quarta-feira, 29 de junho de 2011

O Mistério Final do Grande Selo Revelado:Poderão os EUA gerar o anticristo? Parte 5


 
(A Manifestação do Apolion  em  2012 ?)

O  Mistério Final do Grande Selo Revelado
A agenda aterradora e Profética, escondida do mundo pelo governo dos EUApor mais de 200 anos está aqui


Os Estados Unidos gerarão o Anticristo?

"A designação da América  como a Nova Atlântida que levará o mundo para o Anticristo. O pássaro nacional original imaginado pela  liderança maçônica no final dos anos 1700 não foi a águia americana, mas a ave Fênix. Esse fato histórico sugere fortemente que, no momento certo na história mundial, com o mundo entrando pelos portais do Reino do Anticristo, a América poderia subitamente imolada nas chamas de fogo, queimando nas cinzas; depois através destas cinzas, um  Novo Mundo fim iria surgir. "-
David Bay, The Cutting Edge

Quando a representante dos EUA, Nancy Pelosi, em 04 de janeiro de 2007 assumiu o seu papel como presidente da Câmara, na abertura do 110 º Congresso americano, ela seguiu o padrão estabelecido por George W. Bush , colocando um comunicado carregado de citações antigas dos pais fundadores da América, dizendo que eles estavam confiantes na "América , estavam evoluindo, por isto eles colocaram no selo, o grande selo dos Estados Unidos, a frase " Novus Ordo seclorum''-uma nova ordem para os séculos ". Pelosi não entrou em detalhes sobre o porquê ela ditou a frase "Novus Ordo Seclorum", uma  dialética importante durante a transição a posse do Congresso, não explicou porque  adicionou essa expressão que existe debaixo da pirâmide inacabada e do Olho Que Tudo Vê (Olho de Horus / Osiris / Apolo-apolion), no Grande Selo dos Estados Unidos . Mas a sua alusão a ele não foi coincidência, e as origens do lema e a importância por trás do aumento de referências à passagem enigmática,  por exponentes do governo nos últimos anos,  se tornará muito evidente em breve.

Os maçons de  graus mais baixos  são intencionalmente mantidos na ignorãncia  por seus superiores de graus mais elevados, estes  irão sempre rebater o estereótipo de membros  que tem um plano secreto para a dominação global. A verdade é que a maioria dos maçons são pessoas  que não sabem nada sobre os objetivos e esquemas da agenda dos  supermaçons    acima deles. No entanto, historiadores respeitados, incluindo alguns escritores maçônicos, o admitem. Gary Lachman, em seu livro, Política e ocultismo chama a atenção para os  maçons e a política americana ocultista. Citando os trabalhos de professores como Robert Hieronimus, Lachman diz, "Os Estados Unidos são, ou pelo menos originalmente foram planejados para serem o  tipo de utopia visionada pelos Rosacruzes." Além disso, escreve Lachman, Washington, DC foi colocada foi projetada  de acordo aos preceitos da geometria sagrada "associada com a Maçonaria." [1]

Que uma fraternidade Rosacruz-maçônica estava envolvida nas revoluções americana e francesa, bem como européias é indiscutível hoje. Tal como muitos dos 44 (embora, provavelmente, um número menor) dos 56 signatários da Declaração de Independência eram maçons.  Presidentes dos EUA foram numerosos,  também parte do Artesanato, incluindo Washington, Monroe, Jackson, Polk, Buchanan, Johnson A., Garfield, McKinley, Roosevelt T., Taft, Harding, Roosevelt F., Truman, Johnson LB e Ford. Outras elites incluídas na Ordem Benjamin Franklin, Paul Revere, e assim por diante, e  Thomas Jefferson eram suspeitos, mas nunca foi provado que era  maçons.

Além de membros,e David Ovason, que se tornou um maçom, depois de escrever ''A Arquitetura Secreta da Capital de nossa nação''( Edifícios de Washington DC), argumenta efetivamente que o layout da cidade foi intencionalmente incorporadas ao esotérismo,  sistema de crença da maçonaria, especialmente  quando ligou astrologicamente a capital com a constelação de Virgem (Isis). Em 1793, quando George Washington sancionou a colocação de pedra fundamental do edifício , ele o fez vestindo um avental maçônico estampada com símbolos da irmandade. Para perito em ocultismo, grau  33 na maçonaaria maçom Manly P. Hall, isso faz um perfeito sentido. "Foi a visão de Francis Bacon da" Nova Atlântida "um sonho profético da grande civilização, no o solo do Novo Mundo?", Ele perguntou em Os Ensinamentos Secretos de Todas as eras. "Não se pode duvidar que as sociedades secretas ... conspiraram para estabelecer  no continente americano ...". "Hall citou  os  incidentes históricos no desenvolvimento inicial dos Estados Unidos  " a influência deste corpo secreto, que  guia os destinos dos povos e religiões. Nações por eles são criadas como veículos para a promulgação de ideais, e enquanto estas nações sejam verdadeiras com esses ideais ,sobrevivem, quando elas mudanam,  desaparecem como a antiga Atlantida , que os tinha deixado  "[ 'sabe os deuses." ]

Para aqueles não familiarizados com esta história secreta americana-maçônica , que não têm tempo para se dedicar ao estudo, posso recomendar uma série de filmes premiados no assunto  agora disponíveis em DVD (em lugares como SurvivorMall.com )em inglês.
Envolvimento de maçons no desenvolvimento da América  e o layout simbólico de Washington, DC como a Capital para a Nova Atlântida tem sido tão bem documentada nas últimas duas décadas que mesmo muitos maçons deixaram de negar esta filiação. Passeios diários através de serviços dedicados a esta história maçônica, são agora oferecidos ,incluem os  marcos históricos da cidade, para ilustrar esta conexão. Pagando uma pequena taxa, um guia vai ajudá-lo a visitar locais como o George Washington Masonic National Memorial ou a Casa do Templo, o edifício-sede do Rito Escocês da Maçonaria. Projetado em 1911 (note a conexão novamente entre os maçons eo valor numerológico 11/09), a Casa do Templo hospeda o  Salão maçon  da Fama, uma enorme coleção de mobílias  maçonicas, incluindo várias obras importantes para os maçons, uma biblioteca de 250 mil livros, e é o local das reuniões do Rito  Supremo Conselho do Grau 33. Ao sair, você pode sair da Casa do Templo, desça a rua e tirar fotos do enorme obelisco maçônico (símbolo egípcio fálico da fertilidade) conhecido como Monumento a Washington.

Por razões óbvias, enquanto  maçons modernos podem admitir abertamente  o envolvimento de seus antepassados , no sentido de estabelecer as bases para uma Nova Ordem Mundial utópica, em Washington, DC, mas negam   negam fortemente que o  traçado das ruas, edifícios governamentais e  monumentos maçõnicos  tem um traçado  luciferiano . Apesar desta recusa, registros do próprio governo explicam de outra forma, afirmando claramente que o projeto da Capital foi "guiado" por aqueles que queriam que a fosse um reflexo a dedicação a Por exemplo, a "deuses pagãos." na Biblioteca do site do Congresso conta como, depois de anunciar um concurso para o projeto do Centro Governamental, em Washington ", Jefferson e os Comissários do Distrito de Columbia" ficaram desapontados com as estradas, e o projeto baseado em "O Panteão Romano-e a abóbda dedicada a todos os deuses pagãos, foi sugerido por Jefferson, que mais tarde teve  diversas transformações. "[3]

O maçon  David Ovason acrescenta que quando a pedra angular do edifício Capital dos EUA foi estabelecida, foi feito através do ritual maçônico que pretendia obter a aprovação dos deuses pagãos.  Como registrado em dois painéis de bronze nas portas do Senado , George Washington é visto de pé  mantém duas versões da praça maçônica, enquanto ele próprio usa uma espátula maçônica sobre a pedra angular. É oso  famo avental Washington, que ele usou naquele dia, que carrega o simbolismo maçônico específico, o que explica Ovason, projetado para agradar as "agências invisível" que assistiram ao longo do evento. "Sem dúvida, as agências invisíveis estavam presentes na cerimônia da pedra fundamental", diz ele, "mas eles foram tornados visíveis no simbolismo do avental . O olho radiante representava a presença invisível do Grande Arquiteto do Ser-Espiritual , que tinham sido convidados pela oração e pelo ritual para supervisionar o cerimonial. O olho radiante foi ... o "sol-olho ', ou Sol Espiritual  [Horus / Osiris / Apollo]."

O reconhecimento do uso de   deuses pagãos através  de imagens e símbolos maçons é interessante,  pois   a  Bíblia,  proíbe claramente este tipo de atividade , explicando que na verdade ,é como a devoção aos demônios. Em Atos 7:41-42 explica que quando os homens servem aos ídolos, eles estão adorandoas hostes infernais . Salmos 96:5 , acrescenta, no original : "Porque todos os deuses dos povos são ídolos" ('elilim, LXX daimonia [os demônios]). Outras referências concluem que os ídolos de pedra ou de imagens relevantes, tais como so que  permeiam Washington, DC, são "elilim (nada, vazio, vaidade), mas que por trás destas imagens existe a verdadeira dinâmica de idolatria aos demônios. O apóstolo Paulo confirmou isso em 1 Coríntios 10:20, dizendo: "as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus, e eu não quero que sejais participantes com os demônios." Isto resume que na verdade , a capital americana é um centro de adoração satânica, podendo apartir daí gerar um situação para o aparecimento da Besta.

Continua, em breve a parte 6...

Um comentário:

  1. o homem do cavalo branco usa um arco e uma coroa e calvoga pra vencer !!! (lembra musica evangelica rs,rs,rs)
    mas para isso algo acontece antes de ropimentos de selos tem de haver antes os arrebatamentos do cristãos...
    e os que vão ficar nesta pindaiba de dos que "ficaramb ou deixados pra trâs"
    ass.willian tin dail

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.