quinta-feira, 19 de maio de 2011

Brasil assegura o direito a se masturbar vendo pornografia de internete no trabalho

"Ana Catarina Bezerra Silvares, a proprietária orgulhosa do teclado mais grudento do Brasil."

Não, não é piada não. Mais um capítulo em nossa crônica da morte da vergonha.








Van Helsing: Moonbattery, 16 de maio de 2011
Tradução: DEXTRA

A cada dia que passa, os comunas administrando este mundo erodem cada vez mais nossos direitos básicos à propriedade, liberdade de expressão, liberdade de associação e auto-defesa. Em troca, temos assegurados decretos coercitivos autoritários. Por exemplo: o governo brasileiro infringe os direitos do indivíduo a empregar quem ele quiser, mas os empregados têm um "direito" a  se masturbarem no trabalho:

Esta é a história de Ana Catarina Bezerra Silvares, funcionária de uma firma de contabilidade, divorciada, mãe de três filhos, moradora da vila [sic] de Vila Velha, Espírito Santo.

A mulher sofre de uma rara doença conhecida como "compulsão orgásmica", causada por uma alteração química na região cerebral do córtex, que a leva a se masturbar várias vezes por dia para aliviar a profunda angústia que causa.

Nestas circunstâncias, Bezerra entrou com uma ação contra a empresa onde trabalha, a qual ela ganhou, e agora ela tem permissão para se masturbar por quinze minutos a cada duas horas, além de usar o computador para ver imagens eróticas que estimulem seu desejo.

O jornal brasileiro North Regiao [sic] informou que a mulher confessou : "Houve um dia em que eu precisei me masturbar 47 vezes", acrescentando: "Eu comecei a achar que isto não podia ser normal e decidi procurar ajuda."

Atualmente, Bezerra segue um tratamento que inclui um potente coquetel de sedativos que faz com que ela se masturbe "apenas" 18 vezes por dia.

As vítimas da "compulsão orgásmica" também podem ter sua doença agravada pela co-morbidez de se sentirem compelidas a encherem a cara de cerveja e se entupirem de Cheez Doodles enquanto se masturbam acessando a internete em horário de expediente. Os rumores de que esta doença já alcançou proporções de epidemia entre os funcionários federais não foram confirmados.

3 comentários:

  1. Se todas as mulheres tivessem doenças assim e dessem pra qualquer um, ninguém ia mais se esforçar pra ficar rico, pois ficar rico = comer mulher. e iria acabar o roubo, corrupção, td pq a bct ia ter sempre uma a disposição !!!! PURA VERRDADEE

    ResponderExcluir
  2. ISSO DEVE SER DE CAUSA ESPIRITUAL...

    ResponderExcluir

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.