quarta-feira, 22 de junho de 2011

Novo sistema de propulsão pode tornar helicópteros obsoletos

 
(Fonte da imagem: IAT21)
A companhia austríaca IAT21 apresentou durante o Paris Air Show 2011, evento que ocorre entre os dias 20 e 26 de junho, um novo sistema de propulsão que promete tornar helicópteros coisa do passado. Batizada como D-Dalus, a invenção utiliza quatro turbinas cilíndricas rodando a 2200 RPM para propulsionar veículos em qualquer direção.
Dentro de cada cilindro há uma série de lâminas com aparência semelhante a asas, capazes de mudar livremente seu ângulo para ajustar a trajetória de movimento. Com isso, o D-Dalus tem liberdade de movimentos de 360 graus, podendo se propulsionar tanto para cima quanto para baixo de maneira simples.
Toda a movimentação da invenção é controlada por algoritmos de computador, o que torna o processo de controle muito mais simples que o de um helicóptero tradicional. A novidade já atraiu a atenção do setor militar, devido à facilidade que apresenta para se movimentar em locais apertados e para pousar em plataformas móveis.

Perfeito para uso militar

Outra vantagem do D-Dalus é o fato do sistema de propulsão ser muito mais silencioso que o de um helicóptero, permitindo utilizá-lo em ações secretas ou em aparelhos que entram em edifícios. Como não possui peças externas, a invenção pode ficar próxima a superfícies sem qualquer problema, além de possuir maior resistência a elementos atmosféricos.
(Fonte da imagem: IAT21)
A IAT21 vê diversas possibilidades de uso para sua invenção, incluindo a remoção de objetos explosivos ou contaminados por radiação e o resgate de feridos em áreas de difícil acesso. Como a invenção é capaz de levitar grandes quantidades de peso, a companhia pensa em aplicá-la como uma forma de ajudar a carregar contêineres em navios sem o uso de guindastes.

Manutenção facilitada

O D-Dalus é totalmente construído em fibra de carbono, e pode ser construído em diversas escalas, o que amplia ainda mais os usos que podem ser dados ao sistema. Segundo os inventores, o sistema mecânico utilizado é muito simples, o que torna a manutenção tão simples quanto a de um automóvel comum.
Atualmente, a novidade ainda está passando pelas primeiras fases de teste e deve sofrer algumas mudanças de design antes de ser empregada em larga escala. A IAT21 anunciou que está trabalhando junto com a Universidade Cranfield na construção de motores em escalas maiores, em uma nova forma para o casco da invenção e no desenvolvimento de um sistema de controles aprimorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.