sábado, 14 de maio de 2011

Parabéns, Dep. Bolsonaro!

APÓS CITAR OS CRIMES DA FAMIGERADA "CARTILHA GAY DO MEC" PARA ADOLESCENTES DE TODO O BRASIL, DEPUTADO JAIR BOLSONARO É AGREDIDO PELA SENADORA MARINOR BRITO - VISIVELMENTE DESEQUILIBRADA. VEJA O VÍDEO E O QUE O DEP. BOLSONARO FALOU APÓS A AGRESSÃO!

O
debate ontem (12) em torno do projeto de lei da Câmara dos Deputados que criminaliza a homofobia no país terminou numa discussão entre a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) e o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Após a retirada do projeto da pauta de votação, enquanto a relatora da proposta, Marta Suplicy (PT-SP), concedia entrevista à imprensa, Bolsonaro exibiu um panfleto contra a ampliação dos direitos dos homossexuais, o que irritou Marinor Brito, que chegou a bater na mão do deputado.
Marinor tentou impedir que Bolsonaro exibisse o panfleto e o chamou de homofóbico. “O senhor é um homofóbico. Pratica homofobia com dinheiro público. Deveria ser cassado”, disse a senadora paraense. Já o deputado alegou que estava, apenas, calado exibindo um folder chamando a atenção para o que ele classificou como um “plano nacional da vergonha”. “O governo está distribuindo nas escolas de primeiro grau uma cartilha estimulando nossas crianças a serem gays”, afirmou.
Bolsonaro já responde a uma representação no Conselho de Ética da Câmara pela acusação prática de racismo e homofobia por declarações a um programa de televisão. Na ocasião, ao responder uma pergunta formulada pela cantora Preta Gil, o deputado respondeu que os filhos não corriam de terem relacionamento com gays porque não tinham sido criados em um ambiente de promiscuidade como ela.



Mesmo pedindo a retirada de pauta do projeto para maior debate sobre a proposta, Marta Suplicy defendeu a proposta como forma de coibir a violência contra os homossexuais. “O projeto é totalmente constitucional. Os contrários não estão tendo mais argumentos. É importante continuar conversando com os que são contra”, disse Marta. “O projeto pede mais respeito aos homossexuais e vai coibir assassinatos e espancamentos como os que ocorreram em São Paulo. A agressão aos homossexuais não é a mesma coisa que a briga em um bar”, acrescentou a petista.
Em seu substitutivo, Marta incorporou algumas modificações que feitas pela relatora anterior, a ex-senadora Fátima Cleide, e acrescentou outras. Ente as alterações em relação ao texto da Câmara, estão a inclusão de punições para a discriminação de idosos e de pessoas com deficiência e a especificação de que a pena de três anos de detenção para quem "praticar, induzir ou incitar a discriminação ou o preconceito" não se aplica à "manifestação pacífica de pensamento decorrente de atos de fé, fundada na liberdade de consciência e de crença".
Pela proposta, será punido quem impedir manifestações de afetividade entre pessoas homossexuais em locais públicos, quem recusar ou sobretaxar a compra ou a locação de imóveis em razão de preconceito, ou quem, pelo mesmo motivo, prejudicar recrutamento, promoção profissional ou seleção educacional. O senador Magno Malta (PR-ES) disse que o projeto é inconstitucional. “É um projeto eivado de inconstitucionalidades. Estão tentando criar um império homossexual no país. Se não dá emprego, será punido, se manifestar conta, será punido. O que precisamos é respeitar essas pessoas”, disse Malta.
Fonte: Exame

NOTA: Bolsonaro Presidente!!

Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

8 comentários:

  1. ISSO É UMA VERGONHA QUERER CRIMINALIZAR OPINIÕES, CRÍTICAS CONTRA GAY,A DEPUTADA É VIOLENTA ATÉ BATEU NA MÃO DO DEPUTADO ELA PODE FALAR O QUE QUIZER OS OUTROS NÃO.

    ResponderExcluir
  2. que bom ter este espaço de apoio as familias cristãs e vamos orar p/ que " pedras" como o deputado jair bolsonário clame em favor da família.

    ResponderExcluir
  3. olá quero parabenizar este canal aberto as famílias sérias deste País e agradecer as " pedras que clamam", como Jair bossonário" que defende as pessoas terem a liberdade de serem contra a libertinagem gay.

    ResponderExcluir
  4. A existência dos protocolos sábios de sião é verdade ou mentira?

    ResponderExcluir
  5. O conteúdo do protocolo sábios de sião está sendo praticado no Brasil? Ele existe ou não?

    ResponderExcluir
  6. Senhor Cristo Abençoai Essas Almas Desorientadas E De Alento À Suas Dores e Luz À Sua Ignorância.

    ResponderExcluir
  7. Que Deus tenha misericórdia das crianças,pois elas serão as mais atingidas,eles querem tirar a pureza das pessoas através dessas leis abomináveis.

    ResponderExcluir
  8. a agenda está sendo cumprida..
    nós devemos nos organizar,nos manifestar pacificamente contra a agenda gaysista..
    não tenho nada contra os gays pelo contrário,sou heterossexual. e tenho amigos gays que não concordam com esse movimento..
    como disse o clodovil em um comício, não vamos confundir liberdade com libertinagem..
    eles querem impor uma mordaça gay, qualquer manifestação contra eles taxam de homofobia.
    devemos nos organizar antes que seja tarde demais..a elite divide para conquistar, eles fizeram a lição de casa.. e nós, fizemos a nossa??
    somos todos iguais perante a Deus..os gays tem o direito de serem brasileiros e nada mais..que Deus tenha misericórdia de nós..Amém

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.