segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Gigantes: Mistérios e Mitos

Os gigantes. Os maias e os incas da América do Sul acreditavam que existia uma raça de gigantes na Terra, antes do grande dilúvio. O mesmo se deu com muitas outras antigas civilizações. Alguns os tomaram por deuses. Outros reproduziram suas imagens em pedra ou escreveram sobre eles em suas histórias. A Bíblia fala sobre gigantes (Gênesis 6 e em várias outras passagens), relatos de culturas antigas, estranhos petróglifos enormes espalhados por todo o mundo, gigantescas ´linhas´ no Peru e por aí vai. Sabemos que no passado a configuração climática da Terra era bastante diferente da atual, mas, é possível que tal condição, em um passado longínquo, fosse suficiente para produzir as gigantescas espécies que habitaram nosso planeta, inclusive o homem? Tinha o homem antigo um conhecimento muito mais avançado do que imaginamos? Qual a relação entre os gigantes do passado e os enormes petróglifos em templos perdidos espalhados ao redor do mundo? Há evidências de um dilúvio universal, como diz a Bíblia, que exterminou a raça dos gigantes da antiguidade? Estas são questões que permeiam o documentário "Gigantes - Mistério e Mito", reproduzido há algum tempo no canal Discovery Channel. Assista, analise, pesquise, comente suas impressões sobre um dos mais controversos e obscuros assuntos da Arqueologia tradicional. Bom filme!
Fantasias espaciais´ à parte, ao que tudo indica uma raça antiga de gigantes de fato habitou o planeta. Sua origem está coberta em mistério, mas é fato de que a crença em uma união proibida entre anjosfilhos de Deus´) e humanas, que gerou a famigerada raça dos nephilimgigantes´ ou ´caídos´, no hebraico), é muito antiga, datando dos primórdios da história da Igreja. Não somente isto, mas fontes hebraicas pseudepígrafas (como o ´Livro de Enoque´) mostram que era comum o pensamento em círculos do meio hebraico de uma crença idêntica. Seja lá como tenha sido, é quase indissociável a relação entre os gigantes e uma corrupção extrema que assolou a humanidade em um passado imemorial. Esta corrupção está bem documentada no livro do Gênesis, capítulo 4. O conhecimento aliado a tal corrupção produziu uma sociedade avançada, em termos teconlógicos, mas extremamente corrupta, imoral e violenta. Esta era a sua marca. Bem, qualquer semelhança com o que pode acontecer nos dias atuais não é mera coincidência.

"Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão. Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem. Então, dois estarão no campo, um será tomado, e deixado o outro; duas estarão trabalhando num moinho, uma será tomada, e deixada a outra. Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor.". Evangelho de Mateus, 24:35-42.



YOUTUBE






Um comentário:

  1. Viva,

    Venho dar-lhe nota da recente publicação do meu novo livro, o 1º volume da "História Prodigiosa de Portugal. Mitos&Maravilhas". Vol. I. ( Quidnovi ).

    http://www.wook.pt/ficha/historia-prodigiosa-de-portugal/a/id/14145713

    Espero que este trabalho original possa merecer o seu interesse pelas referências comuns à cultura luso-brasileira .

    Agradeço a difusão desta informação pelos seus círculos de amizade.
    ..................................................................................................





    "Desnuda-se o interior da História e acham-se "estórias" de encantar que explicam a dolorosa pele do real de hoje,
    quiçá as causas de uma crise resiliente, cíclica.
    Atitudes mentais, crenças e superstições que resistem na lentidão dos séculos, dos anos e dos dias;
    venerações de deuses maiores e menores, mas também de demónios tão terrenos e actuais..."


    Cordiais cumprimentos

    Joaquim Fernandes, PhD
    Rua Francisco Sena Esteves, 22, 3º Dtº Tras.
    4200-604 Porto
    Portugal

    jfernan@ufp.edu.pt
    fernandesjoaquim46@gmail.com

    Telf.228317397
    Tlm. 917338986


    CTEC Board - Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência
    Universidade Fernando Pessoa
    Praça 9 de Abril, 349
    4249-004 Porto

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.