terça-feira, 17 de maio de 2011

Natalia Kills :Vídeos Illuminati "Zombie" e "Wonderland", dedicados ao controle da mente

A poucos anos atrás, o cenário da música pop incorporou gradualmente doses crescentes de simbolismo iIlluminati  e controle da mente em seus vídeos musicais. A novata cantora pop Natalia Kills é definitivamente mais um passo nessa direção. Enquanto outras estrelas da música pop misturam simbolismo subversivos com outros temas e assuntos assuntos,os vídeos de Natalia parecem incidir exclusivamente sobre as imagens de controle da mente. Veremos os vídeos da carreira deNatalia  Kills , ''Zombie " e " Wonderland ".


Natalia Kills é uma compositora e cantora Inglêsa que assinaram com Will.i.am e Interscope Records. Nada diferente de outras estrelas pop femininas, Natalia começou a trabalhar na indústria do entretenimentna na idade jovem (7 anos). Em 2005, Natalia Kills juntamente com um rapper conhecido como Verbalicious e lançaram um single intitulado Don't Play Nice, uma canção-rap,  parte lúdica, com Natalia ostentando uma imagem com estilo diferente e radical .
Depois de ser tomada sob a asa do Cherrytree Records, uma editora Interscope, o seu nome foi alterado para Natalia Kills, seu estilo musical mudou para electro-pop e sua imagem global se tornou muito mais obscura, do modismo e distorcida. Em outras palavras, ela se transformou em uma estrela pop Illuminati.



Embora não tenha o mesmo nível de popularidade no mundo inteiro, Natalia Kills é freqüentemente comparada a Lady Gaga. Embora os fãs provavelmente não gostem da comparação, há certamente várias semelhanças entre as cantoras: As duas começaram a cantar em tenra idade, ambos assinaram com a Cherry Tree Records, Interscope, ambos foram submetidas a uma metamorfose extrema logo depois de terem  assinadas a tornaram-se nervosas e hiper-sexualizadas, ambos mudaram seus nomes após a assinatura  artistica com a Cherry Tree, ambos trabalharam com os mesmos produtores (Notem as referenciaspara Cherry  Boom  em suas músicas), e mais significativamente,  incorporaram ocultismo pesado e  imagens de controle da mente em seus vídeos.
Há uma ligeira diferença no mundo de Natalia, no entanto: acredite ou não, as imagens de controle da mente e do simbolismo é ainda mais flagrante. Suas músicas e os vídeos podem efetivamente serem lidos como um diário de uma vítima de programação Monarca (para uma explicação detalhada do termo, leia o artigo Origens e Técnicas do controle Monarca aqui no Apocalink ).
O mundo musical de Natalia  é dominado pelos conceitos de tortura, a opressão,  manipuladores de sádicos, violência, abuso sexual e drogas. Em  três de seus vídeos, Natalia é degradada e abusada, sempre combinando sexo e violência (nossos dois instintos primários).

Reflexões e espelhos fraagmentado - simbólos das personalidades fragmentadas das vítimas de controle mental.
Natalia do primeiro single, Espelhos, exibe todas as referências obrigatórias  ao controle da mente através do simbolismo (espelhos fraagmentados, coração enjaulado, etc) e BDSM (Bondage, Dominação, Sadismo,Masoquismo). Entretanto, são seus dois singles subsequentes, Zumbi e maravilhas(tradução), que associam claramente com Natalia , o controle da mente Monarca (para aqueles que entendem o simbolismo Monarca, sozinhos, os nomes das canções  dizem tudo). Vamos olhar para o simbolismo destes dois vídeos.

Zumbi

Sem o vídeo, Zombie parece ser uma música sobre estar apaixonada por um cara de coração frio que não retornou suas ligações.  A configuração do vídeo, no entanto, definitivamente, não corresponde a essa interpretação: Natalia é amarrada a uma mesa no que parece ser um laboratório frio (controle da mente ?), E é controlada por uma pessoa invisível que sadicamente  tortura ... Natalia, por quem  está apaixonada.

O vídeo começa mostrando , manequins sem vida e desmembrados, um símbolo clássico que representa o programa monarca , a  impotência dos escravos e o  controle da mente. Este símbolo é encontrado em muitos outros vídeos de música que contam com temas de controle da mente.

Uma máscara é cuidadosamente removida do rosto de Natalia. As máscaras são realmente utilizados em escravos do programa  monarca  e confundi-los. Eles representam simbolicamente as personas dos escravos criados artificialmente, que pode ser colocada e retirada pela vontade do manipulador. O manipulador usa  luvas de borracha apenas provar que Zumbi não é uma relação entre amantes, mas entre uma escrava e seu programador.

Neste flash da cena, o condutor aparentemente  liga uma coisa na cabeça de Natália (uma referência ao eletrochoque?)

instrumentos de tortura utilizados pelo seu manipulador. Este  vídeo não é definitivamente sobre Natalia estar apaixonada. Em outra cena, o manipulador é mostrado com uma seringa, que são utilizadas no controle da mente, para injetar alucinógenos potentes e sedativos em vítimas de programação.
No contexto do vídeo, fica claro que as letras são realmente sobre uma paixão doentia, uma força gerada e  que um escravo sente para o seu ''doutrinador''. O início da canção descreve a relação:
Eu estou apaixonada por um zumbi
Não pode manter suas mãos longe de mim
Eu acho que ele está olhando para mim
Mas ele está olhando através de mim
Você acha que é menino muito legal
O sangue correndo em minhas veias agora
Você quer o meu corpo
Você quer o meu cérebro, cérebro, cérebro, cérebro
Não pode manter suas mãos longe de mim é uma das referências para o carácter abusivo do "sexual" entre Natalia e seu manipulador. As duas últimas linhas deste verso são realmente as mais arrepiantes: você quer o meu corpo / Você me quer  o meu cérebro, cérebro, cérebro, cérebro. O manipulador, também conhecido como zumbi, na verdade, quer o seu cérebro, ou seja, o último objetivo é o controle da mente. Ele está abusando sexualmente dela para causar o trauma e a dissociação, que cria e  alterar psicologicamente a personalidade, o objetivo final da programação Monarca. O vídeo deixa claro: Nós definitivamente não falamos de um rapaz bonito que não retornou as ligações dela, mas de um sádico, figura tipo de Josef Mengele . Assim, o Zombie é um manipulador do controle da mente e do coro da canção é "Eu estou apaixonado por um zumbi" ... preocupante  ainda é que a maioria dos ouvintes que nunca saberão o verdadeiro significado da música (zumbis são tão legais, né?).
Depois dever este frio e robótico vídeo , eu tenho a sensação de que os vídeos posteriores de Natalia seriam nada menos do que os simbolismos explícitos, uma vez que novos cantores sempre empurram adiante  ... acho que eu estou certo.

País das maravilhas


Escrava MK,  cego à sua realidade, com o foco na cor vermelha, a cor do sacrifício.
Para aqueles que sabem ou estão familiarizados com o simblismo do controle  da mente, o nome do single, Wonderland, é mais  do que apenas música é uma referência a Alice no País das Maravilhas, que  é um filme primáriamente associado com a programação Monarca, uma vez que é uma real ferramenta de programação. Usando associações no filme, os escravos são realmente encorajados a "Walk Through the Looking Glass" - o que significa que se dissociam da realidade. No conto de fadas, Alice entra em um mundo de fantasia onde tudo é mágico, invertido e instável, um mundo semelhante ao mundo interno do escravo, onde tudo pode ser modificado pelo manipulador.
Sabendo disso, a aparentemente a aleatória e incompreensível história  do vídeo Wonderland começa a fazer sentido. Se você ler outros artigos  neste site, você provavelmente poderá reconhecer e identificar o significado destes símbolos, uma vez que eles são encontrados em inúmeros vídeos de outras músicas. O uso constante do mesmo conjunto de símbolos através da cultura popular não é uma coincidência: A história está sendo contada em termos velados para aqueles que têm "olhos de ver"(entender).
A canção fala de desilusão para com o mundo mágico dos contos de fadas. Este sentimento é particularmente verdadeiro para o controle da mente das vítimas, que são programados através do uso contos de fadas por seus tratadores. O mundo encantado das histórias é, naturalmente, um nítido contraste com a realidade terrível do dia-a-dia dessas vítimas, mas eles são programados para reconhecer paralelos entre as histórias e sua psiquê dissociada de seu interior. Isto reflete-se no primeiro verso do País das Maravilhas:
Eu não sou a Branca de Neve, mas estou perdida dentro dessa floresta
Eu não sou Chapeuzinho Vermelho, mas acho que os lobos têm-me
Não quero  os estiletes, eu não sou Cinderela
Eu não preciso de um cavaleiro, assim que o bebê, tire todas as suas armaduras
Este versículo descreve a confusão mental (perdido no interior dessa floresta), o controle de manipuladores (acho que os lobos me têm ) e até mesmo o abuso sexual (não quero aqueles estiletes) infligidas em vítimas MK pelas mesmas pessoas que falam muito os contos de fadas. Apesar dessas referências, pode-se argumentar que a música em si pode ser interpretada como querendo "amor verdadeiro" e não "fazer crer". Bem, como sempre podemos nos voltar a ver o vídeo para um esclarecimento ... e neste vídeo é é muito claro, não há amor envolvido.
Cheio de flashes semi-subliminares de palavras poderosas e imagens horríveis, o vídeo não faz alusões a um interesse amoroso, mas na abundância de referências ao controle da mente. Algumas das frases piscam na tela são reais mantras martelados na cabeça das vítimas de controle mental para confundir e traumatizá-los.

"O amor é dor" é citado no livro de Fritz Springmeier a"A Fórmula Illuminati'',para criar uma escrava controlada mentalmente" como uma das inversões reais, utilizados por manipuladores de controle mental em suas vítimas. Os escravos são programados para perceber realmente a tortura como uma forma de amor. Do livro: "O programador também leva em consideração o que são chamados de" palavras de poder ". Essas são palavras que têm um  significado especial para a pessoa. Os programadores também gostam de usar reversões e trocadilhos, por exemplo (...) "A vida é a morte, e morte é vida", "A dor é amor, eo amor é dor."

Esta estranha imagem pisca por cerca de meio segundo.(Pode significar que o Olho que tudo vê , dos illuminati controlam e manipulam a música)
O vídeo começa com uma espécie de procissão ritualística, onde Natalia - vestida de vermelho, a cor do sacrifício ocultista - é forçosamente a levam a algum lugar por homens da tropa de choque. A cena é salpicada com ondas curtas mostrando a polícia  espancando as pessoas durante um motim - colocam o vídeo no contexto de um Estado policial opressor.

Natalia como Chapeuzinho Vermelho ... levam para os lobos.
Natalia é seguido por mulheres vestidas de preto e segurando uma bandeira vermelha, aludindo ao caráter  ritualístico da procissão. Ela é levada para um prédio seguro onde ela é forçada a participar de um jantar altamente simbólico.

Sob a supervisão da tropa de choque polícia , o jantar tem lugar em um chão quadriculado - o piso ritualística maçônico destaque em inúmeros outros vídeos e filmes (para mais informações sobre o chão quadriculado leiam o artigo O Mistério do piso maçônico aqui no Apocalink).
A mesa de jantar em si é repleta de símbolos alusivos ao controle da mente. Alguns exemplos:

Um brigadeiro cheio de comprimidos -  misturando as coisas com amor e a causa de seu abuso(Remédios).

bonecas de porcelana na mesa de jantar. Como o braço das manequins menos vistas em Zumbi, esses bonecos representam a impotência dos escravos do controle da mente.

Jantar com convidados usando máscaras de coelho branco. Em Alice no País das Maravilhas, Alice seguiu o coelho brancoaté o buraco do coelho, levando-a ao País das Maravilhas. Na programação Monarca ao escravo é dito: "siga o coelho branco" para alcançar maravilhas - uma palavra  código para a dissociação total. No vídeo, o coelho branco engole uma pílula, e diz para Natalia fazer o mesmo.
Em outra cena, Natalia tem os olhos encobertos pelas mãos de várias pessoas ocultas. Esta imagem simbólica é também utilizada em outras mentes controlada s, em vídeos temáticos para representar os manipuladores desta cegueira que controlam os escravos.

Top: Natalia  no País das Maravilhas; inferior: Rihanna no pequeno vídeo publicitário de  seu perfume . Ambos os vídeos contêm simbolismo pesados Monarca  ​​e ambos apresentam este cenário preocupante.
O jantar é realizado sob a supervisão de policiais da tropa de choque. Como vimos em artigos anteriores, há um esforço consciente para "normalizar" a presença de símbolos de um estado policial na cultura popular, daí a sua presença em vários vídeos e apresentações musicais .

NWO(New Wolrd Order-Nova Ordem Mundial), a Polícia supervisiona o processo de controle da mente (o jantar)  acontecendo lá embaixo.
Depois de "estalar as pílulas", Natalia se torna um pouco barulhenta, o que levou a polícia a invadir o local e  espancá-la violentamente . Ela é então levado para fora, onde o seu sacrifício terá lugar.

Um carrasco de estilo medieval  corta a cabeça de Natalia.
No início do vídeo, Natália mostrou vestidos de vermelho (a cor do sacrifício) e é seguido por mulheres vestidas de (morte e manhã) preto. Seu sacrifício ritual foi planejado desde o início. Em termos o processo de  controle da mente causou em Natalia a dissociação,e  ir ao país das maravilhas a fez  "perder a cabeça". A transformação, que ocorreu no chão quadriculado padronizado, Natália causou a perdeu o controle de sua mente e de suas ações. Através do trauma de opressão, drogas e abuso físico, Natalia foi dissociada e foi  para o País das Maravilhas, o único refúgio para o seu sofrimento  nas mãos dos manipuladores, neste caso, ''cantar'' é o país das maravilhas dela e é a fuga para seu sofrimento.
Como o machado cai, rasga a tela e a palavra "maravilha" aparece em vermelho, associando ao corte de sua  cabeça  com o verdadeiro significado da palavra "maravilhas" nesta canção. O vídeo termina com uma imagem inspiradora, destinada a erguer uma geração de mentes jovens:

Natalia com a cabeça decepada com um bando de moscas à sua volta. Um símbolo adequado para a  cultura pop, onde eles estão dizendo o que acham dos fans consumidores de suas músicas.

Em Conclusão

Como os veteranos pop stars perderam sua vantagem e sua "mágica",  os recém-chegados ao cenário musical  vempara encantar os fãs de pop mais uma vez. As gravadoras e a indústria fonográfica Illuminati como um todo, está consciente da natureza do negócio, a qual é alimentada constatantemente por jovens que  buscam a emoção barata e próxima a tendência mais quente. Em questão de meses, os fãs a estarão  imitando, consumindo sua urina e comendo seu escremento. Tipo acabou Madona(Pela idade), eles lançam Lady Gaga, acabando Gaga, surgirá outra e assim por diante , no caso de pessoas que nunca se cansam de Lady Gaga, as gravadoras já estarão preparando a próxima geração para servir ao simbolismo dos Illuminati.
Como o público se torna cada vez mais insensíveil à Agenda Illuminati, os vídeos mais elaborados, sem censura, cheios de referências ao controle da mente, que é sem dúvida a prática mais sádica e maligna do mundo. Os vídeos Natalia podem ser lidos como um diário de uma vítima Monarca, onde ela descreve um mundo dominado pela opressão, tortura, violência, abuso sexual e drogas. O mundo horrível de escravos Monarca é exposto, como Natalia é abusada e degradadas por forças invisíveis, mas a coisa toda se apresenta como boa  e elegante.
Natalia não está atualmente ao nível de exposição de Rihanna e Lady Gaga. Ela porém tem tudo para se tornar uma favorita da  indústria musical illuminati  - uma candidata perfeita para liderar uma nação de zumbis ao País das Maravilhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.