segunda-feira, 12 de setembro de 2011

OSNIs - Objeto Submarino Não Identificado

Quando se fala em ufologia logo se lembra de discos voadores, extraterrestres, abduções, mas poucos conhecem sobre os OSNIS.




OSNI (objeto submarino não identificado) é um segmento da ufologia no qual se estuda objetos que são avistados submersos ou sobrevoando rios, lagos e mares.
Osniólogos apontam certas característica a esses objetos, como a tecnologia avançada, alta velocidade e grande capacidade de execução de manobras na água, podem ser vistos a olho nu ou através de radares dependendo da situação. Alguns estudiosos indicam a utilização de água como fonte de energia, outros mostram esse recurso apenas como fator de locomoção do OSNI.

Além dessa super potência nas águas, os OSNIS também podem voar, ultrapassando barreiras, como superfícies cobertas por gelo. Um fato interessante é que os OSNIS não quebram o gelo, despedaçando-o em várias camadas, mas o quebram de forma perfeita apenas para ultrapassá-la, mostrando mais um grande avanço tecnológico superior a qualquer tecnologia humana conhecida.



Como os OVNIS, os OSNIS possuem um numero recorrente de aparições, sendo alguns bem antigos com registro em hieróglifos no Egito Antigo. Essas aparições acontecem em todo o mundo, porém, alguns lugares eles ocorrem com maior frequência, como em Porto Rico, Japão, Rússia, Escandinávia, Venezuela, EUA e Brasil.



Cristovão Colombo, em seu diário de bordo chegou a relatar aparições de OSNIS registrado em 11 de outubro de 1492,e curiosamente, sua caravela Santa Maria passava pelo triângulos das bermudas, região no qual estão relacionadas diversas lendas, e algumas horas depois do ocorrido foi descoberto o “Novo Mundo” as Américas.

No Brasil,em 30 de junho de 1967, o navio cargueiro “Naveiro” detectou um objeto com 30 metros de comprimento emitindo luzes branco-azulado, o Osni passou rapidamente por debaixo do cargueiro e sumiu. Houve casos também de pessoas que avistaram objetos não identificados e luzes saindo do mar, na praia do Neblon no Rio de Janeiro. Também ocorreram aparições no município paranaense, Colares, que por obter tantas testemunhas falando sobre luzes e evento de OSNIS que os registros viraram uma operação militar nomeada de “Operação Prato” comandada pelo coronel Uyrangê Hollanda.



Na Rússia eventos semelhantes ocorreram.


“Em uma ocasião um submarino nuclear, que estava em missão de combate no Pacífico, avistou mais de seis objetos desconhecidos submersos. Depois que a tripulação não pode se livrar de seus perseguidores com manobras, o comandante ordenou que emergissem. Os objetos seguiram o exemplo, elevaram-se no ar, e voaram longe.” Atualmente a Rússia tem liberado registros de casos OSNIS (no jornal online Svobodnaya Press) como cita Vladimir Azhazha, um ex-oficial da Marinha e famoso ufólogo afirma que o material divulgado é de grande valor. "Cerca de 50% dos encontros com OVNIS
estão relacionados com os oceanos. Quinze por cento como os lagos. Então, os OVNIS preferem a água. "




"Outro local onde muitas pessoas vêem OVNIs, é perto do Lago Baikal, na Rússia, o mais profundo lago de água doce no mundo. Marinheiros tem constantemente visto nas profundezas, luzes como holofotes, piscando como um 'flash' de solda elétrica.
Foram vistos cilindros ou discos prata e luminosos, que emanam raios de luz na água.
Em um caso, de 1982, um grupo de mergulhadores militares, viram na profundidade do lago Baikal um grupo de criaturas humanóides, vestidas com trajes prateados"

Algumas teorias indicam a existência de bases óvnis subaquáticas, sendo a lendária Atlântida uma delas, e que debaixo dos oceanos pode viver uma raça mais velha que a humana.

Bem, sabemos que a superfície terrestre possui aproximadamente 510 milhões de km² de área e mais de dois terços estão cobertos de água, até hoje a maior parte inexplorada e desconhecida. Mesmo assim a humanidade procura estudar outros planetas e galáxias deixando de olhar para essa parte desconhecida, será porque os cientistas já sabem o que encontraram lá ou porque falta tecnologia o suficiente? O Que vocês acham?

Para quem gostou do assunto e que saber sobre mais casos de aparições de OSNIS sugiro o documentário a seguir chamado de “Osnis das Profundezas








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.