segunda-feira, 23 de maio de 2011

O Simbolismo de 'Run The World (Girls)'



Run The World 1

Após algum tempo fora dos holofotes da indústria do entretenimento, Beyoncé volta as paradas musicais com seu mais novo single Run The World (Girls), que estará presente em seu mais novo álbum, intitulado ‘4’.

O seu mais recente videoclipe, retrata em primeira vista, uma revolução de mulheres contra um outro grupo, nesse caso, de homens. Para o leitor ingênuo, o clipe pode-se conter apenas na mensagem de que as mulheres tem que lutar por um independência, e uma revolução contra o machismo por parte dos homens. Na vista superficial, realmente é o que aparenta ser, assim como inúmeras pessoas concordam com a “mensagem de arrependimento” do segundo videoclipe de Lady Gaga, chamado Judas.

Apesar de muitos fãs e pessoas bastantes alienadas acharem que essas análises  e os simbolismos encontrados acusam artistas de serem Illuminati (o que seria totalmente ilógico) ou satânicos, poucos entendem que o que essa elite realmente quer ( e está conseguindo) é uma sociedade totalmente cega social e espiritualmente, onde a grande massa cresce achando que tudo passa de um simples entretenimento.

Muitos se perguntariam por qual razão e porque essas mensagens são propagadas por eles. Para que entenda um pouco mais, antes ver a análise, veja (ou reveja) o vídeo abaixo:
 

O vídeo

O Diretor
Francis Lawrence

Francis Lawrence (nascido em 26 de março de 1971) é um diretor de videoclipes e diretor de cinema. Além do recente clipe de Beyoncé, ele também dirigiu outros clipes bem conhecidos pelas pessoas, e também carregados de simbolismos. São por exemplo:
Bad  Romance Bad Romance
I Slave 4 U
I’m A Slave 4 U
Buttons
Buttons

Além de clipes como esses, dirigiu filmes bastantes carregados de simbologias ocultistas, como Constantine e Eu Sou a Lenda. Para entender um pouco do simbolismo carregado do filme Eu Sou a Lenda, veja o vídeo abaixo:
 

Análise do Vídeo
Run The World 2
O Cavalo Negro

Como o segundo single e videoclipe de Britney Spears, Till The World Ends, a nova produção de Beyoncé não contém um simbolismo muito oculto para a maioria das pessoas. Em torno de uma movimentação, onde o mundo está se “deslizando” para que surja uma Nova Ordem Mundial, em que muitas pessoas, apesar de ser profético, tentam alertar para o engano que surgirá quando ela se estabelecer.

O novo clipe da cantora se concentra bastante nesse aspecto, e talvez, seja o primeiro e mais significativo de uma Agenda, que poderá se seguir na mídia, para que além da banalização do assunto, esse termo seja colocado como uma coisa “boa, saudável e necessária”.

O vídeo não gira em torno de uma simbologia complexa composta de uma história, como é mostrado em clipes como Born This Way, de Lady Gaga, mas apresenta alguns simbolismos bastante significativos em um clipe que aborda esse tema. Nos ensinamentos ocultistas, uma das primeiras cenas desta produção videográfica é bastante simbólica, além de se relacionar com o assunto tratado, que é a Nova Ordem Mundial, que é dita como uma era da Iluminação:

O cavalo negro tem o poder de entrar na escuridão e encontrar a luz.

O simbolismo do cavalo varia em diferentes culturas e de acordo com as cores do eqüino. Algumas sociedades acreditam que os cavalos são presságios de morte e do mal.
Run The World 3
O Touro

Em algumas cenas do videoclipe, alguns animais e simbolismos são mostrados rapidamente:


O touro é algo único no mundo do simbolismo, ele é tanto uma criatura solar e  lunar. Assim como o leão é o rei do terror e das feras da floresta, o touro é o rei da fazenda e, a personificação da força bruta e poder. O leão, o touro, e o sol são símbolos populares de vida e ressurreição. Sin, o deus-lua de Ur, antiga, foi muitas vezes retratado como um touro.

No Egito, um touro negro sagrado conhecido como o boi Apis foi mantido em exposição. Acreditava-se ser a encarnação do deus da fertilidade e criador Ptah, juntamente com o criador do céu e deus Amon e Osíris, o deus dos mortos. Foi um símbolo da criação e da morte e assim da reencarnação. Apenas um touro Apis viveu em um tempo. Foi reconhecido por estas marcas distintivas: um escaravelho na sua língua, um abutre sobre as suas costas, um triângulo branco na testa, e uma lua crescente em seu flanco direito. Às vezes era retratado carregando o disco solar entre seus chifres. Era adorado como um ídolo, em vez de sacrificados. Amon era também conhecido como o "Touro Celestial."
Run The World 4
A Dama de Vermelho

Um dos simbolismos que passam rapidamente despercebidos, e que é pouco conhecido por alguns, é a ‘dama de vermelho’. O filme Matrix, deixa bem exposto esse simbolismo. Segundo algumas fontes, o simbolismo chega a ser espiritual:

A dama de vermelho representa uma vida mais excitante. Ela é uma distração, mas também uma falsa promessa de algo melhor. Algo mais estimulante.

Ela é uma fuga das responsabilidades da vida real.
Uma fuga de fazer a coisa certa.

Ela representa a liberdade das estradas mais difíceis na vida que é preciso tomar.
Ela representa tudo o que sempre foi dito que quer e que ela pode fazer-nos crer que, tendo ela, vai se ter uma vida melhor.

Representa a arma secreta de Satanás ...  representando todos os seus desejos de sexo, dinheiro e fama.

Através dela, você vai escolher os prazeres terrenos sobre os celestiais (espirituais).
Run The World 5

O intrigante em uma das cenas mostradas (imagem acima), aparece uma mulher em uma posição extremamente idêntica a de uma pessoa pregada na cruz, o que reforça o contexto simbólico de uma falsa revolução (como você vê no final do videoclipe), e também o fim da era cristã.

É interessante notar a imagem abaixo, onde a mesma aparece ao lado de um leão, que para muitos poderia significar, de acordo com a imagem acima, uma representação cristã.
Run The World 6

Longe de representar um simbolismo cristão, pelas excessivas mensagens de uma Nova Ordem Mundial, onde uma “revolução” é mostrada, o simbolismo é colocado a partir de outro ponto. Segundo alguns sites populares, o clipe representava uma nação de mulheres africanas, reforçando outro simbolismo:

No Egito, o leão representava o calor feroz do sol e foi visto na semelhança de Sekhmet, que é a deusa egípcia conhecida como o Olho de Ra.
Run The World 8
Beyoncé e duas hienas

A imagem acima representa um dos momentos mais significativos e simbólicos do clipe. A junção desse simbolismo com a mensagem de revolução e uma nova ordem fica mais explicita:

O simbolismo da hiena decorre de vários fatos sobre o animal. É noturno e, portanto, misterioso.  A maioria das espécies de hienas são comedores de carniça, e assim se pensa ser imundo, covarde e ganancioso. É um símbolo da ganância e seu nome vem do grego "hys", que significa "porcos". A hiena manchada (imagem acima) é um predador vicioso que caça animais de grande porte em bandos e pode até atacar pessoas. .



Naturalistas tinham o pensamento que hienas eram hermafroditas, ou o resultado do acasalamento de um cão com um lobo. De acordo com escritos antigos, como Metamorfoses de Ovídio e os Physiologus, a hiena continuamente mudou seu sexo e natureza de homem para mulher e vice-versa. É, portanto, uma imagem de deformidade sexual, prostituição e comportamento sexual desviante.



A hiena também era um símbolo de sabedoria e inteligência, no entanto, por causa de seu riso constante, seu conhecimento era visto como sendo do tipo rebaixado, profano, terreno, ou de iniciação. A hiena sábia era boba em comparação com o Deus que tudo sabe e simbolizava a loucura da sabedoria humana, por oposição à do Pai (I Cor. 1:25).



Acreditava-se ter poderes de adivinhação e de fascínio e conhecer os segredos da magia, as forças de mortos, ocultas ou demoníacas. Foi pensada para imitar vozes humanas e chamar suas vítimas pelo nome. Este talento tornou um símbolo do Diabo, que disfarçou sua voz tentadora como o de um anjo (repare a roupa da cantora neste momento).  Ele causou confusão em sua presa e hipnotizou-os com sua sombra ou o toque de sua pata. Acreditava-se que as almas dos seres humanos que haviam comido, permaneciam sempre visíveis aos olhos da hiena que devorou.



No Mali, havia hienas machos semelhantes a lobisomens. Para alguns, eram geralmente homens maus ou demônios que ocasionalmente se transformaram em hienas, a fim de caçar o homem.  Eles usavam talismãs mágicos para se protegerem dos caçadores e só poderiam ser destruído através de uma bela mulher nua para a isca.
Run The World 9
Revolução?

No mesmo contexto do segundo clipe de Britney Spears, o videoclipe não se concentra em uma mensagem longa e elaborada, mas sim em passar uma mensagem especifica, onde no clipe Till The World Ends, se concentra no engano de 2012. Em ‘Run The World (Girls)’, o simbolismo é concentrado em uma revolução que se rende (ou se une), como é mostrado na imagem abaixo, onde o tema central, que é composto de guerras, violência e revolução, se unem formando uma idéia de uma Nova Ordem Mundial, que no clipe, é retratado como uma “revolução”.
Run The World 10

Conclusão
Beyoncé - Run The World (Girls)


Em meio há tantas mensagens sendo pregadas em forma de entretenimento e diversão na mídia, assuntos sérios e importantes a serem alertados, como a Nova Ordem Mundial, são facilmente deixados de lado, quando produções como esse clipe, abordam em uma forma de entretenimento todo o tema.

A banalização, desinformação e a forma com que assuntos sobre conspiração estão virando entretenimento é gritante, e somente poucos tem tido a coragem de observar que há alguma coisa de errado, e que uma Agenda de alienamento é pregada a todo custo.
FONTE

Um comentário:

  1. nossa como eu vi esse clipe tenho o cd eo dvd
    e nunca percerbi é iluminate purrinho ou maçonaria sei lá só jesus

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.