimo selos são então abertos. Segue-se um bre­ve resumo:

O Quinto Selo

Depois do Arrebatamento ou "remoção dos cristãos", uma população imensa permanecerá para suportar os sete anos de ira. Muitos dos que zombam do cristianismo agora e que se recusam a dar ouvidos às adver­tências ficarão isolados. As pessoas se voltarão para Iahweh e para o Mes­sias em busca de salvação e socorro. Serão sete anos medonhos, mas existe esperança.
Somos assegurados de que um grande número de judeus se conver­terá aos ensinamentos do Messias nessa Tribulação. Um total de 144.000 pessoas, 12.000 de cada uma das 12 tribos de Israel. De alguma maneira esses 144.000 se converterão e se tornarão evangelistas enérgicos. Como consequência da pregação desses milhares de pessoas, multidões passa­rão a acreditar e descobrirão que o Messias é sua única esperança. Mas há um aspecto negativo aqui, pois muitos desses crentes morrerão por causa de sua fé.
Mais tarde, somos assegurados ainda, o Anticristo reivindicará fide­lidade total. Isso exigirá que todos exponham um sinal ou marca na mão direita ou na testa. Essa marca será um número 666, a marca da Besta. Aquele que se recusar a deixar exposta essa marca não poderá comprar, vender, nem fazer negócios. E muitos dos que se recusarem a fazê-lo por causa de sua fé serão executados pelo Anticristo e suas forças de gover­no de um mundo único. A conclusão a extrair do Quinto Selo é que gran­des números de cristãos morrerão durante o período da Tribulação.

O Sexto Selo

O Sexto Selo fala de um terremoto tão grande que toda montanha e toda ilha será afastada do seu lugar. As pessoas do mundo inteiro ficarão tão aterrorizadas que pedirão aos rochedos que caiam sobre elas.

Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro.
Porque chegou o grande dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?
Apocalipse 6:16,17

O Sétimo Selo

O Sétimo Selo introduz os sete castigos das Trombetas. São estes uma ou­tra série de flagelos que cairão sobre a Terra no seu devido tempo. Depois desses castigos das Trombetas, haverá uma nova série de castigos, cha­mados de castigos das Taças. Também são em número de sete.
Não sabemos se todos esses castigos ocorrem simultaneamente ou se se seguirão uns aos outros. Contudo, apresentarei um breve resumo dos castigos das Trombetas e das Taças. Posteriormente, enfocaremos as­pectos específicos deles.

A Primeira Trombeta: Apocalipse 8:7

Quando o primeiro anjo faz soar sua trombeta, granizo e fogo mistura­dos com sangue são atirados à Terra. Um terço de toda a erva verde e um terço de todas as árvores serão queimados.

A Primeira Taça: Apocalipse 16:2

A primeira taça é derramada e produz úlceras horríveis naqueles que têm a marca da Besta. Lemos que um terço de toda a erva verde, árvores e plantas serão queimadas ao soar da primeira trombeta. O que está ocor­rendo atualmente com a camada de ozônio não será um precursor des­ses flagelos? Em muitos países, as pessoas já estão sendo chamuscadas pelo sol devido aos danos feitos à camada de ozônio.
Os cientistas estão dizendo que se a redução da camada de ozônio atingir 15%, milhões de pessoas morrerão de câncer de pele. Se a tênue camada de ozônio for danificada além de um certo nível, não poderá ser reparada. O efeito disso será uma elevação nas temperaturas do mundo e o aquecimento global. Consequentemente, poderemos esperar uma re­dução na disponibilidade de alimentos e um aumento da fome.
Todos esses riscos ambientais encaixam-se perfeitamente nas profe­cias do fim dos tempos. Todos eles parecem estar ocorrendo simultanea­mente. E não é apenas a minha opinião. É um fato científico.

A Segunda Trombeta: Apocalipse 8:8,9

Quando a segunda trombeta for soada, algo com a aparência de uma montanha descomunal, toda em chamas, será lançado ao mar. Em con­sequência, toda vida em um terço dos oceanos perecerá e todas as em­barcações serão destruídas.

A Segunda Taça: Apocalipse 16:3

A segunda taça prevê uma catástrofe semelhante àquela anunciada pelo som da segunda trombeta: um objeto gigantesco em chamas assemelhando-se a uma estrela cairá no oceano e destruirá toda a vida e todas as embarcações em um terço dos oceanos.
Isso poderia ser um vasto meteoro. Ou, ainda, João poderia estar descrevendo algum tipo de holocausto nuclear, outro desastre ambiental como aquele ocorrido em Chernobyl. No sermão no Monte das Olivei­ras, o Messias disse que haveria um aumento de terremotos e erupções vulcânicas nos últimos dias. Isso já está ocorrendo.


A Terceira Trombeta: Apocalipse 8:10,11

Esta anuncia uma colossal estrela ou meteoro de nome "Absinto", que cai ardendo como uma tocha sobre todos os rios e lagos, poluindo a água em um terço do mundo inteiro. Muitos morrerão por beberem a água poluída.

A Terceira Taça: Apocalipse 16:4

A terceira taça faz com que as nascentes e fontes de água potável sejam transformadas em "sangue". Isso se encaixa na profecia da terceira trom­beta, que João descreveu como uma colossal estrela ardente que caiu so­bre as nascentes de água doce e poluiu um terço da água do mundo.
Quantos países do mundo possuem armas de guerra biológicas? Muitos, diria eu. Sabemos que essas armas mortais já estão no mercado. Uma pequena quantidade de um veneno dessa natureza despejada em um reservatório, poderia matar dois milhões de pessoas. E existem fun­damentalistas muçulmanos radicais que adorariam infligir esse tipo de "justiça" ao Ocidente, particularmente aos Estados Unidos da América, a quem detestam.
Quer essa "Amargura" refira-se à guerra biológica ou à precipitação radioativa, é algo que teremos de aguardar para ver. Mas as potenciali­dades de uma e de outra são uma realidade inflexível em nosso mundo perigosamente instável.



A Quarta Trombeta: Apocalipse 8:12

Em consequência do soar dessa trombeta, um terço de toda a luz desa­parecerá. O Sol, a Lua e as estrelas perderão um terço de sua claridade. Isso terá efeitos catastróficos na temperatura da Terra.

A Quarta Taça: Apocalipse 16:8,9

O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado quei­mar os homens com fogo. Com efeito, os homens queimaram-se com o intenso calor, e blasfemaram o nome de Deus, que tem au­toridade sobre estes flagelos, e nem se arrependeram para Lhe da­rem glória.
Apocalipse 16:8,9

A Quinta Trombeta: Apocalipse 9:1-12

Como se as coisas já não fossem suficientemente críticas, temos aqui uma descrição de uma águia em voo que proclama em altos brados:

Ai! Ai! ai dos que moram na Terra, por causa das restantes vozes da trombeta dos três anjos que ainda têm de tocar.
Apocalipse 8:13

A quinta trombeta introduz uma sequência funesta de acontecimen­tos. A fechadura de um lugar chamado o Abismo vai ser aberta. Desse po­ço sairão hediondas criaturas demoníacas que se parecem com gafanho­tos. Essas criaturas terão o poder de torturar com seu ferrão, mas não de matar.
Elas não conseguirão tocar aqueles que tiverem o "selo" de Deus, pois estes serão protegidos. Mas todas as outras pessoas serão presas des­sas criaturas semelhantes a escorpiões, que infligirão sua tortura durante cinco meses. Por causa dessa agonia, os homens procurarão a morte, mas não a encontrarão. Desejarão muito morrer, mas a morte os frustrará.

A Quinta Taça: Apocalipse 16:10,11

Quando a quinta taça for derramada haverá trevas sobre o "Reino da Besta".

Os homens remordiam a língua por causa da dor que sentiam e blasfemavam o Deus do céu por causa das angústias e das úlceras que sofriam; e não se arrependeram de suas obras.
Apocalipse 16:10,11

A Sexta Trombeta: Apocalipse 9:13

O anjo que tocar a sexta trombeta lançará tropas montadas da ordem de 200 milhões de soldados. Essas tropas matarão um terço da humanida­de enquanto passarem impetuosamente sobre a amplitude da Terra. Se to­marmos por base as cifras populacionais da atualidade, podemos dizer que essas tropas matarão cerca de dois bilhões de pessoas.

A Sexta Taça: Apocalipse 16:12

A sexta taça será derramada sobre o rio Eufrates fazendo com que ele se­que e permitirá que os "reis do Oriente" marchem sem empecilho rumo ao Oriente Médio para o confronto final do Armagedom. Isso se encaixa na profecia da sexta trombeta, que descrevia um exército de 200 milhões que viria do Oriente e exterminaria um terço da população do mundo em sua marcha para o Ocidente.
O Eufrates sempre foi a antiga linha divisória entre a Europa e o Oriente. No original grego, "leste" é traduzido literalmente por "reis do sol levantando-se", referência óbvia aos povos da Ásia. Essa profecia diz que um exército de 200 milhões atravessará o Eufrates para entrar em combate com tropas do Ocidente. Atualmente, a China é o único país do mundo que pode formar um exército de 200 milhões. Contudo, essa pro­fecia foi escrita há quase dois mil anos. O leitor consegue ver como o quebra-cabeça está se encaixando?
Agora são espíritos "enganadores" que saem e incitam os "reis da Ter­ra" a se reunirem em preparação para o combate. A profecia da sexta ta­ça termina com todas as hostes dos inimigos alinhadas para o combate.

A Sétima Trombeta: Apocalipse 11:15

Esta introduz os castigos das taças descritos nos Capítulos 12-18. São acontecimentos ainda mais terríveis que aqueles já previstos. Ainda que esses castigos dos selos, das trombetas e das taças nos sejam dados na ordem, há algum indício que sugere que ocorrerão simultaneamente, pois todos esses castigos culminam no sétimo castigo, o que é comum a todos aqueles que foram dados previamente: um terremoto colossal.

Ouvi, vinda do santuário, uma grande voz, dizendo aos sete anjos: "Ide, e derramai pela Terra as sete taças da cólera de Deus."
Apocalipse 16:1

A Sétima Taça: Apocalipse 16:18

O derramamento da sétima taça coincide com as profecias do sétimo selo e da sétima trombeta. Descreve um terremoto catastrófico que destruirá cidades e fará ilhas desaparecerem. Esse terremoto será seguido de pedras de granizo com peso aproximado de 45 quilos cada, caindo do céu sobre os homens. Em cada um dos três castigos finais está declarado que o grande terremoto será precedido de:

... Relâmpagos, vozes, e trovões, e ocorreu grande terremoto.
Apocalipse 16:18

Não temos como saber com certeza o que isso significa. Mas lan­çando um olhar retrospectivo sobre a história recente e olhando para o futuro em direção à sequência de acontecimentos vindouros que come­çam a se manifestar, parece ser um ataque nuclear. As armas da atualidade são suficientes para exterminar toda a vida no planeta Terra muitas ve­zes. As grandes potências estão agora preparando-se para esse dia. Em­bora o vale de Megido seja o ponto focal, o mundo inteiro estará impli­cado nessa conflagração.
A paz mundial depende do que ocorra em Israel. O conflito árabe/is­raelense é o que atrairá vastos exércitos para essa região. E a raison d'être para justificar a presença desses exércitos nesse local é o petróleo no Oriente Médio. Existem muitas profecias sobre Jerusalém nos dias finais e como ela será uma rocha onde muitas nações perecerão. Já foi dito que a luta nessa área será tão feroz que o sangue alcançará até as rédeas dos cavalos a uma distância de 350 quilômetros.
Quem teria imaginado que uma pequena nação de cerca de cinco milhões de pessoas que ocupa uma área tão pequena poderia ser o esto­pim que incendeia o mundo?

3 comentários:

  1. É apocalink, certa vez conversava com um irmão a respeito destes eventos e perguntei como os crentes identificariam os tais, e sua resposta foi simples:
    NÃO TEREMOS PROBLEMA ALGUM...SE ESTIVERMOS NO ESPIRITO.
    PORQUE O ESPIRITO SANTO TESTIFICA EM NOSSO ESPIRITO TODAS AS REVELAÇÕES DO PAI.

    Olha posso estar errado, mas acredito que o começo, meio e fim da história da humanidade está em israel, quem quiser entender busque conhecer o porque de existir esta nação, pois tudo nos leva á sua atenção, aqueles que não compreendem e questionam até mesmo a existência de Deus, se surpreenderá muitissimo ao se deparar com tamanha força e influência de israel, e como consequência também terá noção do israel espiritual, saberá o porque de nós crentes em Cristo termos tanta confiança e certeza do arrebatamento, pois se tais acontecimentos bíblicos não fossem verdadeiros e sustentados pelo próprio criador, há muito que teria se perdido nas culturas humanas e teria se tornado apenas uma fábula, mesmo que muitos judeus ainda não acreditem e reconheçam que Jesus é o messias, não podem negar a sua própria história que é fascinante e importante.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria Sr. Apocalink de pedir a vossa permissão e autorização para poder postar algumas noticias apocalípticas em meu canal do youtube TV NOTICIAS APOCALIPTICAS, usarei algumas noticias diarias, mas sempre dando o credito e postando a fonte de vcs...

    Aguardo a resposta neste post desde já fico grato...

    ResponderExcluir
  3. CLARO, AMIGO CLINTON, PODE FAZER COMO CHAR MELHOR.

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.