quarta-feira, 29 de junho de 2011

O Maníaco e o Controle Mental - Girlicious


Maniac-Tagged

Girlicious é uma banda feminina estadunidense de pop e R&B, formado por Robin Antin através do reality show Pussycat Dolls Present: Girlicious: em 2008. Inicialmente fazem parte do grupo Nichole Cordova, Chrystina Sayers, Natalie Mejia e Tiffanie Anderson. Entretanto, em julho de 2009, Tiffanie deixou o grupo, segundo ela, devido a desentendimentos e divergência de opiniões.

Em março de 2011 os fãs de Girlicious receberam a noticia da saída de Natalie Mejia e Chrystina Sayers, e uma semana depois a noticia de que iniciariam as audições para a nova formação do grupo. "Maniac" [em português: Maníaco] é uma canção do grupo americano Girlicious. Foi lançada como segundo single de seu segundo álbum, "Rebuilt".

Escutando somente a música, a canção poderia se passar (não tão facilmente) por uma história conturbada de um caso amoroso. Diferentemente, a canção dentro do contexto do próprio videoclipe, aponta outro conceito totalmente diferente do que as cantoras do grupo ou fãs dizem que são. Assim como em clipes de Lady Gaga e Natalia Kills, os simbolismos são praticamente explícitos ao que realmente estão querendo representar. Um tipo de tortura usada pela programa monarca é mostrada explicitamente nesse clipe.

O Projeto MK Ultra

Clipes bem expostos como esse, requerem que você entenda um pouco mais do que era vivenciado pelos escravos na época auge da programação monarca:

 


O Diretor
Kyle-Davison1

Segundo algumas informações na internet, Kyle Davison é diretor e fotógrafo. Algumas de suas produções já concorreram no Much Music Video Awards 2010, com o videoclipe Perfect da banda Hedley. Dentro de suas produções, temos outras simbologias nos trabalhos que ele dirigiu, como do cantor Blake McGrath, no clipe Relax (imagem abaixo).
Blake McGrath - RelaxPare, espere um minuto
Vá um pouco mais devagar
Porque eu ainda não quero chegar lá e explodir, Pare! Espere um miniuto
Vá um pouco mais devagar
Porque eu ainda não quero chegar lá, Querida, relaxe

Análise do Vídeo
Girlicious - Maniac 1

O videoclipe é um exemplo perfeito do que alguns escravos monarcas sofriam no passado, e mostra descaradamente o estado mental em que eles passam e ficam. Filmado em um hospital abandonado na cidade de Los Angeles, esses e outros adereços reforçam todo esse contexto de simbolismo monarca e do abuso real que era feito a tempos atrás. Realmente, defender que o clipe aponta alguma coisa sobre amor ou coisa parecida, é evitar e ocultar bastante coisa ou simplesmente, negar a realidade exposta.

Além disso, toda a extrema sensualidade é jogada por grupos que foram criadas pela mesma fundadora desse trio. The Pussycat Dolls e The Paradiso Girls são (ou eram) girlbands que apelam muito para a sensualidade feminina e a Agenda ‘Sexy-Gatinho’, alguns exemplos são Buttons ou Who’s My Bitch.

O clipe começa com as três cantoras em jaulas separadas cantando um dos pedaços mais repetidos da canção, que é:


Me tranque, me tranque, me tranque
Me tranque, me tranque, me tranque

A primeira vista, elas três poderiam estar representando uma pessoa a ser programada, porém, a letra que acompanha o videoclipe aponta outras coisas totalmente diferentes. Nesse caso, a fase da mente desses escravos são representados por três fragmentos de alters (personalidades).

Às vezes, as distinções entre alter e fragmentos de alter é vaga, mas os exemplos destes dois espectros extremos são fáceis de distinguir.  Usamos a palavra alter neste livro em conformidade com o que os programadores gráficos codificam como alter.  (…)  No sistemas Illuminati, os alters cerimoniais "serão compostos de três alters colocados em um pedestal juntos, como deusas da tríade ou deuses.  Isso significa que um alter acodificado em alguns níveis são, na verdade três alters girando juntos, o que deverá ser bloqueado no local para se comunicarem, e, em seguida girar para comunicar-se aos outros dois. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave
Girlicious - Maniac 2

Na parte cantada por Chrystina Sayers temos mais reforçadores sobre isso, em cima de uma maca de análises, são ditas frases bastante significativas e simbólicas nesse assunto:

Tenho transtornos amorosos cheios de paranóia
Porque meu coração já foi quebrado antes de você
Eu preciso de alguns anestésicos porque eu começo a entrar em pânico
Quando o sentimento fica muito familiar

Quando cantado, Porque meu coração já foi quebrado antes de você, temos a chave para identificar que antes desta programação, o escravo monarca já havia sofrido outros abusos sexuais e mentais. Isso não seria uma novidade sendo que o nome do álbum é Rebuilt (que significa ‘Reconstruído’).
Girlicious-Rebuilt





Depois de décadas sofrendo os traumas mais horríveis imagináveis  e as agressões mais graves como escravos, a maioria dos escravos têm mentes que são habitualmente dissociativas.  Esses escravos de mentes mais velhas, exigem um milagre para cessar permanentemente essa dissociação restante.  Eles não tem uma grande quantidade de energia do cérebro para manter as paredes amnésicas, e as mentes das pessoas em seus 70 e 80 anos vão parar de manter as paredes e esses idosos começarão a se lembrar.  Mas por esse tempo, eles são considerados senis, e seus memórias estão descontentes. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

No entanto, os escravos monarcas nesse caso não são idosos que estão começando a lembrar de coisas que vivenciaram e ocorreram. É interessante notar o refrão da música:

As paredes estão balançando e eu estou paranóica
Alguém pode parar o barulho na minha cabeça?
O relógio está correndo e eu estou prestes a estourar
Assim como uma maníaca no limite

O abuso sádico inicial para dividir a mente, é chamado de "romper o núcleo." A mente original de cada pessoa é como um computador aberto.  A mente original computadorizada, a fim de continuar a trabalhar, quando confrontado com um trauma esmagador, divide uma parte da mente e paredes com barreiras de amnésia.  Esta área se divide e ainda mais pode ser feito.

(…) Eles podem começar a fazer isso ligando as luzes dentro de seus mundos. Para fazer uma comparação, quando uma pessoa olha para um relógio, vê o resultado final, o tempo mostrado, mas eles não vêem todos os mecanismos. As estruturas da mente são parte dos mecanismos para manter o Sistema de Alter estruturado de uma forma que é útil para os abusadores, mas muitas vezes tudo o que os observadores irão ver é o resultado final, os mecanismos ficarão escondidos. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

Uma das provas da dissociação nesse caso, são as seguintes partes da canção:


Então eu começo a me coçar
E os meus olhos começam a virar
Dr. Jekyll, Sr. Hyde
Alguém está tomando conta

Não consigo sentir minhas pontas dos dedos
Vendo coisas que não existem
Dr. Jekyll, Sr. Hyde
Qual deles está tomando conta?

Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde (br: O médico e o monstro / pt: O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde) é um livro de ficção científica escrito pelo autor escocês Robert Louis Stevenson e publicado originalmente em 1886. Trata sobre um advogado londrino chamado Gabriel John Utterson, que investiga estranhas coincidências entre seu velho amigo, Dr. Henry Jekyll, e o misantropo Edward Hyde.
Dr_JekyllMr_Hyde
A obra é conhecida por sua representação vívida do fenômeno de múltiplas personalidades, divididas no sentido que dentro da mesma pessoa existe tanto uma personalidade boa quanto má, ambas muito distintas uma da outra. O impacto do romance foi tal que se tornou parte do jargão inglês, com a frase "Jekyll e Hyde" usada para se referir a uma pessoa que age de forma moralmente diferente dependendo da situação.

Todo o conceito apontado no clipe é que as paredes da mente do escravo estão prestes cair, interessante a notar nesse caso, é que esses “curtos-circuitos” são causados pelo excesso da programação anterior, e que a toda hora que é pedido: me tranque, me tranque, me tranque, e que uma reconstrução de todo o sistema de programação deve ocorrer para que o escravo não morra e pare de sofrer da atual programação. Não seria por acaso que o nome deste álbum teria ligação neste ponto.

A conexão do simbolismo do relógio apontado no refrão da canção, coloca a sua antiga programação como um sistema a ponto de explodir.

Embora filmes sejam ficção, é perto o suficiente de como uma mente monarca pensa, um escravo monarca adulto pode muito bem ter sua programação reforçada se ver este filme. Eles também provocariam em muitos escravos monarcas a criação de medo neles. Escravos monarcas tem muitos relógios construídos em seus sistemas. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave
Girlicious - Maniac 5

O conceito de um escravo sendo reprogramado e abusado fica mais explicito com o decorrer do videoclipe, a parte acima é quando uma das cantoras está em um quarto de atendimento médico, as pessoas ao redor dela, acima como nas cenas anteriores e seguintes, podem representar as imagens de alucinações que são citadas na canção ou representar alguns programadores. A parte cantada por ela nessa parte complementa ainda mais esses simbolismos apresentados:

O psicológico poderia ser esquizofrênico
Mas tudo que eu sei é que eu não me lembro
Onde eles pegam meus sentimentos?

Eu ainda escuto os sussurros
Está frio? Porque eu sinto arrepios
Girlicious - Maniac 6 Girlicious - Maniac 7 Girlicious - Maniac 8
Espelhos rachados atrás das três cantoras

Não há uma pessoa "real", se você quebra um espelho em mil pedaços, não há nenhuma peça única que é o espelho "real" original, mas sim simplesmente fragmentos que podem, por sua vez funcionarem como espelhos. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

Nesse caso o espelho está rachando, novos fragmentos de personalidade estão prestes a ser criados. Clipes como Sweet Dreams, de Beyoncé mostram os fragmentos de personalidade já feitos pela quebra. Alguns outros elementos como ar, água, terra e fogo representam a transformação de um alter, constantemente no clipe Maniac temos as três garotas debaixo de uma corrente de água.
Girlicious - Maniac 10

Recentemente, alguns clipes vinham com algumas “mensagens de socorro”, que por muitos eram interpretados como libertação, rebeldia ou coisa parecida. Neste videoclipe temos esse tipo de mensagem novamente, mas o que fica realmente interessante, é notar que esse clipe aponta todo o pedido para o fim da dor, e que a reprogramação do escravo precisa ser feita, o que explica muito e revela o sentido oculto de filmes ou clipes que parecem mostrar “libertação”.

Atente a letra dessa parte:
(wa, wa, wa, wa) Eu preciso de um médico
(wa, wa, wa, wa) l-l-l-louco
(la, la, la, la) Lá vai a vizinhança
A vizinhança
Eles deveriam

Vamos analisar cada parte desse momento. Em ‘Eu preciso de um médico vemos novamente toda a questão mental sendo apontada de novo, muitos fãs poderiam dizer que não tem nada a ver, isso realmente seria negar o que o clipe vem representando desde o seu começo. Algumas das imagens no local que ela está revelam um simbolismo ainda mais sinistro para o clipe.
Girlicious - Maniac 12

O que realmente revela todo o simbolismo e influencia do Sistema Illuminati Monarca são as imagens pintadas na parede. Note que há dois olhos fixados juntos fixados (constantemente na carreira de Michael Jackson vemos referências a esse simbolismo, somente pegando essa parte da face), diversos olhos soltos, a palavra ‘The End’, crianças dentro do útero ligadas ao olho que tudo vê, diversos olhos dentro do útero que também parece conter um estado da lua, e alguns buracos negros.

Um dos maiores segredos do escravo é que o seu sistema alter foi demonizado enquanto era um feto.  Primeiro, isso daria a frente religiosa do alter e as informações necessárias para obtê-los no caminho certo para cura, as mentiras também poderiam afetar negativamente a programação e alguns alters de frente não percebem o quão premeditados todos os traumas e torturas são.

(…) Se o plano preferido dos Illuminati é seguido, tem início 4 etapas fundamentais para preparar a vítima para a programação.  (…) A primeira fase é a cerimônia inicial de traumatização In Utero.  A segunda etapa é ter um parto prematuro, o terceiro estágio é proporcionar um intenso amor para a criança durante os primeiros 18 meses (…) e a quarta etapa é puxar esse amor longe e dividir a mente da criança permanentemente. 

(…) Ao tomar o bebê prematuramente, dá também  aos programadores um começo avançado na programação. - Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

Todo o ritual de demonização e traumatização é feito em um local com pisos maçônicos. Para o leitor entender, certos tipos de adereços são preferíveis por eles para que ocorra um ritual, um desses simbolismos é o piso maçônico (piso quadriculado, na maioria das vezes é preto e branco). Alguns filmes financiados pela própria Elite, mostram rituais, assassinatos e outros acontecimentos horríveis ocorrendo na maioria das vezes, em cima de pisos como esse mostrado abaixo.
Girlicious - Maniac 13

O que acaba por revelar o simbolismo de controle mental Illuminati é o fim da canção que uma das cantoras fala neste momento. Ela diz: Lá vai a vizinhança, A vizinhança, Eles deveriam, o que isso teria de incomum? Pessoas de dentro, como por exemplo ex-programadores afirmam que o codinome que na maioria das vezes os referem é “A Rede” ou “Vizinhança”.

As letras da canção deste momento em seguida só acabam por confirmar todo este conceito simbólico monarca:

(wa, wa, wa, wa) Eu preciso de um médico
(wa, wa, wa, wa) l-l-l-louco
(la, la, la, la) Lá vai a vizinhança
A vizinhança
Eles deveriam

Me trancar, me trancar, me trancar (Oh)
Me trancar, me trancar, me trancar

As paredes estão balançando e eu estou paranóica
Alguém pode parar o barulho na minha cabeça?
O relógio está correndo e eu estou prestes a estourar
Assim como um maníaco no limite

No-Oh-Wow-O-Wow-Uh-Oh-Oh-Wow-O-Uh-Oh (uma maníaca)
No-Oh-Wow-O-Wow-Uh-Oh-Oh-Wow-O-Uh-Oh (uma maníaca)

Me trancar, me trancar, me trancar
Me trancar, me trancar, me trancar

O fim do clipe acaba por ser óbvio, mas não menos simbólico, pois todas dessa vez são presas juntas no término da canção.Girlicious - Maniac 15Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.