quarta-feira, 3 de agosto de 2011

"Disco voador" é encontrado no fundo do mar

A equipe de exploração marítima Ocean Explorer, liderada pelo pesquisador Peter Lindberg, divulgou recentemente imagens de sonares que mostram um objeto não identificado a cerca de 90 metros de profundidade nas águas entre a Suécia e a Finlândia.
Por causa do formato da anomalia, a imprensa internacional vem chamando o objeto de “OVNI” (Objeto Voador Não Identificado), apesar de ele estar no fundo do mar. Em entrevista para os jornais locais, Lindberg declarou que o círculo captado pelo sonar possui 18 metros de diâmetro e que, em quase 20 anos de profissão, nunca viu nada semelhante.
As especulações em torno da descoberta vão de discos voadores a formações causadas por fenômenos naturais. Também não está descartada a hipótese de ser algum objeto circular produzido pela humanidade. Para Lindberg, os pesquisadores podem ter encontrado um novo Stonehenge.



Entretanto, a equipe não pretende voltar para desvendar o mistério. Pelo menos não por conta própria, já que o site oficial da Ocean Explorer tem recebido doações de terceiros para que possam explorar aquela região. Até mesmo camisetas com a estampa da descoberta estão sendo vendidas para arrecadar a quantia necessária.
Peter Lindberg e sua equipe ficaram famosos quando descobriram, em 1997, os destroços de um pequeno navio sueco abatido em 1916. Entre os objetos encontrados estavam garrafas de champanhe, conhaque e vinho, que foram vendidas por quantias de até 20 mil euros.

Um comentário:

  1. Pelo o que parece existem muitos misterios entre o Céu e o inferno

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.