quinta-feira, 21 de julho de 2011

Mudanças nos Pólos Magnéticos do Planeta: Realidade ou uma Teoria da Conspiração ?




Bússola: Em 4.000 anos de uso, nunca teve tanto risco de erro 



Recentemente sites na WEB divulgaram que o Aeroporto de Tampa, no Sul da Flórida estaria remarcando as indicações de suas pistas em função de alterações no Pólo Magnético do planeta. A curiosa notícia correu o mundo, como mais um anúncio de mudanças iminentes no planeta.


Aeroporto de Tampa - Remarcação das Pistas em função de alterações magnéticas


Bom, a remarcação do Aeroporto americano ocorreu mesmo, assim como já ocorreram e continuarão ocorrendo em vários aeroportos do planeta, pois ao contrário dos Pólos Geográficos, que traçam uma linha exata passando pelo centro da Terra e orientam a rotação do planeta, os Pólos Magnéticos Norte e Sul , que orientam todas as bússolas, realmente se movem.


Mapa Mundial de Aeroportos: Bastante trabalho de remarcação à vista


A Terra é um imenso imã, pois sob a manta rochosa da superfície  está um núcleo de ferro-níquel que se move em uma superfície de metal líquido a aproximadamente 1.100km por hora. Este movimento cria um campo magnético em todo o planeta, utilizado desde a criação da bússola para orientação.


Terra, um núcleo gigante de ferro girando imerso em magma
Conheça melhor a estrutura terrestre em...


O problema é que desde 1904, quando começaram trabalhos constantes de medição e localização exata dos pólos magnéticos, esta mudança nunca tinha sido tão rápida...




Os Pólos Magnéticos e Geográficos da Terra são diferentes
Saiba mais sobre o campo magnético terrestre...

Hoje, o Pólo Norte Magnético se move a uma velocidade de aproximadamente 64km por ano, obrigando constantes atualizações dos mapas, sob pena de ocorrerem erros de orientação aos navegadores que ainda continuam utilizando as velhas e boas bússolas. Para quem usa GPS isto não é um problema, pois o sistema utiliza coordenadas geográficas, que não são afetadas pelo campo magnético da Terra.
Os GPS são imunes às alterações do campo magnético terrestre

Veja a "Dança dos Pólos" no último século:

PÓLO NORTE




PÓLO SUL


Este aumento de velocidade  nas mudanças magnéticas trouxe de volta às manchetes a "Teoria de Inversão Polar", que foi bastante discutida durante os anos 50. 

Esta Teoria conjectura que podem ocorrer "Inversões Polares" em períodos geológicos relativamente curtos (em intervalos de algumas centenas de milhares de anos), causando efeitos nefastos para o Planeta, como inundações, tsunamis e terremotos gigantescos. De acordo com os defensores desta Teoria, poderia ter sido inclusive a causa do desaparecimento dos Dinossauros.


Cena do filme "Impacto Profundo"
Uma parada abrupta do núcleo terrestre devastaria o planeta

Imagine que o Núcleo da Terra, que como citei anteriormente gira a 1.100km por hora, parasse abruptamente de girar, ou invertesse seu sentido de rotação: Pela Lei da Inércia, toda a atmosfera continuaria seu movimento a 1.100km/hora, o que causaria um "furação" com a mesma velocidade (lembrando que o vento mais forte já registrado até hoje no planeta foi de 327km/hora ). Isto simplesmente destruiria qualquer estrutura no planeta que não estivesse firmememte encravada na rocha. Só isto já seria o fim de toda a civilização.


Ventos de 1.100 km/h atingiriam a superfície


Porém, esqueci de comentar que os mares também continuariam sua viagem aos mesmos 1.100 km/h, o que faria com que até os mais remotos planaltos do Himalaia fossem atingidos por ondas gigantescas. Seria um roteiro de filme catástrofe inigualável...


Cena do filme 2012. As tsunamis no Himalaia seriam um trágico efeito da parada do núcleo terrestre

Agora imagine que esta parada abrupta seria muito improvável, e que a Teoria seria mais verossímil caso isto ocorresse de forma mais lenta, desacelerando suavemente a rotação até sua parada: os efeitos seriam tão ruins ou piores, pois não exterminariam a humanidade de uma só vez...


Ilustração do Filme "O dia depois de amanhã"
Caso o núcleo parasse lentamente de girar, a noite mais longa causaria efeitos como este


Neste cenário, os dias e noites aumentariam de duração, causando frio inimaginável durante a noite e calor mortal durante o dia, pois a exposição do planeta aos raios solares seria aumentada, bem como o tempo de ausência desta radiação no lado escuro. 


ou como este...

Porém, cientistas bem mais sérios tem alertado que estas mudanças nos pólos magnéticos podem estar sendo causadas pelo derretimento acima do normal das calotas polares, cujo peso antes concentrado nos pólos poderia estar sendo distribuído, causando alguns distúrbios.


O aumento do degelo dos Pólos pode ser a causa das mudanças dos Pólos Magnéticos



Ciclo natural do Planeta ou mais uma influência humana na Terra ? Você decide...


Aurora Boreal, a mais bela manifestação dos campos magnéticos dos planetas
Entenda por quê em...

Saiba mais sobre a Teoria de Inversão Polar em...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.