sábado, 25 de junho de 2011

O Mistério Final do Grande Selo Revelado:O MISTÉRIO COMEÇA A SER DESVENDADO...- PARTE 4

aterrador e Profético, escondido do mundo pelo governo dos EUA por mais de 200 anos está aqui,   O MISTÉRIO  COMEÇA  A SER DESVENDADO...

"Não só  governantes  e fundadores dos EUA eram maçons, como  receberam ajuda  de grupos secretos  existentes na Europa, o que ajudou a estabelecer naquele  país  um propósito particular e peculiar,  que só é conhecido a poucos iniciados na maçonaria . O grande selo é a assinatura no   corpo invisível e na maioria das vezes desconhecida e a pirâmide inacabada sobre seu reverso é o testemunho  que estabelece  simbolicamente a tarefa para a realização do qual o Governo dos Estados Unidos foi dedicado desde o dia da o seu início. "Manly P. Hall, maçom do Grau 33 ,  De todos os "símbolos maçônicos" associado com a fundação da América, Manly Hall viu o projeto do Grande Selo dos Estados Unidos como o maior assinatura de planejamento oculto pelos maçons. Isto  não foi apenas devido as repetição do número 13 constantes no selo, as formas  de pentagramas, a pirâmide inacabada ou Águia-fênix, mas Hall, como outros especialistas em literatura mística e tradição esotérica ocidental,  compreendeu que  a ''quantidade de ocultismo e símbolos maçônicos" presentes no Grande Selo,  representam tanto as ambições tangíveis de uma nova sociedade como a  um conceito metafísico atribuído a Hermes Trismegisto, o que significa que a matéria visível é espelhado pela realidade invisível, ou, "Tantoe acima, como  abaixo"(Lembre-se da pose de Baphomet).

Hall acreditava que isso significava praticamente que apenas estudantes de simbolismo arcaico ou esotérico seriam capazes de decifrarem  o verdadeiro significado escondido dentro do subterfúgio de design do selo e que o simbolismo tem, assim, a intenção de transmitir dois conjuntos de significados,
1-o primeiro para os não-iluminati tendo a ver com certas questões naturais ou históricas percebidas como importante para a sociedade
2-, E o segundo  oculta um significado mais profundo, somente   compreendidos  por elevados membros da Ordem.

Ao examinar as montanhas da literaturas à disposição do público sobre  Grande Selo,  incluindo sobre sua história,  a partir da resolução original em 1776 até sua aprovação final em 1782, é importante notar que existe harmonia geral entre os pesquisadores a respeito da interpretação superficial dos símbolos primários.

Por exemplo o lado reverso do Grande Selo retrata uma águia americana segurando um feixe de flechas em sua garra esquerda, enquanto em sua garra direita que agarra um ramo de oliveira. A águia está olhando para a direita, indicando que, enquanto os Estados Unidos prefere a paz, ele está sempre pronto para ir para a guerra, se necessário. Desde de a primeira parte desta série de estudos no APOCALINK, disse que as 13 colônias originais são  representada nas 13 folhas do ramo de oliveira, 13 azeitonas no ramo, 13 partes listradas no escudo, 13 letras na frase "E Pluribus Unum" e as 13 estrelas acima da cabeça águias (que, como pesquisadores apontam, formam uma estrela de seis pontas). No verso do selo,  o número 13 continua nos degraus  da pirâmide e as 13 letras  de "Annuit Coeptis".

Ainda de acordo com esoteristas como Hall, a verdade extraordinária sobre o número 13 postos no Grande Selo foi realmente mais do que a representação das colônias americanas originais. Foi um marco para aqueles que o entenderam como um  "número de poder," um sinal maçônico sagrado para a Lua, entre outras coisas, e representa o chefe de Isis, enquanto a Águia, Hall escreveu, é uma mascara de maneira astuciosa , que na verdade significa a a ave  mítica Fênix , tão importante para misticismo maçônico. Hall, em parte, chegarou a esta conclusão com base no precoce protótipo do selofeito por   William Barton mostrando uma fênix  em seu ninho de fogo.

"A maioria dos projetos apresentados originalmente tinha a ave Fênix em seu ninho de fogo como  motivo central" do símbolo, disse Hall. "A selecção que, naturalmente, ter sido apropriado .... [Porque] a Fênix é um sinal das ordens secretas do mundo antigo e dos iniciados nessas ordens, pois era comum para se referir a alguém que tinha sido aceito nos templos como um homem nascido duas vezes, ou re-nascido . A sabedoria confere uma nova vida, e aqueles que se tornam sábios são renascidos. "

Hall escreveu no livro The Secret Destiny of America:
O símbolo de Fenix é importante de outra maneira, como um emblema entre quase todas as nações civilizadas da realeza, o poder, superioridade e imortalidade. O Fenix da China é idêntico em significado com a Fenix do Egito, e da Fênix dos gregos é o mesmo que o pássaro  trovão dos índios americanos ...

É imediatamente evidente que o pássaro no selo original não é uma águia ... mas a
Fenix .... O bico tem uma forma diferente, o pescoço é muito maior, e o pequeno tufo de cabelo na parte de trás da cabeça não deixa dúvidas quanto à intenção do artista. [1]
Hall, em seguida, reconheceu que se o projeto "no verso do selo é marcado com a assinatura" dos maçons, o desenho no verso foi ainda mais relacionada com a Ordem dos "mistérios", lançando os Estados Unidos dentro de um esquema secreto da sociedade para cumprir o sonho baconiano de uma Nova Atlântida, estabelecendo os Estados Unidos como a capital da Nova Ordem Mundial.


Hall continua:
Aqui é representada a grande pirâmide de Gizé, composto por 13 linhas de alvenaria, mostrando 72 pedras. A pirâmide é uma pedra, sem o tôpo, e acima de sua plataforma superior flutua um triângulo que contém o Olho Que Tudo Vê , cercado por raios de luz de glória...
 
A Pirâmide de Gizé foi acreditado pelos antigos egípcios para ser o túmulo santuário do deus Hermes, ou Thot, a personificação da Sabedoria Universal.
Não  foi encontrado nenhum vestígio do  tôpo da grande pirâmide. A plataforma plana cerca de trinta metros quadrados não dá nenhuma indicação por que esta parte da estrutura  nunca foi terminado, e isso é apropriado, como a pirâmide representa a própria sociedade humana, imperfeita e incompleta. A estrutura dos lados ascendentese dos  ângulos convergentes ,  representam a aspiração comum da humanidade; e flutua acima do símbolo das ordens esotéricas, o triângulo radiante com o seu olho que tudo vê ...

Existe uma lenda que na cidade  perdida Atlantida havia uma grande universidade em que se originou a maioria das artes e das ciências da  presente raça humana. A Universidade tinha a forma de uma pirâmide imensa com muitas galerias e corredores, e o topo era um observatório para o estudo das estrelas. Este templo das ciências da velha Atlântida esta prefigurado no selo da nova Atlântida(EUA). Foi a sociedade de filósofos desconhecidos que escalaram  a nova nação com os emblemas eternos, para que todas as nações possam conhecer o propósito para o qual o novo país foi fundado.

... A combinação da Fênix, a pirâmide e o olho que tudo vê é mais do que o acaso ou coincidência. Não há nada de signifacado sobre as lutas dos colonos , ou que simbolize  uma sociedade dividida entre  os agricultores, comerciantes e senhores país. Há apenas uma possível origem para estes símbolos, e que é são as  sociedades secretas que vieram para este país 150 anos antes da Guerra Revolucionária. A maioria dos patriotas que alcançaram a independência americana pertencia a essas sociedades, e retiraram sua inspiração, coragem e altos propósitos dos  antigos ensinos. Não pode haver dúvida de que o grande selo foi diretamente inspirado por estas ordens humanas , e que o objetivo estabelecido para esta nação como o efeito, foi visto e conhecido pelos Pais Fundadores.

O monograma da nova Atlântida revela este continente como separado para a realização de uma  grande obra,  está a surgir a pirâmide de aspiração humana, a escola das ciências secretas. [2]
Além de Manly Hall, outros estudiosos, mais  tarde reconheceram o simbolismo oculto do Grande Selo , que aponta para o "destino secreto da América", incluíram Rhodes Scholar James H. Billington e professor de Harvard Charles Eliot Norton, que descreveu o grande selo como o  mal " e que não deveriam e nem gostaria que o emblema fosse de uma fraternidade maçônica. "Em 1846, o maçon de grau 33 e conhecido autor , James D. Carter, inadvertidamente, confirmou isto, quando ele admitiu que o simbolismo maçônico é claramente conhecido.

Mas para todos os literaturas que foram escritos nos primeiros anos sobre o significado por trás dos símblos arcanos ,  óbvios no Grande Selo dos Estados Unidos, não foi até 1930 que, talvez pela providência, o significado do Grande Selo começou a encontrar seu momento decisivo.

Aconteceu quando o maçon ocultista de  Grau 32 , Henry Wallace, o Secretário de Agricultura dos Estados Unidos, em 1934, ficou intrigado com o significado por trás do Grande Selo. Wallace tinha sido um discípulo do ''Agni Yoga Society'' fundador e teósofo, Nicholas Roerich, cuja devoção ao misticismo era cada vez mais focada em temas apocalípticos, e  em torno da vinda de uma nova ordem terrena. Isso veio à tona publicamente quando Wallace concorreu como vice-presidente na eleição presidencial de  1940 e foi ameaçado de constrangimento pelos republicanos, que tinham  em sua posse de uma série de cartas escritas por Wallace em 1930. As cartas foram endereçadas a Roerich como "Caro Guru" e descrevem o que   Wallace sentia para "o fim do New Deal" americano , em um momento em que um reino mítico chegaria na Terra acompanhado por uma raça especial de pessoas. Os democratas mal mostraram as cartas do público, fazendo ameaças , e Wallace passou a se tornar o 33 vice-presidente  dos Estados Unidos ao abrigo do presidente 32, Franklin D. Roosevelt, ele mesmo um maçom de Grau 32, commesma sede para o misticismo .

1. Manly Palmer Hall, The Secret Destiny of America, capítulo 18, Sociedade de Pesquisa Filosófica, 3341 Griffith Park Boulevard, Los Angeles 27, Califórnia, 1944
Fiquem atentos ... em breve a parte 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.