sexta-feira, 18 de março de 2011

Satanás é o presidente de Hollywood, diz desenho de TOM e Jerry

“E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero.”  (Lucas 4 : 6)
Resumo: Tom  e Jerry chegam ao escritório para se candidatarem a duble de corridas em um filme em Hollywood. O responsável pelo evento acha ridículo que um gato e um rato façam isso. Na cena seguinte,  a pirâmide com o olho de lúcifer (símbolo illuminati que também carrega o segredo do nome do prometido) começa a piscar. O responsável pelo evento e seu auxiliar se curvam em quanto a sala se transforma em um altar. Uma máquina abre o portal de  outra dimensão  e  o diabo aparece.



Os dois responsáveis pelo filme se curvam a satanás; e ele se transfere para a luz na forma do presidente de Hollywood  com roupas egípcias acompanhado de duas belas assistentes. Após a aparição, os dois responsáveis repetem cinco vezes:“Esse é o presidente de Hollywood”, representando o pentagrama satânico que o mesmo usa no pescoço. Após a aparição, o responsável pelo evento aceita  Tom e Jerry;    e esses assinam o pacto com satanás.
Esse desenho serve de condicionamento  para:
1) Adoração a imagem do cristo cósmico Baha’u’llah;
2) Aceitação do principio número 2 da harmonia entre a ciência e a religião que através de equipamentos como o LHC criarão a imagem de Baha’u’llah;
3) Condicionamento para o princípio da inversão da tábua da esmeralda (666 e 999), pois quando satanás está nas trevas as personagens sentem arrepios que é a tribulação (666), mas quando ele aparece na forma de um homem com duas lindas garotas transmite a paz (999).
4) Culto a besta de dois chifres. Nesse caso, ela é representada pelos dois responsáveis pelo evento que estão prestando culto a imagem da besta do abismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.