terça-feira, 28 de junho de 2011

Saiba se o grupo LulzSec tem seus dados nas mãos

Logo usado pelo LulzSec (Fonte da imagem: Wikipedia)
O grupo LulzSec ganhou notoriedade ao atacar a PlayStation Network, roubando dados de mais de 1 milhão de contas de usuários do sistema. Mais recentemente, o grupo ganhou ainda mais destaque nacionalmente com o surgimento de uma espécie de “braço” brasileiro que atacou várias páginas governamentais.
O LulzSec internacional anunciou, no último dia 25, que encerrou oficialmente suas atividades. “Nosso cruzeiro planejado de 50 dias terminou, e agora devemos navegar rumo à distância, deixando para trás — esperamos — inspiração, medo, negação, felicidade, aprovação, desaprovação, sarro, vergonha, consideração, inveja, ódio, até mesmo amor. Esperados ter causado um microscópico impacto em alguém, em algum lugar. Qualquer lugar”, constava no comunicado oficial de “despedida”.
Mas o anúncio oficial do LulzSec, ao que tudo indica, não quer dizer que muitos usuários estejam em segurança. Em uma espécie de “Gran Finale”, o grupo divulgou um "inventário" com os arquivos que contém informações de centenas de milhares de usuários de diferentes localidades, como um resumo do que foi obtido durante esses 50 dias de atividade.
São 12 arquivos de texto, boa parte deles com nomes que certamente despertam curiosidade: “dados internos da AOL”, “Battefield Heroes Beta (550 mil usuários).csv”, “FBI fazendo papel de bobo” e “fóruns aleatórios de jogos (50 mil usuários)”.

Saiba se suas informações foram hackeadas

Se você acha que foi vítima de algum dos ataques do LulzSec, pode clicar neste link, digitar seu endereço de email e conferir se consta em um destes documentos. De acordo com o desenvolvedor da ferramenta, o email fornecido não é armazenado.

(Fonte da imagem: Gizmodo)
A busca pode ser feita com Safari, Chrome e Firefox. Como a base de dados é grande, a pesquisa pode demorar, mas vale a pena se você se sente ameaçado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.