segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Hollywood mente! Veja como Hollywood espalha desinformação sobre as sociedades secretas

Durante os últimos anos, uma nova tendência apareceu em Hollywood: as sociedades secretas estão no centro das intrigas dos filmes. Alguns podem achar isso surpreendente, pois as sociedades secretas tem o suposto objetivo de se manterem expostos o menos possivel... bem .... Muitas pessoas da indústria do cinema fazem parte destas Irmandades Então, qual é o raciocínio por trás disso? Nós vamos olhar para o mito que Hollywood está tentando criar, examinando "National Treasure" e "Anjos e Demônios".
image


Uma década atrás, filmes sobre a Maçonaria e os Illuminati eram raros e vagos . todavia, foi uma opção importante durante a última década. O vasto público mundial assistiu a filmes de grande sucesso com as principais Fraternidades no centro da história. Respectivos símbolos exotéricos são perfeitamente visíveis e em alguns , a sua origem é ainda explicada. Por que essas sociedades estão se expondo ao público frequentador dos cinemas? Seria um importante requisito para a sobrevivência dessas ordens?

Creio que uma mudança importante está ocorrendo nas estratégias de comunicação dessas sociedades da elite. O advento da era digital, onde qualquer pessoa pode criar e publicar conteúdo, tornou o sigilo de tais organizações impossível de se manter escondido. Sites pesoais,blogs(Inclusive o meu, risos), livros, documentários, DVDs e outras mídias, expuseram muitos segredos da Maçonaria e outras ordens. Informações que só poderia ser encontrada em livros raros e exclusivos, se tornou em apenas uma simples pesquisa no Google. Eu encontrei alguns maçons que ficaram surpresos com o nível de conhecimento possuído pelos "profanos". Esses tipos de estudiosos da maçonaria, que na verdade não são iniciados na Fraternidade, eram muito raros, não muito tempo atrás.

Desde a transição para a era digital, isto tornou-se completamente irrversível, as ordens ocultas têm adaptado sua estratégia para este novo contexto (você provavelmente já viu isso em anos anteriores). A estratégia é: "Se eles podem saber sobre nós, nós vamos lhes diremos o quê devem saber". Através de Hollywood e de livros best-sellers, sociedades secretas estão sendo introduzidas para o público mediano, mas com uma grande condição: Que seja dada ao público uma imagem distorcida, caricaturada e romântica das sociedades secretas. Eles, os ILLUMINATIS, estão introduzindo na cultura popular, uma tradição mítica em torno de sociedades secretas, associando-as com símbolos fascinantes, caça ao tesouros e aventuras exóticas. Os espectadores acreditam que estão realmente aprendendo fatos sobre a Maçonaria e os Illuminati e saem do cinema com um sentimento de  fascínio e admiração. Esses sentimentos são, porém, baseado em fatos e informações totalmente erradas, explicações duvidosas e contos de fadas . Depois de ver esses filmes, o espectador tem uma predisposição positiva em relação a estas seitas e estará menos inclinado a acreditar em conspirações e pesquisas relacionadas a elas.




National Treasure

image
NO POSTER DO FILME, NOTE O OLHO QUE TUDO VÊ, DOS ILLUMINATIS

 Este filme de aventura foi produzido por Walt Disney Pictures, uma marca que é garantia de entretenimento. Assim os pais podem trazer seus filhos e desfrutar de uma  agradável e saudável sessão de desinformação maçônica. O filme gira em torno de uma caça ao tesouro com base em pistas deixadas por maçons de destaque na Declaração de Independência.
O filme começa com o personagem principal (interpretado por Nicholas Cage, o garoto propaganda preferido dos illumintis) ,com um pequeno menino, buscando informações sobre sua história familiar. O avô do menino chega e dá o menino (e ao público que vê o filme) uma história totalmente falsa e distorcida dos Templários e os maçons.

Aqui estão algumas das reivindicações:

Os Templários encontraram sob o Templo de Salomão, um grande tesouro que foi perdido por mil anos. Trouxeram o tesouro de volta à Europa.
Foi dito que os templários possuíam extremamente raros artefatos religiosos. Eles foram encontrados sob o Templo de Salomão? A lenda diz que sim. O filme porém descreve como o tesouro de moedas de ouro, estátuas e tal.
Os templários decidiram contrabandear o tesouro para os Estados Unidos e mudaram seu nome para  maçons.
Aqui é onde tudo cai por terra. Os templários não mudaram seu nome para  maçons . Os Templários desapareceram respectivamente em 1312, o que é mais de 400 anos antes da criação do E.U.A.


"Aparentemente intocável por quase dois séculos, os Templários caíram em desgraça espetacularmente após a perda da Terra Santa: em 1307, todos os templários da França foram presos sob a acusação de heresia, homossexualidade, a negação da cruz e adoração do diabo. A ordem foi suprimida pelo Papa em 1312, e Jacques de Molay, o último Grão-Mestre, foi queimado na fogueira, como herege, dois anos depois. "
- Sean Martin, Os Cavaleiros Templários



A maçonaria não é uma instituição exclusivamente americana, como insinua o filme. É uma sociedade secreta européia que data da Idade Média, que abriu lojas na América do Norte para expandir seu alcance. O objetivo da Maçonaria não é "proteger um grande tesouro dos Templários", é uma antiga ordem de construtores que incorporou em seus ritos, ao longo dos anos, os ensinamentos dos Templários, Rosacruzes e dos Illuminati.

Os Templários eram uma ordem ocultista, que lutou durante as Cruzadas ao lado da Igreja . É durante a sua estadia no Oriente Médio que eles adquiriram os conhecimentos ocultistas dos místicos orientais e trouxeram toda esta inflencia à Europa. Eles se tornaram grandes banqueiros e construtores (na qual incluímos a simbologia ocultista). Eles eram conhecidos por praticar a Kaballah, muitas formas de magia negra . Seus interesses entraram em conflito com os da Igreja Católica ,finalmente conduziram a sua perseguição e destruição.

Os maçons podem ser considerados descendentes espirituais dos Cavaleiros Templários, devido ao seu estudo das ciências esotéricas, a sua construção de monumentos e sua filosofia baseada em princípios gnósticos. A ligação entre os templários e os maçons está sendo cultivada, devido à tradição mítica em torno dos Cavaleiros. Em outras palavras, é  publicidade boa.


"A fim de segurar grande popularidade para o [Rito Escocês], ele [Isaac ] estava ligado diretamente com os templários por uma lenda misteriosa".
-Domenico Margiotta 33 °, Adriano Lemmi


Assim, o lado "educativo" de uma parte do filme dá, de fato, uma história mítica e romântica da Maçonaria. Alguns espectadores podem ver esta distorção como um fato, outros associam a maçonaria em um conto de fadas. O importante é que a verdade sobre a Maçonaria seja escondida atrás de um véu de mitológico
image

Interessante escolha de transição entre a face do
avô contando a história e a Pirâmide de Gizé.
Seu olhar se torna o Olho Que Tudo Vê do Grande Arquiteto do Universo

Esoterismo na película:
image
Obelisco: Monumento maçônico em Washington

Como todas as histórias verdadeiramente mitológicas, o filme Tesouro Nacional tem um significado exotérico para as massas ignorantes e um significado esotérico para os iniciados nas sociedades secretas, o sentido esotérico é  enganar o público, mas o significado esotérico carrega, no entanto, grandes verdades sobre irmandades ocultistas. Aqui está o significado oculto.

O "tesouro antigo", que era zelosamente guardado por civilizações antigas está ligado ao conhecimento ocultista, que poderia quebrar as algemas do materialismo pediam ajuda a sua divindade para poderem possuílo (Kaballah, alquimia, gnose e ciências ocultas). Este tesouro desapareceu durante mil anos do mundo ocidental, que corresponde ao início do período cristão. O filme diz que foi finalmente descoberto pelos Templários em Jerusalém, sob o Templo de Salomão (construção sagrada para os maçons) e trouxe de volta à Europa. Esse conhecimento, em seguida, migrou para o E.U.A. através de sociedades secretas.

O conceito em cima do herói do filme é sobre uma busca de iluminação e os enigmas que ele deve resolver, na verdade ele representa os iniciados no ocultismo das sociedades secretas, e pelo o que eles devem passar antes de acessar o conhecimento superior. Este tesouro mais importante ,é simbolicamente enterrado sob Trinity Church, em Nova York, em uma caverna oculta que é que é muito sombria . Ben Gates, tem que acender a tocha da iluminação para encontrar o caminho, para o conhecimento oculto. A tocha representa a doutrina luciferiana da Maçonaria americana, instituída por Albert Pike. No mais alto grau da maçonria, Lúcifer é conhecido como o portador da luz ", o deus do Bem, que mostra o caminho para a iluminação.
image
Nicolas Cage e tocha dos Illuminats

"Sua [Nos graus elevados do Rito Escocês] religião é neo-gnosticismo maniqueísta, ensinando que a divindade é dupla e que Lúcifer é a igualdade de Adonay,O Senhor , com Lúcifer, o Deus da Luz e bondade, lutando pela humanidade contra Adonay o Deus das Trevas e mal ".
Domenico Margiotta 33 °, Adriano Lemmi

"Quando o maçom aprende que a chave para o guerreiro é a aplicação apropriada do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério de seu ofício. ” As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos e antes que possa ir avante e para cima, ele precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a (a energia). "
- Manly P. Hall, Lost Keys of Freemasonry



Vamos voltar para a história. Ben Gates, com sua tocha Luciferiana encontra o caminho para a iluminação e obtém acesso a uma fonte infinita de conhecimento. Durante a cena onde os heróis olharm em torno da sala do tesouro, eles acham muito itens significativos: Manuscritos da Biblioteca de Alexandria, estátuas e outros artefatos egípcios da Antigüidade. Todos esses objetos referem-se ao conhecimento ocultista, que foram transmitidos através dos séculos por sociedades secretas.

No final do filme, Ben Gates fala com o inspetor do FBI e pede-lhe para não mandá-lo para a cadeia. Piscando o anel maçônico, o representante da lei diz que "alguém tem que ir para a cadeia" ,pelo roubo da Declaração de Independência Americana. A cena seguinte mostra que os "maus" (os não-maçons) ficam presos, mesmo não tendo roubado a Declaração. Vemos aqui um exemplo flagrante do juramento maçônico de supressão da lei. O agente do FBI deliberadamente ignorou a lei para ajudar seu irmão maçônico.
image
O anel maçonico do Agente do FBI

Então final do filme mostra os heróis ricos e felizes. Não há nenhum significado esotérico para isto, é apenas um final sentimental da Disney...

Anjos e Demônios

image
Este filme é baseado no romance de Dan Brown, que incide sobre os Illuminati e sua guerra contra a Igreja Católica. . O herói atravessa Roma para salvar o Vaticano de uma mega-bomba que foi criada pelos agentes dos Illuminati . A primeira página dos créditos do livro de Dan Brown de que "os Illuminati são um fato", incitando os leitores a acreditar que tudo escrito no livro é verdade. Eles não deveriam acreditar nisto.

No início do filme, Robert Langdon (interpretado por Tom Hanks) explica sobre os Illuminati. Aqui estão algumas de suas reivindicações:

"Os Illuminati foram fundados por Galileo Galilei,em resposta à recusa da Igreja de aceitar sua teoria heliocêntrica"
Mas os Illuminati foram fundadados oficialmente em Alta Baviera, por Adam Weishaupt em 1 de maio de 1776. Trata-se de mais de 130 anos após a morte de Galilei e não esta´nem sequer no mesmo país. A associação do filme de Galilei com os Illuminati parece ser uma tentativa de associar o nome deste cientista brilhante com a sociedade secreta conspiratória.
image
"De todos os meios que eu conheço para conduzir os homens, o mais eficaz é um mistério ocultista." - Adam Weishaupt



"Os Illuminatis se tornaram violentos antes do século 17".
Ele nunca foram claramente violentos, suas ações foram baseadas em infiltração e subversão.

"Foi uma sociedade de cientistas, físicos e astrônomos em conflito com os ensinamentos da Igreja e eram dedicados a verdade científica. O Vaticano não gostou , assim que a Igreja começou a "caçá-los e matá-los".
Os Illuminati não eram um grupo de cientistas dedicados ao avanço do conhecimento comum. O filme retrata a falsa sociedade secreta como em contrapartida necessária, racional do cristianismo, com a exigência de uma fé cega e os seus obstáculos ao progresso científico. Nesta ótica, o telespectador comum não pode discordar da descrição Tom Hank's , referente aos Illuminati e vê o fim de uma maneira favorável. O verdadeiro objetivo dos Illuminati era a derrubada das instituições tradicionais em favor de uma nova ordem mundial.

Os objetos da poderosa organização
Bavarian Illuminati, , foram:

1. A destruição do cristianismo e de todos os governos monárquicos;

2. A destruição das nações, como tal, em favor do internacionalismo universal

3. O fim do patriotismo e , incompatíveis com o
princípios de boa vontade a todos os homens e o grito de "Fraternidade Universal ";

4. A supressão dos laços familiares e do casamento, por meio
de corrupção sistemática;

5. A supressão dos direitos de herança e propriedade.

-Lady Queenborough, Occult Theocracy

Os Illuminati da Baviera se dissolveram alguns anos após sua criação. Pesquisadores no entanto.dizem que os Illuminati conseguiram integrar-se dentro da Maçonaria moderna. Pensadores Iluministas acreditavam que o alcance mundial de lojas maçônicas representavam a plataforma ideal para a propagação de seus ideais.

Para resumir, os Illuminati não eram uma associação de cientistas brilhantes dedicada ao avanço das verdades científicas. Foi uma sociedade secreta que, através de infiltração e subversão, visando a derrubar as instituições tradicionais de forma a melhor servir os interesses de uma elite secreta. É verdade que os Illuminati são completamente anti-Igrejas, mas esta guerra não foi a principal razão da sua existência. Hoje em dia, os Illuminati são considerados uma ordem oculta que recruta candidatos potentes na Maçonaria , para o prosseguimento da sua agenda.

image


Obra de Dan Brown tem-se centrado principalmente em sociedades secretas. Há uma razão importante pela qual ele tem o apoio total de Hollywood: suas obras servem a agenda da desinformação.

No filme, os Illuminati ameaçam o Vaticano, de "destruir a Igreja pela luz". "Light" refere-se à explosão da bomba anti-matéria, mas também se refere à informação - de propaganda e doutrinação. A única maneira verdadeira fazerem as massas virarem as costas para o cristianismo, não é destruindo o Vaticano, mas alterando a maneira como as pessoas vêem as seus líderes religiosos. Nessa ótica, o filme em si é a bomba contra o Vaticano. Mesmo que a Igreja, com a ajuda de Robert Langdon, aparentemente prevalece no final do filme, o espectador de Anjos de Demônios, passou duas horas vendo todos os símbolos, rituais e os valores do catolicismo serem profanados. Alguns exemplos: Robert Langdon destrói os arquivos do Vaticano, os candidatos ào papado são mantidos em jaulas como animais, um candidato é crucificado e queimado dentro de uma igreja, o túmulo do Papa é aberta para revelar o rosto deformado grosseiramente, etc.
image
Candidato ao papado é crucificado e queimado dentro da igreja



Todas essas cenas têm um forte significado simbólico que afetam profundamente a consciência dos telespectadores. A aura parentemente calma e ''divina'' que cercam o Vaticano, passam a ter terríveis mortes, destruição e corrupção. O filme retrata toda a instituição como uma relíquia inadequada, teimosa e reacionária do passado. Para culminar, os telespectadores aprendem que toda coisa "Illuminati" , "foi orquestrado, planejado pelo filho do Papa (sim, aparentemente, o Papa teve um filho) para tomar a sua posição. Então o filme diz ao espectador que os Illuminati não existem mesmo, e que a Igreja é tão corrúpta, e que seus membros estão prontos para cometer os pecados mais horrendos para obter iluminação.
O filme deixa os espectadores exatamente com as idéias que a elite quer que eles tenham: os Illuminatis são um conto de fadas e, quando eles realmente existiram, foram uma sociedade de grandes pensadores , dedicada ao avanço da ciência, e que a Igreja Católica não é santa , é uma instituição profundamente falha,porque é humano, que está fadado a desaparecer devido a sua aversão à ciência. Através deste filme, os REAIS ILLUMINATIS negam sua própria existência, enquanto ainda realizam o seu plano para destruir as religiões organizadas pela doutrinação constante. Nsta antiga luta pelo poder entre a Igreja Católica e as ordens ocultistas, está acontecendo em nossas telas de cinema e podemos ver claramente quem está ganhando.

CONCLUINDO


A tendência de ver as sociedades secretas em livros e filmes não está prestes a terminar. O romance de Dan Brown, "The Lost Symbol" gira  em torno da Maçonaria e seus laços com Washington. Essas obras já estão aparecendo, como resultado da democratização da informação, que permite às pessoas o acesso regular a informação que antes era inacessível. Esses livros têm a mesma finalidade dos filmes em relação aos  símbolos ocultistas: revelar(mentira) e esconder(a verdade). Eles se revelam aos iniciados no ocultismo, enquanto eles enganam os profanos(as pessoas que não fazem parte da maçonaria). Os filmes de Hollywood têm sido utilizados para promover o  ocultismo , as suas agendas diversas, tais como a guerra do Vietnã, o medo do comunismo, o medo do terrorismo islâmico, a promoção dos valores americanos, etc . Os filmes analisados acima, simplesmente promovem uma nova agenda, que é a desinformação sobre as sociedades secretas .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, note que os comentários são moderados e que todos
os spams, insultos, proselitismo e discursos de ódio serão removidos.